Acompanhe no youtube
inscreva-se
A sensualidade que nos mata em Hellraiser de Clive Barker

A sensualidade que nos mata em Hellraiser de Clive Barker

A sensualidade que nos mata em Hellraiser de Clive Barker

Toda vez que escuto a palavra Hellraiser, a música do Motorhead (que tem o clipe é dirigido por Clive Barker)toca sozinha na minha cabeça. Mas, claro que também lembramos de Pinhead, do filme e do romance de Clive Barker que recentemente ganhou uma edição maravilhosa da DarksideBooks.

IMG_4703

IMG_4701

Hellraiser é um livro único. Seu jeito de trabalhar o terror é feito de uma forma nova, e para os amantes do horror é um livro a ser admirado. Esqueça os sustos, o medo de olhar para para o guarda roupa e encontrar o monstro. Comece a ter medo de se olhar no espelho, a temer analisar o que você sente dentro de você e principalmente a correr dos seus desejos, pois de um jeito sensual, suas vontades podem te matar ou te levar para lugares que você jamais imaginou.

IMG_4708

IMG_4706

Ninguém se salva em Hellraiser e se você procura um romance onde os mocinhos são felizes, feche esta caixa e procure outro em sua estante, ninguém é totalmente bom (e as vezes me pergunto se alguém ali é pelo menos um pouco bom). Clive Barker trabalha o pior de nós, trabalha nossa luxúria, nosso medo, nossa fome, nossa ira. Os pecados capitais podem ser encontrados em cada linha da história e no final, o inferno é a único caminho que sobra.

IMG_4710

IMG_4707

Com uma mitologia (sempre essencial em histórias de terror), clive nos deixa curiosos sobre a tal caixa e seus segredos. Com um protagonista, tão curioso quanto nós, ele entra em um mundo completamente novo, dando elementos praticamente palpáveis de que somos sim, o pior que pode acontecer para nós mesmos. O humano busca a destruição, de todas as formas, nós corremos sem lutar para o fundo do poço, ou no caso, para as profundezas de lugares bem piores.

Com certeza um livro que te deixará com um gosto amargo na boca, pensativo e até mesmo sensível. A forma quase poética com que Clive descreve situações que conseguem mexer com nosso estômago, é sensual, visceral e devastadora.

Uma leitura rápida, mas que permanece em nós por muito e muito tempo. Apesar de não ser um livro que seria o melhor livro da sua vida, Hellraiser é um livro tão certo que quando a leitura se acaba, você tem absoluta certeza que acabou de ler um livro bom, daqueles que você não trocaria nenhuma virgula.

IMG_4713

Relacionados

3 Comments

  • 2 anos ago

    Anna, sua delicadeza pra falar desses livros é algo único. Hellraiser, então, ganhou um texto à altura. Obrigada por compartilhar essa belezinha com o muuuuundo <3333

    PS: que fotos!!!!!!! <3

  • 2 anos ago

    recém ganhei esse livro e tô louca pra ler. aliás, preciso assistir ao filme também 🙂

  • […] já conferiram na resenha de Hellraiser o quanto eu gostei do livro. Foi um terror que me pegou pela mão e novamente me mostrou o motivo […]

Leave a Comment

Leave A Comment Your email address will not be published

CRÔNICAS

sonhei com você.

Acordei hoje com um sorriso amargo. Sonhar com você está sempre repleto de dualidade, ao mesmo tempo que gosto daquela sensação de proximidade, fico triste pela saudade que bate mais forte depois de uma noite inteira sonhando com você.

Read More