Na Bienal do Livro de 2018 eu comprei Fragmentos do Horror do Junji Ito, um mangá que eu queria ler há muito tempo, pois como vocês sabem, tenho uma queda por histórias de horror.

Li ele já faz algum tempo, mas resolvi aguardar o Halloween para resenhar aqui no blog para vocês, acho que é uma ótima indicação para quem quer algo mais visual e que exija um estomago forte em algumas ocasiões.

O mangá publicado pela Darkside, FRAGMENTOS DO HORROR é uma coleção de histórias curtas do mangaká Junji Ito, com um total de 8 histórias que vão desde o terror ao drama, visitando o bizarro e o grotesco em muitas oportunidades.

O que mais me chama atenção em Fragmentos do Horror é a variedade. Temos histórias para todos os gostos e realmente um catálogo especial para conhecer o estilo do Junji Ito e fazer uma experiência visual pelo terror nos mangás.

Entre os contos, temos: Futon. Monstro de Madeira, Tomio – Gola Rulê Vermelha, Suave Adeus, Dissecação-chan, Pássaro Negro, Magani Nanakuse e A Mulher Que Sussurra. Dentre esses eu gostaria de destacar “Suave Adeus” que é o meu preferido, por manter um mistério sincero e ter uma história mais sentimental do que eu esperava. Ela é a mais “séria” e que foge mais do lado bizarro do Junji Ito e talvez por causa disso a profundidade emocional dela seja mais visível e tocante, com certeza foi meu conto preferido de toda a coletânea.

Além disso podemos falar de Dissecação-Chan e Monstro da Madeira que beiram o bizarro de um jeito clássico do Junji Ito, algo que nem mesmo o anime (que eu não recomendo), conseguiu fazer. São histórias realmente diferentes que  me fizeram pensar durante toda a história sobre uma união Junji ito + Palahniuk para ver no que sairia disso.

Em resumo, Fragmentos de Horror é a melhor escolha de leitura que você pode fazer nesse Halloween, seja você um grande leitor de mangás, ou alguém que nunca leu nada no gênero. Recomendo muito a leitura!

Onde Comprar:
Submarino

ISBN-13: 9788594540362 | ISBN-10: 8594540361 | Ano: 2017 | Páginas: 224 | Editora: DarkSide Books

Junji Ito nasceu em Gifu, no Japão, em 1963. Começou a desenhar como hobby, e só viria se tornar profissional depois dos trinta anos de idade, em 1987. Desde então, tem sido reconhecido como um dos maiores artistas contemporâneos dos mangás de terror. É autor das séries UzumakiTomie, ambas adaptadas para o cinema, e Gyo, transformada em filme de animação. As influências de Ito incluem os artistas de mangá de horror clássico Kazuo Umezu e Hideshi Hino, assim como os autores Yasutaka Tsutsui e H.P. Lovecraft.

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!