Como eu comecei a estudar italiano? | Come ho iniziato a imparare l’italiano?

Olá pessoal! Esse post será diferente e bilíngue! Vocês sabem a paixão que tenho pela Itália. Ah… minha bela Itália ?.

Então, vou utilizar esse post para responder algumas dúvidas que surgiram e comentar um pouco sobre o meu curso, sobre o método e o motivo da escolha por essa língua.

Minha primeira vontade era ser estúpida e responder: “Porque eu quero!”. Mas minha mãe me ensinou a ter educação.  E a resposta é: Sou descendente de italianos, a paixão pela Itália é muito grande e eu já comecei cursos de outras línguas antes. Nunca me senti motivada. Sempre saía e parava de fazer no terceiro mês.
Eu precisava de um incentivo, de um motivo. E a língua italiana me deu isso. Agora após começar a estudar eu quero partir para novas línguas como inglês (preciso melhorar), francês e alemão.

Eu faço o curso de línguas do Centro Europeu aqui em Curitiba. (esse aqui). O curso não é o mais barato do mundo, mas compensa. Quando eu procurei escolas para começar o curso aqui em Curitiba só me senti realmente confortável (e senti que iria aprender algo de verdade) ali.

No curso eu uso o NUOVO PROGETTO ITALIANO e gosto muito dele. O livro vem com cd de exercícios e áudio com atividades e conversas. Bom para quando você vai estudar sozinho em casa.

O estudo é um processo. Não adianta você ir para a aula e não praticar, e claro, não adianta reclamar que o curso é ruim e você não aprendeu nada se nem ouve uma música no idioma que você está estudando. Eu estudo nos sábados ( das 9h até às 12h) e só isso não é o suficiente. Se eu ficar a semana toda sem pegar uma vez no livro ou no caderno, sei que não vou conseguir memorizar ou aprender a matéria. Eu pratico a semana inteira. Assisto filmes em italiano sem legenda, (Obrigada HBO e Netflix pela programação). Tenho várias playslists no grooveshark para ouvir durante o trabalho. Tento ler alguns livros de nível fácil e médio e claro tento falar, nem que seja só um pouquinho em italiano. Isso irrita um pouco as pessoas, mas eu não ligo, afinal… preciso estudar.

Bem… essas foram só algumas questões. Prometo fazer a “parte 2” do post. Por isso, se tiverem algumas dúvidas ou quiserem comentar algo, deixem nos comentários. Eu agradeço muito!

——

Ciao a tutti ! Questo post sarà diverso e bilingue ! Sapete la passione che ho per l’Italia . Ah … la mia bella Italia ? .

Quindi userò questo post per rispondere ad alcune domande e parlare un po ‘ del mio corso, sul metodo e la ragione per la scelta di un tale linguaggio .

Il mio primo desiderio era di essere stupido e risposta: “Perché voglio!” . Ma mia madre mi ha insegnato ad avere un’istruzione. E la risposta è : io sono di origine italian , la passione per l’Italia è troppo grande e ho già iniziato i corsi in altre lingue prima . Non ho mai sentito motivato . Quando uscì e si fermò a fare il terzo mese .
Avevo bisogno di un incentivo, una motivazione. E la lingua italiana mi ha dato questo. Ora, dopo iniziare a studiare voglio passare ad altre lingue come l’inglese (bisogno di migliorare) , francese e tedesco.

Faccio il corso di lingua del Centro europeo qui a Curitiba (questo) . Il corso non è il più economico del mondo, ma ne vale la pena . E ‘stato solo lì che mi sono sentito veramente imparare qualcosa.

Nel corso io uso NUOVO PROGETTO ITALIANO e gli piace molto . Il libro è corredato da esercizi e CD audio con attività e conversazioni. Buon per quando si studierà da solo a casa .

