Literatura Nacional

Análise – Guacamelee Gold Edition

Devido ao fim do semestre da faculdade, não tive muita oportunidade de jogar algum game legal. Comprei, ganhei vários títulos, mas todos ficaram acumulados na Steam, esperando o tempo certo, e este finalmente chegou: FÉRIAS!

O primeiro game que joguei nessa primeira semana de férias foi Guacamelee Gold Edition, jogo lançado originalmente para PS3 e PSVita, que ganhou uma versão para PC mais tarde nesse ano. É um jogo simples, estilo beat’em up e muito divertido. Você assume Juan Aguacate, um fazendeiro sem sorte que sempre quis ser um LUCHADOR, até que o malvado ex-toureiro Carlos Calaca sequestra a filha do El Presidente e Juan descobre a máscara de um lendário luchador. Usando essa máscara, Juan deve chegar até a mocinha para evitar o fim do mundo.

Juan, el luchador

Juan, el luchador

Não há nada complexo sobre Guacamelee. Você precisa bater em todos os inimigos, fazendo combos estilosos e aprendendo novas habilidades. Cada habilidade nova aprendida, lhe garante acesso à uma nova área. Nem tudo em Guacamelee é resolvido apenas no braço, o game apresenta inteligentes puzzles que obrigarão o jogador a pensar rápido e usar de maneira correta seus novos poderes.

Guacamelee tem uma tonelada de referências à grandes títulos, desde Castlevania até Zelda. Além disso, há inúmeras coisas para serem descobertas e o jogador deverá voltar em quase todas as fases, usando seus novos poderes para descobrir novos segredos. A trilha sonora é um show à parte, hilária.

Guacamelee Gold Edition merece uma oportunidade como um game que te fará rir e se descontrair um pouco. Recebe 4 xícaras de café bem quentinho, não recebe cinco porque o game é muito pequeno. Abaixo, algumas imagens pra você tentar identificar a referência.

You Might Also Like

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.