Acompanhe no youtube
inscreva-se
O diferente romance de Jhennifer Egan, “A Visita Cruel do Tempo”

O diferente romance de Jhennifer Egan, “A Visita Cruel do Tempo”

O diferente romance de Jhennifer Egan, “A Visita Cruel do Tempo”

Ganhei de presente de amigo secreto de uma amiga o exemplar de “O Torreão” (obrigada Joice!), mas antes de ler esse livro da Jhennifer Egan, eu queria ler o seu livro mais conhecido “A Visita Cruel do Tempo”. Aproveitei a parceria com a Editora Intrínseca para fazer o pedido e me encantar com essa história.

Comecei a ler o romance vencedor do Pulitzer de 2011, do National Book Critics Circle Award e do LA Times Book Prize e quando percebi já estava na última página dessa aventura. Encantada com as situações, personagens e com a passagem de tempo que Egan constrói para conversar com o seu leitor.

IMG_5567

Novamente eu não li resenha, sinopse ou qualquer coisa sobre o livro. Sim, costumo fazer muito isso, acho que somente assim a leitura consegue ser livre e pura. E incrivelmente sempre que faço isso eu me apaixono pelas leituras.

“A Visita Cruel do Tempo” apresenta várias histórias que paralelamente, aos poucos, vai criando um cenário envolvendo o presente e o passado de amigos, família e trabalho de vários personagens. Confiando na memória de nossos personagens somos conduzidos ao mundo da música, de uma juventude rebelde de uma passagem pela Itália e pelo deserto em família.

Um dos pontos positivos desse romance é como Egan nos mostra como o tempo pode ser cruel (ou não), em nossa vida. A passagem do tempo consegue ser sentida pelo leitor, que vive ao lado de personagens e vai descobrindo como algumas vezes o tempo transforma, muda, cura, mata e abraça. A passagem do tempo abraça o livro até chegar o ponto de se tornar o protagonista desse livro.

IMG_5569

Mas nem só de amores o tempo é feito. Achei algumas coisas meio rasas na história e uma delas foi a forma com que foi conduzido o problema de Sasha, ( uma assistente cleptomaníaca). No começo da história achamos que isso será um dos destaques da história. Mas é só mais uma coisa diferente no livro.

Além de Sasha, nossa história conta com Bennie que quando o conhecemos pela primeira vez trabalha como executivo da industria fonográfica que eu imaginava na hora da leitura igual o Mark Ruffalo em Begin Again, temos vários personagens que vão se interligando em uma trama que durante a história foi muito bem construído para interligar todo muito de forma tão interessante. Fico admirada com esse trabalho da Egan e imagino que isso deve ter dado muito trabalho.

O linho tem uma linha narrativa bem alternada com diferentes personagens contando sua história e até uma personagem que resolve utilizar o seu espaço para contar sua história através de slides, uma de suas paixões. 

IMG_5573
IMG_5572

IMG_5577

Aos poucos, “A Visita Cruel do Tempo” é um livro sensível sobre música, sobrevivência, força e continuar. No fundo todos somos como os personagens desse romance, nós também continuamos. Mesmo quando nossa vida não está onde a gente planejou, mesmo quando fingimos nos enganar, quando estamos em um emprego que não gostamos ou morando em lugares que não queríamos. Retratando a vida como ela é, o romance de Egan mostra após o final da leitura, o motivo pelo qual levou tantos prêmios para casa. Ele é um romance que te abraça.

IMG_5576

ISBN-13: 9788580571295 | ISBN-10: 8580571294 | Ano: 2012 | Páginas: 333 | Editora: Intrínseca

JENNIFER EGAN nasceu em Chicago e cresceu em São Francisco. É autora de A visita cruel do tempo, vencedor do Pulitzer de 2011, e do best-seller The Keep. Por seus artigos de não ficção, publicados naThe New York Times Magazine, recebeu diversos prêmios jornalísticos.

{ Esse livro foi enviado pela editora Intrinseca para resenha no blog. Em compromisso com o leitor, sempre informamos toda forma de publicidade realizada pelo blog

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR 

Baci ;*

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook ☁ Instagram ☁ Twitter ☁ Tumblr ☁ Google +  ☁ Pinterest ☁ Youtube  Blogvin ☁ Flickr

Relacionados

Leave a Comment

Leave A Comment Your email address will not be published

CRÔNICAS

sonhei com você.

Acordei hoje com um sorriso amargo. Sonhar com você está sempre repleto de dualidade, ao mesmo tempo que gosto daquela sensação de proximidade, fico triste pela saudade que bate mais forte depois de uma noite inteira sonhando com você.

Read More