Sempre fico muito feliz quando vejo livros de autores italianos sendo lançados no Brasil. Quando soube que As Oito Montanhas de Paolo Cognetti seria lançado pela intrínseca, já fiquei muito ansiosa para ler e assim que pude, fiz o pedido do meu exemplar.
Antes de As Oito Montanhas outro livro ganhador do Prêmio Strega que eu já tinha lido, foi o Não se Mexa,da Margaret Mazzantini que foi outro livro que eu gostei muito.
Em As Oito Montanhas temos Pietro, um garoto da cidade que se mostra solitário e pouco sociável. Com a mudança de sua família ele é impactado e transformado pelas montanhas, a natureza e a amizade de Bruno.  Nesse tempo Pietro aprende que a montanha também guarda ensinamentos, um modo muito próprio e único de encarar a vida. Esse aprendizado é o maior legado de seu pai, que, muitos anos depois, deixa uma herança que reaproximará Bruno e Pietro.
O romance escrito por Paolo é desde o começo muito doce e calmo. É quase palpável a natureza e o vento perto das montanhas enquanto você lê as palavras ali escritas.  É uma um romance italiano que me surpreende por falar de assuntos tão profundos de uma forma tão simples, mas impactante.
A figura do Pai (e também da mãe) são presentes e tem importâncias inquestionáveis nesse livro, a afeição, o passado e os ensinamentos são constantes e nos conectam ao nosso passado e aos nossos pais . É como sentar no chão da sala enquanto a família está reunida e ouvir novamente as suas histórias preferidas.
É um livro completo de mistérios e caminhadas, de uma amizade que nos transporta para a infância e aos amigos que fazíamos em viagens de férias. É uma história profunda e encantadora que pode inclusive te levar as lágrimas ao mostrar essa incrível caminhada para o amadurecimento. Se eu fosse você, leria o quanto antes!

Onde Comprar:
Amazon
 | Amazon Kindle | Submarino

ISBN-13: 9788551002292 | ISBN-10: 8551002295 | Ano: 2018 | Páginas: 256 | Editora: Intrínseca

Paolo Cognetti nasceu em Milão em 1978. Há anos divide-se entre a cidade e um chalé a dois mil metros de altura. Publicou diversos livros, entre eles um diário de suas expedições à montanha. Em 2017, foi agraciado com o Prêmio Strega, a mais prestigiada premiação da crítica literária italiana.

{ Esse livro foi enviado pela editora Intrínseca para resenha no blog. Em compromisso com o leitor, sempre informamos toda forma de publicidade realizada pelo blog 

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!