99

Results

Category

HQ

[Resenha HQ] Thor – O Mundo Sombrio: Prelúdio
[Resenha HQ] Thor – O Mundo Sombrio: Prelúdio

Qualquer um que procura seu caminho neste mundo precisa começar admitindo que não sabe onde diabo está. - Erik Selvig

Sei que o filme já até saiu de cartaz, mas não sei se por erro da Panini ou não, esse quadrinho foi lançado apenas em Janeiro (fim do mês ou comecinho de Fevereiro, não lembro bem). Bom, ganhei do meu super namorado a edição e pra não fazer desfeita li esse volume em meia horinha.

É exatamente o que eu esperava: desnecessário. Thor – O mundo sombrio resume os principais eventos do primeiro filme Thor (2011), e alguma coisa de Os Vingadores (2012), e olha que quando eu digo “resume”, estou sendo boazinha. Ele simplesmente joga os principais eventos, sem fazer conexões nem dar explicações.

...

[HQ] Dica: Saga completa, vale a pena investir?
[HQ] Dica: Saga completa, vale a pena investir?

Esse mês a Panini começará mais uma saga do universo Marvel, lá fora Age of Ultron, aqui “A Era Ultron”. Confesso que estou bem ansiosa para colocar as minhas mãos nesses exemplares, e acredito que muitos devam estar tão ansiosos quanto.

Mas uma dúvida inevitável ronda a cabecinha dos leitores menos experientes nessas épocas: “Vale a pena comprar apenas o título principal, ou eu preciso acompanhar também todos os outros títulos que vem com o selo da saga?”. Para responder a essa pergunta eu fiz a experiência: levei dois longos anos acompanhando inicialmente A Essência do Medo e Vingadores vs. X-Men. O primeiro eu comprei apenas o título principal, enquanto que o segundo eu comprei tudo que consegui achar sobre.

O resultado? Bem, era o que eu imaginava: não vale a pena comprar TUDO, a menos que você realmente tenha tempo, dinheiro e disposição para ler uma quantidade beeeemmm grande de volumes.

Olha gente, eu fiz uma coisa que eu nunca faço: coloquei na ponta do lápis o quanto eu gastei com as duas sagas, só pra poder mostrar economicamente a diferença.

...

[Resenha] Piada Mortal (Edição Especial de Luxo – Ed. 1) de Alan Moore…
[Resenha] Piada Mortal (Edição Especial de Luxo – Ed. 1) de Alan Moore…

Sinopse: Em A piada mortal, Moore explora a psicologia de Batman, Coringa e do comissário Gordon. Todas as tramas paralelas apresentadas no gibi acabam tendo Gordon como seu referencial e é o comissário que concentra a maioria das perguntas que surgem após a leitura da revista. Afinal de contas, se basta um "dia ruim" para levar a sanidade de uma pessoa, porque o mesmo não aconteceu com Gordon? Porque é que Wayne se transformou no Batman, aquele ex-comediante no Coringa e o comissário escapou ileso?

"Não precisa terminar assim, não sei o que tirou você dos trilhos, mas quem sabe? Talvez eu tenha estado lá também. Talvez eu possa ajudar".- Batman.

Vocês estavam tão ansiosos com essa resenha quanto eu. E por isso não vamos nos demorar, vamos apenas dizer que eu estou muito feliz de finalmente poder ter essa edição na minha estante, linda, perfeita, de capa dura e para sempre!

A nova edição da Panini têm a mesma estrutura e conteúdo de sua última publicação pela editora, porém temos uma mudança importante. A edição atual foi recolorida pelo artista Brial Bolland, (originalmente a GN foi colorida por John Higgins). Só que Bolland não ficou só nas cores. Ele aproveitou para retocar alguns detalhes da obra e alterar alguns pequenos detalhes.  E isso ficou perfeito.

Quando eu li A Piada Mortal pela primeira vez eu estava em um sebo, sentada esperando a hora passar com várias obras em volta de mim. Eu ainda não curtia Super-Heróis e se você assistir esse vídeo, vai ter a explicação do motivo de "não curtir" super-heróis. Mas li e me encantei com cada olhar do Coringa, e o poder que aquela história trazia.

Eu nunca fui muito fã do Batman, assim como a maioria dos "mocinhos", mas eu amo os seus vilões. Eles sim, são interessantes e me convencem das suas loucuras e vontades, e nada. N-A-D-A é tão convincente quanto o Coringa em A Piada Mortal.

...

[Resenha] Piteco – Ingá de Shiko (@derbyblue)| Panini Comics
[Resenha] Piteco – Ingá de Shiko (@derbyblue)| Panini Comics

Sinopse: O povo de Lem se vê obrigado a migrar porque o rio próximo à aldeia secou. Mas o valente caçador Piteco decide não ir, pois precisa resgatar Thuga, que foi raptada pela tribo dos homens-tigre.
'Então devemos procurar melhor " - Piteco - Ingá
Quem acompanha o blog desde o começo sabe que eu nunca fui muito fã de HQ, até minha amiga Danielle me viciar e me levar a falência com todas as indicações. Hoje em dia eu gasto a maioria dos meus dinheiros com exemplares de HQ's e mangás. É a vida, infelizmente.
Depois de começar essa leitura incessante por histórias em quadrinhos eu relembrei minha paixão de infância com as graphics novel's MSP. Astronauta Magnetar, Laços e Pavor Espaciar ganharam meu coração de um jeito impossível de se conquistar. E claro, fiquei muito ansiosa pelo lançamento de Piteco!
 
Eu não acompanhava as histórias do Piteco assim como a do Chico Bento. Inclusive, acompanho Chico Bento - Moço. Então quando peguei a HQ em mãos eu fiquei com medo de não absorver toda a história por não lembrar de muita coisa além de quem eram os personagens. Mas eu estava completamente enganada e vou contar os motivos para vocês.
 
Piteco assim como seus antecessores é uma obra única. É feita para ser aproveitada sozinha, em sua magnitude e complexidade. Com sua dose de ação que supera as anteriores e é o seu ponto mais forte!