2

Results

Author

Josie Fonseca

MARÉ, é doce morrer no mar
MARÉ, é doce morrer no mar

Quando penso em cores, sempre me lembro de Thomas Gainsborou que retratou a chegada de um menino a vida adulta, usando cores  e formas antes rejeitadas para o mesma finalidade. Gainsborou usa o azul de uma forma inusitada no seu tempo, e assim sempre foi. Cores são o elemento precioso. Em um quadrinho enquanto as palavras trazem muitas vezes uma mensagem, as cores condensam em tons os sentimentos.Em Maré o quadrinista trás vermelhos intensos e azuis profundos que combinados definem a obra. Consciente ou inconsequentemente o protagonista transmite uma expressão de fadiga, mesmo que as palavras não reflitam o mesmo. A história é sobre o amor de um pescador e uma sereia em um mundo onde as mesmas são comuns apenas em parlendas. Em vindas e idas temporais acompanhamos o amor deles. Nada é simples quando se é um jovem adulto em um mundo tão parecido com o nosso, são muitos os sacrifícios pessoais e a unica coisa certa é que eventualmente precisaremos seguir em frente. E dessa forma que Maré transmite com cores seu enredo tão contemporâneo, sobre continuar....

Respire fundo, e mergulhe no RPG nacional
Respire fundo, e mergulhe no RPG nacional

Recentemente uma tsunami atingiu o RPG nacional. Mas o que eu quero dizer com isso? Nós do meio estamos acompanhando tão de perto que talvez não compreendemos a ótica de novos jogadores ou de quem regressa depois de muito tempo. Editoras brasileiras conseguindo trazer nomes consagrados para nosso mercado como Dungeons and Dragon, ou arrecadando mais de meio milhão de reais para financiar um título nacional como foi com Tormenta 20. Para mais outros projetos do audiovisual como Desaventureiros e Skyfall estão sendo premiados e financiados.A produção de jogos não acaba por aqui, estamos nas prateleiras das escolas como A Bandeira do Elefante e da Arara e levantando pautas importantes como o feminismo em Goddess Save the Queen. E sem esquecer de títulos que abordam questões mais introspectivas  como amadurecimento pessoal, liberdade e amizade, como em Travessias, Áureos e Karyu Densetsu. Ou os mais minimalistas que apostam na criatividade dos jogadores, como Mini....