“Consumidos” o violento livro do cineasta David Cronenberg

Pela indicação de J.J. Abrans eu comecei a leitura de “Consumidos” o primeiro romance do cineasta David Cronenberg.  E hoje venho finalmente falar sobre esse romance sobre autocanibalismo, depravado e violento escrito com coragem com uma narrativa moderna e cativante.

“É um Cronenberg clássico! Quem mais poderia contar uma história tão assustadora, envolvente e chocante sobre a conexão entre o espírito e a carne? Consumidos vai, bem, consumir você.”— J.J. Abrams

IMG_5507

Em “Consumidos”, Cronenberg intercala a história do canal Naomi e Nathan, dois jornalistas viciados em tecnologia que tem uma relação difícil por causa do trabalho e   os casos sensacionalista em que os dois estão envolvidos na investigação. Naomi está investigando um assassinato seguido por canibalismo de uma filósofa francesa. Já Nathan está em Budapeste para fotografar clinicas clandestinas que usam métodos pouco comuns e éticos para combater o câncer. 

Em um romance cheio de interligações, Cronenberg nós entrega dois personagens perfeitos para percorrer. Nem Nathan nem Naomi são santos  e você ter esse lado de protagonistas que tem esse lado questionável é perfeito pelos caminhos que a história percorre. O livro é cheio de um ar claustrofóbico  e envolvente.
IMG_5510
Me surpreendi muito com o romance, e pois mais que as vezes ele seja pesado e você pense realmente que o livro está te consumindo, eu me acostumei com a narrativa facilmente. Quem gosta dos livros do Cronenberg vai visualizar as cenas do livro perfeitamente durante toda a leitura.

O final não agradou todos (assim como a fluência pesada da história), mas eu sinceramente gostei. Acho que para o primeiro romance de alguém que estamos tão acostumados a ver no mundo cinematográfico. É uma perfeita experiência. Vale a pena deixar-se consumir.

IMG_5508

ISBN-13: 9788579623318 | ISBN-10: 8579623316 | Ano: 2014 | Páginas: 304 | Editora: Alfaguara

David Cronenberg nasceu em Toronto, Canadá. Em 2006, recebeu o Carrosse d’Or, distinção do Festival de Cannes dada pelo conjunto de sua obra, além de ser também oficial da Ordem de Artes e Letras do governo francês (1990) e cavaleiro da Legião de Honra (2009). Há mais de quatro décadas em atividade, seus filmes incluem VideodromeMistérios e paixões, Crash,  Marcas da violência, Senhores do crime e, mais recentemente, Maps to the Stars. Consumidos é seu primeiro romance.

{ Esse livro foi enviado pela editora Alfaguara para resenha no blog. Em compromisso com o leitor, sempre informamos toda forma de publicidade realizada pelo blog

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR 

Baci ;*

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook ☁ Instagram ☁ Twitter ☁ Tumblr ☁ Google +  ☁ Pinterest ☁ Youtube  Blogvin ☁ Flickr

Anna Schermak

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

Você vai gostar de:

5 Comments

  • Raquel Moritz
    24 de fevereiro de 2016

    Eu leria só pq o JJ falou, aehuaehuahehue <3

    • Anna Schermak
      24 de fevereiro de 2016

      J.J. ditando minhas leituras desde Fringe hehehehehe

  • Shadai
    26 de fevereiro de 2016

    quero ler! pois Cronenberg é um dos diretores mais fodas que existe! o cara é bem insano!

    • Anna Schermak
      27 de fevereiro de 2016

      Se você gosta dos filmes, bem provável amar o livro 🙂

  • Tatiana
    12 de junho de 2016

    Olá Anna, tudo bem? Adorei o livro também, não dava para parar de consumi-lo, rs. Fiquei apenas com uma dúvida em relação ao final: seria a trama da sociedade entomológica uma histeria coletiva dos Arosteguy e seus discípulos? O que acha?

Leaver your comment

Quem escreve?

Wiloke

Anna Schermak

24 anos, Social Media, Capricorniana, Sonserina, Lorelai Gilmore. Apaixonada por Clube da Luta e Divina Comédia. Nas horas vagas fala em italiano sozinha pela casa.

Sobre mim.

Acompanhe!

CATEGORIAS

Instagram

  • Curitiba 💚

Acompanhe!

Apoeie o blog!

Compre com Desconto

Compre Livros do Palahniuk!