triple-poster-mockup

Vocês já sabem como eu sou apaixonada por música. Se estivermos falando de música italiana então, eu poderia passar horas e horas conversando e indicando bandas e mais bandas para deixar seu dia ainda mais legal.

Resolvi aproveitar hoje que está um dia cinza e chuvoso para indicar três bandas italianas que tem mudado a minha vida e a minha forma de encarar manhãs e dias de frio. São bandas tranquilas, que possuem letras lindas e parecem conversar conosco em cada melodia.

Como não podia guardar essas bandas só para mim. Escolhi três que estão no meu top 5 dos últimos dias para compartilhar com vocês e encantar o fim de semana. Vou tentar fazer isso toda sexta-feira. O que vocês acham?

Banda 1: La Fame di Camilla

lafamedicamilla

A banda de indie rock italiano, “La Fame di Camilla” (ou em tradução direta “A fome de Camila”), surgiu em 2013 e cé formada por Ermal Meta, Giovanni Colatorti, Dino Rubini e Lele Diana. A banda possui três cds. Você pode encontrar algumas de suas músicas no Spotify, mas vou deixar a minha preferida aqui para vocês.

Banda 2: Non Voglio Che Clara

nonvogliocheclara

Um pop rock italiano que tem uma queda pelo indie e tem as capas de album mais bonitas que eu já vi. O nome da banda, que pode parecer estranho quando não se sabe o significado, é bem interessante. O nome significa “voglio Clara e nessun’altra” (Quero Clara e nenhuma outra), faz referencia ao “Non voglio che Clara si sposi” (não quero que Clara se case) do romance La prosivendola di Daniel Pennac

Banda 3: Deasonika

deasonika

Mais uma banda de indie rock italiano que eu precisava compartilhar com você. A Deasonika existe desde 2001, mas deu uma pausa em suas atividades como banda em 2010. Para nossa sorte eles tem músicas maravilhosas que podemos ouvir até hoje.

De qual banda você mais gostou?

Baci ;*

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook ☁ Instagram ☁ Twitter ☁ Tumblr ☁ Google +  ☁ Pinterest ☁ Youtube  Blogvin ☁ Flickr

Captura de Tela 2017-04-11 às 09.34.46