Vídeos Segunda, Quarta e Sexta.   SE INSCREVA

Search

[Resenha] Filhos do Éden de Eduardo Spohr | @Verus_Editora

Como demorei tanto tempo para ler esse livro?

Sou viciada no NerdCast, o podcast do site Jovem Nerd. E já conhecia o Spohr de longa data por ouvir os nerdscasts em que ele participava, ganhei o livro A Batalha do Apocalipse de aniversário a uns 3 anos atrás, e o livro ficou na estante. Foi ficando… ficando… e ficando…

Em um belo dia, resolvi ouvir de novo o podcast sobre Filhos do Éden, e não resisti. Antes de acabar de ouvir o programa já tinha efetuado a compra do livro na Saraiva, e se fosse vocês, fazia o mesmo clicando aqui. Vale a pena, antes de terminar a resenha vocês já vão querer comprar o livro.

Anjos sempre foi um assunto que me interessou, quando parei para realmente conhecer e dar atenção a obra do Eduardo, sabia que não estava cometendo um erro.

Existem hoje em dia vários autores, vários tipos de autores, e o Spohr é do tipo que se dedica e estuda o assunto. O livro é rico de conteúdo, tem matéria para ser estudado, tem uma história densa, completa e bem escrita. Pontos que se entrelaçam e se completam.

O livro se passa no mesmo ambiente de A Batalha do Apocalipse, mas não se trata de uma continuação. É o começo de algo novo. O 1° volume da trilogia Filhos do Éden. Um “algo mais” para os leitores de ABdA se encantarem e uma forma dos novos e /ou resistentes leitores (como eu) adentrarem a essa guerra que conseguimos enxergar pela perspectiva de outros anjos.

Eu sempre tive muitos problemas com personagens principais em livros, nunca gostei de personagens perfeitos demais, todos tem problemas, todos tem erros, todos, uma hora ou outra se deparam com um problema maior que eles próprios. E é isso que procuro em um livro. Personagens que se assemelham a realidade, personagens que possam ser possíveis. E eu encontrei isso em Filhos do Éden.
Os personagens principais são anjos, Okay.  Mas isso não os impede de serem plausíveis, de terem uma razão por trás de seus atos.
Todos os personagens de Filhos do Éden me cativaram! Não importa se foi Kaira, a ruiva,nossa personagem principal que se mostra mais do que uma simples estudante da Universidade de Santa  Helena.  Rachel ou Kaira, como queiram chamá-la. Cresce muito durante o livro, ela evolui como personagem a partir do momento em que o leitor vai se aprofundando na trama e descobrindo todos os mistérios.  E também temos Denyel o “caothic good” que conseguiu um bonus de carisma comigo com sua filosofia de vida.

E que verdade seja dita. Temos grandes autores nacionais surgindo a cada dia e Eduardo Spohr e Raphael Draccon, que vocês já sabem que sou fã, mostraram que autores jovens tem muito potencial!

Me encantei e me surpreendi com Filhos do Éden. Eu demorei tanto tempo tentando ler A Batalha do Apocalipse e nunca conseguindo passar da página 50 que me sentia desanimada, foi ai que tentei por outro caminho. E Filhos do Éden me abriu a porta para esse universo celestial fantástico!

Não tenho dúvidas de que após a leitura de Filhos do Éden a leitura de A Batalha do Apocalipse seja mais tranquila e prazerosa. E pretendo começá-la no começo do próximo mês. Então aguardem a resenha!

É uma leitura de fácil compreensão mas que exige total atenção e mente aberta para associar os novos seres apresentados.

Meu desejo depois de terminar essa leitura é embarcar em um “RPG Filhos do Éden/A Batalha do Apocalipse”. Temos tantas raças que dariam um grupo fantástico.

O livro ganha cinco deliciosas e quentinhas xícaras de café feito especialmente para os nerds de plantão!
Espero que tenham gostado da super dica de hoje!

Obs: Meu exemplar de A Batalha do Apocalipse e Filhos do Éden ainda precisam do autógrafo do Spohr!

Filhos de Éden – Herdeiros de Atlantida  de Eduardo Spohr 

Este romance não é uma continuação de A Batalha, e sim o início de uma nova saga, em que algumas questões, antes obscuras, são enfim respondidas, enquanto outras são lançadas ao público. Tampouco se trata de um épico. É, acima de tudo, uma aventura, um autêntico thriller de fantasia, menos heroico e mais dinâmico, mais humano, com pitadas de conteúdo histórico, romance e mitologia.
A ação divide-se entre Kaira, uma celestial que luta para recuperar a memória após anos vivendo na terra, e Denyel, um querubim exilado, uma figura vulgar e sombria, que trabalhou como assassino das legiões inimigas, mas que hoje, solitário e desonrado, procura ser incorporado às fileiras rebeldes.
Em paralelo, acompanhamos o drama de um terceiro personagem, conhecido apenas como Primeiro Anjo, o líder dos sentinelas – poderosos agentes designados por Deus para, num passado remoto, instruir e proteger as primeiras tribos humanas. Punidos por se recusarem a tomar parte nas catástrofes antigas, os sentinelas agora buscam vingança, numa caçada que se estenderá aos outros volumes da série.

Compre Online na Saraiva clicando aquiEu disse que você ia querer comprar…

10 livros para ler antes do vestibular Halloween: 5 livros de terror na literatura 5 livros para começar a ler clássicos Personagens LITERÁRIOS para inspirar seus personagens de RPG! Ideias para suas mesas de D&D sairem da mesmisse!