48 FPS, Sim ou não?

48 FPS, Sim ou não?

Dia 14 de dezembro está chegando, e com ele a estreia do filme mais esperado do ano. O Hobbit. Eu sei, ta virando rotina já, tem gente que já não aguenta mais ouvir sobre o filme. Mas o fato é que o post de hoje, não é sobre O Hobbit, e sim sobre a tecnologia que ele vai trazer as telonas.

Você já deve ter ouvido por aí, sobre os tais 48 FPS (frames per second) Ou do Cinema HFR (High Frame Rate). Já vimos críticas sobre o sistema. Boas e ruins. Mas o fato é que esta tecnologia que nem é tão nova assim, pode “revolucionar” o modo como se assiste filmes hoje.

Tá, mas e daí, Ph. O que é a desses 48 FPS?

Eu já planejava escrever algo sobre, mas acho que ia ficar maçante e talvez não conseguiria explicar claramente. Foi quando vi esse vídeo no facebook, postado pela Danielle. É um modo fácil e interessante de entender o tal do Cinema HFR.

O Vídeo é do Pablo Villaça, crítico de cinema e diretor do Cinema em Cena.: Confira.

[Edit] O Canal só permite incorporar a lista de reprodução. o frame abaixo pode conter outros vídeos do Cast do autor. Você pode assistir também direto no youtube, aqui.

 

Se você ficou curiosos e quer dar uma olhada nessa nova tecnologia, fique atento. São poucas as salas que vão exibir  O Hobbit em 48PS. Até as salas Imax, somente a de São Paulo vai exibir 🙁

Confira a lista dos cinemas brasileiros que irão exibir a versão HFR d’O Hobbit.

– Rede IMAX

Cinépolis JK Iguatemi (São Paulo/SP)
– Rede Cinépolis

Cinépolis JK Iguatemi – Sala Santander VIP 3 / Cinépolis Iguatemi Alphaville – Sala 6 / Cinépolis Parque Barueri – Sala 6 / Cinépolis Boulevard Belém – Sala 4 / Cinépolis Parque Belém – Sala 3;
– Rede UCI

UCI New York City Center – Sala 08 / UCI Orient Iguatemi Salvador – Sala  / UCI Jardim Sul – Sala 11 / UCI Anália Franco – Sala 08 / UCI Estação – Sala 06 / UCI Kinoplex Recife Shopping – Sala 08
– Rede Cinemark

Salvador – sala 4 / Market Place – sala 2 (XD) / Cidade Jardim – sala 1 / Santa Cruz – sala 8 / Niterói – sala 2 / Savassi – sala 3 / Mueller – sala 8 / Barigui – sala 1 / Florianópolis – sala 4 / Barra Sul – sala 2 / Central Plaza – sala 10 / Iguatemi – sala 1 / Praiamar – sala 8 / Eldorado – sala 1 / Aricanduva – sala 10 / Tamboré – sala 3 / Downtown – sala 8 / Higienópolis – sala 6 / Campinas – sala 6 / Botafogo – sala 6 / Osasco – sala 1 / Guarulhos – sala 4 / Goiânia – sala 7 / São Caetano – sala 1 / Uberlândia – sala 1 / Mooca – sala 1 / Granja Viana – sala 2 / Boulevard – sala 3 / Pier 21 – sala 3 (XD) / Center Norte – sala 5 / Villa-Lobos – sala 5 / BH Shopping – sala 2 / Iguatemi Brasília – sala 6 / Riomar Recife – sala 12 (XD) / Paulista – sala 2 / Village Mall – sala 1 / Diamond – sala 6 / SP Market – sala 9 / Natal – sala 7 / Shopping D – sala 2

* em verde: Exibições em Curitiba, PR

 

Anna Schermak
Anna Schermak

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

7 comments

Leave a comment
  1. Layse Hana

    6 de dezembro de 2012 at 00:05

    Quero muito assistir o filme apesar de nunca ter lido o livro.
    Acho que vai fazer bastante sucesso!

    xoxo

  2. Fernanda Faria

    6 de dezembro de 2012 at 00:57

    Não tem nenhum cinema perto da minha casa que vai exibir a versão HFR de O Hobbit ;/ POXAAAAAAAAAAAA

  3. Fernanda Yano

    8 de dezembro de 2012 at 14:25

    Não assisti nada nesse formato mas tenho curiosidade.

  4. Juliana Xavier

    9 de dezembro de 2012 at 11:37

    Eu assisti ao vídeo e não falava nada disso… aí ele acabou e começou outro vídeo e aí sim era o vídeo sobre esse tema, dos 48 FPS. Que será que aconteceu? Que estranho!

    Que super interessante essa coisa do cinema mudo!! Nunca imaginei que fosse por isso que a luz oscilasse!!!!! Aliás, tudo o que ele fala sobre as alterações feitas no cinema ao longo do tempo é mega interessante.

    Vou ter que pensar, acho que prefiro a textura da imagem do cinema do que mais realismo. Acho que terei que ver as duas versões do filme! rs

    • Harlen

      10 de dezembro de 2012 at 15:10

      Olá Juliana.

      O que acontece, é que é um videocast, e o canal só permite incorporar ao post a lista de reprodução. Como teve uma atualização depois do video sobre 48FPS, ele acabou ficando em segundo na lista.

      Infelizmente, o blog não pode controlar isso. Sorry!

  5. Thaty

    10 de dezembro de 2012 at 00:29

    Felizmente moro em São Paulo e verei O Hobbit nessa nova tecnologia \o/

    Adorei saber que esses 40 FPS dão um efeito 3D sem ser 3D, o que me fez pensar assim como o Pablo em quão surreal vai ser assistir o filme…

  6. Gladys Freitas

    11 de dezembro de 2012 at 14:36

    Por aqui vai passar, nem acreditei, kkkkkkk

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.