Lo studio è un processo . Nessun uso si va in classe e non fare , ovviamente , inutile lamentarsi che il viaggio è male e non si impara nulla se non si sente una canzone nella lingua che si sta studiando . Io studio il sabato ( 9:00 fino 12:00 ), e che da sola non è sufficiente . Se rimango tutta la settimana senza sollevare nuovamente nel libro, so che non sarò in grado di memorizzare o imparare il materiale.  Mi alleno tutta la settimana . Guarda i film in italiano senza sottotitoli (Grazie HBO e Netflix per la programmazione ) . Ho diversi playslists su Grooveshark da ascoltare mentre si lavora . Cerco di leggere alcuni libri di facile livello o medio e livello. Questo infastidisce alcune persone, ma non mi interessa comunque … ho bisogno di studiare.

Beh .. questi erano solo alcuni problemi.  Prometto di fare una ” parte 2 “. Quindi, se avete domande o volete commentare qualcosa, ci lasciare un commento . Vi ringrazio molto!

Share:
11 comments so far.

11 respostas para “Como eu comecei a estudar italiano? | Come ho iniziato a imparare l’italiano?”

  1. Marina disse:

    Bel post! Io rispondo in italiano per stare a tema.
    Mi fa molto piacere che ti interessa la nostra lingua, che non ha mai goduto di grande fama ed sinonimo solo di pizza, mandolino, mafia e Berlusconi e in un perido in cui è declassata dall’inglese.
    Ma quali sono gli autori che preferisci?

  2. Bruna disse:

    Mas que AMOR esse post bilíngue! hahahaha
    Adorei, Anna! eu sou apaixonada por idiomas em geral; agora tô estudando francês e depois pretendo ir pro alemão ou italiano (ainda não decidi), mas quando for estudar essa bella lingua, vou precisar de umas dicas 😉

    Continue estudando e parabéns! 😀 Quero ver uma demonstração de italiano quando vieres pra Bienal hein?!
    Beeeijos!

    Bruna
    http://umpoucodissoeaquilo.com.br

  3. Bah, que show! *.*
    Eu morro curiosidade de aprender italiano também, embora penda mais para o francês. Ainda não tomei a iniciativa de me matricular num curso, mas estou dando uma estudada free-lance online mesmo haha
    Antes de tudo, preciso pegar o certificado do inglês (de que adianta saber, se não dá pra por no currículo, né? Mundo burocrático…)

    Beijos!
    http://arrastandoasalpargatas.blogspot.com.br/

  4. Thaís disse:

    Oi Anna, quais as suas bandas e músicas preferidas italianas?

  5. Lucas Caldeira disse:

    Boa tarde Anna,

    Comentou no texto que lê alguns livros de níveis fáceis e médios, poderia me indicar quais livros são esses?
    Estou começando a estudar essa língua, porém estou por conta própria.
    Já achei videos no youtube muito bons, um site da Itália que tem as rádios de lá para ouvir online (http://www.rai.tv/dl/RaiTV/popup/player_radio.html?v=6), mas estou iniciando mesmo, assim como falei, então estou pesquisando todos os recursos possíveis para me auxiliar nesse aprendizado.
    Belo artigo e bem sincero.
    Boa tarde.

  6. Tarcila Reis disse:

    Olá Anna… Vi seu post e me identifiquei bastante. Estudei Inglês em diversas escolas e não evolui. Depois percebi que nada tinha a ver com o método de cada uma… tinha a ver com o fato de eu não gostar desse idioma – e isso não tem nada a ver com os povos que o falam, hein! Então descobri o Espanhol e percebi que rolava uma química interessante, talvez até maior que a minha relação com a Língua Portuguesa… e me joguei! Ainda sou uma estudante, afinal é um idioma cheio de coisas a serem descobertas, então eu sigo estudando, revendo, relendo… enfim! E até já penso em me aventurar no Italiano ou Francês… tô decidindo…
    Parabéns pelo “pausaparaumcafe.com.br” e muito sucesso!

Deixe uma resposta para Rafaela Hübner Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Anna Schermak

Anna Schermak

26 anos, Curitibana, Formada em Marketing. Criadora do Pausa Para um Café e Social Media na maior parte do tempo. Apaixonada por cachorros, cafés e bons livros.

PESQUISE

PUBLICIDADE

DICA DE CURSO

COLUNAS

Submarino

Últimos Vídeos