“A Acústia Perfeita” e a incrível forma dos italianos descreverem a dor

“A Acústia Perfeita” e a incrível forma dos italianos descreverem a dor

Quem me conhece já faz algum tempo, já me ouvir alguma vez na vida falar da Itália. Pois bem, eu sou apaixonada pela terra da pizza e sua literatura me encanta profundamente. Por esse motivo sempre estou atenta aos lançamentos da Bertrand Brasil que sempre lançam autores italianos que a gente não costuma ouvir falar.

O italiano da vez foi “A Acústica Perfeita” de Daria Bignardi lançado pela Bertrand aqui no Brasil. O livro narra a história de um casal italiano que volta a se reencontrar depois de longos anos e vive um grande amor. Só que como todos sabemos nenhuma história seria perfeita se o amor não tivesse suas idas e vindas. E em “A Acústica Perfeita” não é diferente e toda a sua beleza está aqui. Na forma como a dor é escrita e narrada pelas palavras desse casal.

IMG_2992

Não costumo ler muitos livros românticos, mas tenho uma profunda queda por aqueles que falam sobre amores destroçados, cheios de dor onde nada pode dar certo. E a “A Acústica Perfeita” tem essa premissa, de tratar a dor como algo importante e praticamente como protagonista nessa história.

Daria tem o dom de escrever um sentimento e fazer com que os leitores sintam em cada página algo novo, um sentimento como se você fosse parte daquela família e também estivesse entrando em colapso.
Acho que um dos pontos principais de “A Acústica Perfeita” que mais mexeu comigo foi a forma com que a autora conduziu os diferentes personagens e a busca deles por respostas. mostrando que nem sempre todo mundo está bem, e se ninguém fala, ninguém pergunta.

IMG_2993

A história de um casal e de uma família que mescla com tudo o que os protagonistas já viveram durante toda uma vida até mesmo antes de se reencontrar e começar esse amor. E claro, é inegável o dom dos italianos em escrever a dor, a insistência do amor e a contradição de cada pessoa e cada família.

Fiquei muito curiosa para ler outras obras da Daria e como ela vai conduzir a narrativa cheia de sentimentos em outras obras.

IMG_2994

ISBN-13: 9788528617948 | ISBN-10: 8528617947 | Ano: 2015 | Páginas: 210 | Editora: Bertrand Brasil

Sinopse:  Ainda muito jovens, Arno e Sara se conhecem e rapidamente se apaixonam. Até que, numa tarde de verão, ela o deixa de forma inesperada. Dezesseis anos depois, no entanto, eles se reencontram e decidem se casar: são um casal alegre, se amam, parecem felizes. Arno se dedica por inteiro ao relacionamento e não entende as tristezas e as mentiras que começam a surgir no caminho deles.
Certa manhã, porém, um evento inimaginável o obriga a se questionar sobre a pessoa com quem viveu por treze anos, a mulher que sempre amou. Temeroso, começa a seguir pistas de mágoas da juventude e paixões sufocadas e, com crescente pesar, encontra o fio da meada de histórias insuspeitáveis.
Daria Bignardi dá voz a um extraordinário protagonista masculino, cujas palavras compõem, pouco a pouco, o retrato de uma mulher inquieta e vibrante. Um percurso em busca das verdades encobertas no íntimo de todo relacionamento, rumo ao coração sombrio que cada um de nós esconde até das pessoas amadas.

editoras

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR 

Baci ;*

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook Instagram Twitter Tumblr Google + ? Pinterest Youtube ?Blogvin Flickr

Anna Schermak
Anna Schermak

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.