Literatura

[Resenha] Jogador n°1 de Ernest Cline | @LeyaBrasil

Demorei, demorei e demorei para ler, no final eu amei!

Um livro escrito de nerd para nerd.
E antes de começar a resenha preciso perguntar algumas coisas…
Já jogou RPG? Assistiu Matrix? Já leu Douglas Adams?
Mas a principal… já assistiu Fanboys?

Se você já assistiu Fanboys então vai lembrar do nome desse escritor. Ernest Cline esteve envolvido nesse filme de fãs para fãs.
E nesse ano publicou seu livro Jogador Nº1. O livro feito para o Nerd, conhecedor dos anos 80 que sabe para o que é preciso de 80 milhas por hora.

O cara é tão nerd e tão F$%#@ que tem um DeLorean

Agora, depois de puxar saco para o Cline, vamos continuar a resenha.
O livro tem uma leitura fácil e estimula a imaginação dos leitores, é muita nostalgia em um livro só.

O livro relembra momentos que muitos leitores podem ter vivido, assistindo certos seriados, desenhos ou filmes, ouvindo músicas, jogando video-game, além de te jogar em uma partida de rpg onde cada capítulo é uma nova aventura.

Ernest Cline escreve de uma maneira diferente, sua descrição não é algo “Tolkien“, mas te permite visualizar a história e seus acontecimentos.

Confesso que Ernest só conseguiu me ganhar de vez quando colocou Clube da Luta na história. Tive que parar, marcar a página para registrar o momento.

Jogador N°1 é a busca pelo Easter Egg que permitirá ao ganhador ser dono do Oasis, o mundo virtual no qual a maioria da população do mundo está conectada. O ganhador desse jogo consequentemente seria uma das pessoas mais ricas do mundo. E claro, como você pode imaginar isso acaba ficando perigoso.

Acompanhamos nosso protagonista até o fim e durante o livro aprendemos lições sobre todo o mundo virtual. Mas a mais significativa é a ultima frase do livro onde todos acabamos percebendo um pouquinho que deixamos muitas coisas da vida passar por estar logado por horas e horas e horas…

Livro ganha 4,5 xícaras de café em uma cafeteria com wi-fi! 
Ele perdeu cinco pontinhos porque eu prefiro a capa americana, é mais colorida, animada e mais bonita, claro.

Jogador n°1 – Ernest Cline

 Cinco estranhos e uma coisa em comum: a caça ao tesouro. Achar as pistas nesta guerra definirá o destino da humanidade. Em um futuro não muito distante, as pessoas abriram mão da vida real para viver em uma plataforma chamada Oasis. Neste mundo distópico, pistas são deixadas pelo criador do programa e quem achá-las herdará toda a sua fortuna. Como a maior parte da humanidade, o jovem Wade Watts escapa de sua miséria em Oasis. Mas ter achado a primeira pista para o tesouro deixou sua vida bastante complicada. De repente, parece que o mundo inteiro acompanha seus passos, e outros competidores se juntam à caçada. Só ele sabe onde encontrar as outras pistas: filmes, séries e músicas de uma época que o mundo era um bom lugar para viver. Para Wade, o que resta é vencer – pois esta é a única chance de sobrevivência. A vida, os perigos, e o amor agora estão mais reais do que nunca. O Jogador nº1 também estará nas telas pela Warner, e sua produção está sendo divulgada como o próximo AVATAR dos efeitos especiais!

Comprar Online na Saraiva! 

You Might Also Like

9 Comments

  • Reply
    Paula Rodrigues
    20 de novembro de 2012 at 23:35

    Este livro me ganhou completamente e é uma das minhas leituras preferidas de 2012!

    Beijos,

    Paula

    http://tri-books.com

    @Tri_Books

  • Reply
    Layse Hana
    21 de novembro de 2012 at 00:11

    Quando vi o livro eo titulo pensei que era mais um distópico estilo Jogos Vorazes, mais confesso que amei sua resneha e agora estou curiosa para poder ler ele…
    xoxo

  • Reply
    Gladys Freitas
    21 de novembro de 2012 at 03:03

    Só assisti Matrix e mesmo assim sem vontade nenhumaaaa, então estou fora das classe dos nerds, kkkkkkkkkkkkk.

    Os fãs de “De Volta para o Futuro” devem morrer de inveja do Ernest, rsrs.

    😉

  • Reply
    Fernanda Yano
    21 de novembro de 2012 at 11:43

    Tinha outra visão desse livro, acho que é por causa da capa rs.
    Mas agora lendo sua resenha me apaixonei, só não li Douglas Adams de resto tô dentro rs Bjs

  • Reply
    Fernanda Faria
    21 de novembro de 2012 at 22:28

    Eu nunca Joguei RPG, e nem assisti Fanboys kkkk!
    Mas o livro parece ser bem interessante. Eu gostei muito da resenha, pretendo ler em breve.
    beijos

  • Reply
    [Concurso Cultural] Eu quero ser o Jogador N°1 nesse Natal! | Pausa para um café
    22 de novembro de 2012 at 00:14

    […] Jogador N°1 foi resenhado aqui no blog por mim, e eu adorei o livro, AMEI MESMO! E quero que a competição comece nesse […]

  • Reply
    Eduardo
    25 de novembro de 2012 at 18:55

    Acho que é daquele tipo de livro que se eu ler não vou me controlar e voltar a jogar todos os jogos, ver todos os filmes e ouvir todas as músicas a que ele se refere.

    Outras capas:
    http://media.tumblr.com/tumblr_m5m80qNuV31qcvf6m.png
    http://obalky.kosmas.cz/ArticleCovers/167361_big.jpg
    http://image.casadellibro.com/libros/0/ready-player-one-9788466649179.jpg

    Eu gostei mais da primeira. A versão Space Invaders também ficou bem feita.

  • Reply
    Thaty
    27 de novembro de 2012 at 02:30

    Já tinha ouvido falar desse livro e lembro que gostei bastante dele pelo o que eu ouvi.
    Estou louca para lê-lo só para surtar com as referencias e ver se eu sou nerd o suficiente para entender todas… ^^

  • Reply
    Juliana Xavier
    4 de dezembro de 2012 at 22:37

    Respondendo suas perguntas… sim, sim, não e não! rs…

    Me interessei por esse livro logo de cara, ao descobrir que ele era repleto de referências sobre os anos 80.

    A capa americana é mesmo muito mais bonita.

    E isso de ficar logado por horas e horas… bom, nem comento… hehe…

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.