[Resenha] O Círculo Noturno. O Uivar de Thiago Pined | @editorabarauna

O Círculo Noturno – O Uivar

Autor: Thiago Pined
Editora: Baraúna
ISBN 978-85-7923-441-5
Páginas 198
Formato 14 x 21

Comprar Livro

Sinopse: Tudo começou quando Bruno começou a ver lobos enormes vagando pelas redondezas de sua casa, matando pessoas… Porém, alguma coisa acontecia, fazendo com que essas pessoas não morressem. Com isso, Bruno virou o garoto esquisito da sua cidadezinha e teve que ir para a cidade grande para se tratar do seu “problema”. Mas quem disse que ele estaria a salvo? “O Uivar” conta a história de Bruno, um menino de 16 anos que sai de sua pequena cidade em Minas Gerais para morar com sua tia na cidade grande do Rio de Janeiro. Na primeira vez em que ele colocou os pés em seu novo quarto ele ouviu um uivo.

 

Resenha do Livro O Círculo Secreto – O Uivar

Esse é apenas o primeiro livro. O Uivar nos introduz a série que Thiago Pined pretende escrever. O autor já tem até nome de escritor né “Thiago Pined” combina né?

Aqui esquecemos as “magias” e os “vampiros”. Eu só consigo pensar uma coisa com isso “OBRIGADO THIAGO!”. Sério gente! Não aguento mais a moda de misturar tudo em livros e fazer aquela salada de frutas sobrenatural. É vampiro, fadas, lobisomens, magia, fantasmas. Poxa vida (#ficadica true blood).

Então vamos voltar ao livro. O Uivar nos conta a história de um adolescente de 16 anos que vê a vida mudar de uma hora para outra na frente de seus olhos por ouvir alguns certos “uivos” e todos começam achar que ele está enlouquecendo.

Isso que acabei de contar não é spoiler, é o que vocês podem saber da história. Mas claro nem tudo acaba ai. A história é envolvente e começa com uma trama que persegue nosso protagonista em sua nova vida.

O Uivar é um livro adolescente. Tem um personagem principal muito bacana. Não é chato. Não é irritante como sempre vemos por aqui. E eu consegui até criar uma certa simpatia por ele.  Estou profundamente preocupada com o que irá acontecer com ele no próximo livro.

“Ouvi passos. Ok, eu não vou falar que eu estava me cagando nas calças, mas se você estivesse na frente de uma casa velha e ouvisse passos dentro da casa, o que você ia fazer? Começar a dar gargalhadas e depois ficar esperando Jack, o Estripador, aparecer e te matar? É claro que não!”

É… o Thiago acabou o livro em um momento crítico onde podemos conhecer muitas outras coisas e “ARGH!” eu com certeza vou ter que esperar um bom tempo para conseguir ler o próximo volume.

Thiago conseguiu cumprir o seu papel. Um livro jovem, com uma leitura fácil e rápida. Li o livro do Thiago em apenas um dia muito tranquilamente. Descrições gostosas de ler e sonhos interessantes durante o desenrolar da história.

“Ela piscou para mim, depois se levantou e saiu do meu quarto. Eu fiquei lá parado como um idiota – pelo menos era como eu estava me sentindo.”

O livro leva 3,5 xícaras de café quentinho! A capa é bonita e tem perfeitamente a ver com a história, só não gostei das fontes utilizadas, não ficou…. não sei que palavra utilizar. Profissional, talvez outra fonte cairia melhor. As folhas são brancas o que é um pouco chato para a leitura de quem tem problema de visão como eu, mas nada que atrapalhe demais.

#FicaDica  para quem curte uns lobisomens 🙂

 

Ps: Adivinha o nome da empregada do livro? É isso mesmo! Mais uma Anna. hehehe Só que as vezes ela aparece c.om 1 “n” só. Um pequeno erro na revisão que notei

Share:
10 comments so far.

10 respostas para “[Resenha] O Círculo Noturno. O Uivar de Thiago Pined | @editorabarauna”

  1. Aymée Meira disse:

    ahhhhh eu preciso ler esse, já paquerei ele no estande da baraúna. ou seja, *_* desejo. kkk

    beijos

  2. Bia disse:

    O livro é “O Círculo Noturno”, né? Você colocou “O Círculo Secreto” na chamada, pensei que estava se referindo a outro.

  3. Eduardo disse:

    Bela capa. Não sou fã de lobisomens muito menos de saladas de frutas sobrenaturais, mas a história pode ser interessante pela maneira de contá-la (linguagem, suspense, reviravoltas), pelo personagem e outros elementos como o contexto ou a mensagem.

    Mas não tenho paciência nem bolso para séries… E assim como muitos hoje “correm” de vampiros ou zumbis, logo logo os lobisomens também serão evitados.

    Admiro Bram Stoker não “apenas” por ter feito uma obra-prima e fundado um gênero, mas por ter pesquisado o folclore e resgatado uma história lendária da Transilvânia. Então, ao invés de apostar em personagens conhecidíssimos que o público já se cansou ou vai logo se cansar, por que os autores não escrevem sobre outros menos famosos, como o Homem do Saco ou a Loira do Metrô?…

    Sugestão para quem quiser rir e conhecer novos amigos:

    http://blogs.estadao.com.br/ariel-palacios/o-gordo-nu-o-decapitado-desorientado-e-o-priapico-barbudo-duende-ecologista/

  4. Jamile Pino disse:

    Até curto Lobisomens e True blood.. mas até do seriado já estou enjoando justamente por causa dessa salada de frutas sobrenaturais.. tô achando chato ultimamente.
    Fora que como disse o Eduardo, minha paciência e bolso estão meio esgotados para séries, principalmente nesse estilo

  5. Adoro lobos *-*
    (Jacob Black/Crepusculo/Taylor Lautner…. se é que você me entende’ hahahah xD)
    Fiquei curiosa pela história! Ainda mais que é de um autor brasileiro e que a história se passa aqui! 🙂
    E o fato de que não tem VAMPIROS no livro me alegra muito! Eles estão por toda a parte “/
    né mesmo?
    hahaha’ Bem que podia ter uma promoção desse livro aqui no Pausa! Fiquei muito curiosa!

  6. Mariana disse:

    AAAAAAH! Amei, simplesmente. Sério, adorei o tema, adorei tudoo.

  7. Fernanda Yano disse:

    Adorei a capa!!!! Já comprava só por ela rsrs
    A resenha ótima, adoro o tema e o bom que não é mistureba.

  8. Amanda Costa disse:

    Ah!! Esta capa realmente está linda! Adorei a sinopse, e sua resenha.. O fato de não misturar tudo, já conta muito, também! Poxa.. fiquei curiosa. Mais um livro que vai pra lista de desejados. Um beijo!

  9. Não sou fã de lobisomens, e não aguento mais séries, hehe, então esse vai ficar de fora da listinha dos livros que pretendo ler.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Anna Schermak

Anna Schermak

26 anos, Curitibana, Formada em Marketing. Criadora do Pausa Para um Café e Social Media na maior parte do tempo. Apaixonada por cachorros, cafés e bons livros.

PESQUISE

PUBLICIDADE

DICA DE CURSO

COLUNAS

Submarino

Últimos Vídeos