[Resenha] O Prisioneiro do Mundo de Nelson Sargento | @edoficina

[Resenha] O Prisioneiro do Mundo de Nelson Sargento | @edoficina

O Prisioneiro do Mundo

isbn: 9788565505109
autor: Nelson Sargento
editora: Oficina Raquel
encadernação: Brochura
ano 2012
Compre o Livro

Sinopse: Os versos de Nelson Sargento são lúcidos, propícios, mas realistas, e revelam que por trás do compositor consagrado mora um lírico de mão cheia. O livro se inaugura com “Prisioneiro do mundo”, primorosa constatação dos limites do homem, e se encaminha para um final cheio de amor, esperança e fé.

Esta edição de Prisioneiro do mundo vem dignificar e dar visibilidade a uma obra que, em versão bastante mais curta, foi editada pela primeira vez em 1994. Agora, com alterações em diversos textos, inclusão de vários novos e montagem cuidadosa, temos um livro verdadeiramente novo.

Resenha do Livro Prisioneiro do Mundo de Nelson Sargento.

Os livros da Oficina Raquel sempre tem uma certa complexidade. E aqui, eu até fico sem jeito de falar.
O livro é especial, ele toca o leitor com sua beleza e riqueza. Palavras doces e as vezes com uma simplicidade que transmite certa sabedoria.

Nelson é escritor, ator, compositorde samba, artista plástico. Um dos baluartes da nossa cultura. Enfim, esta diretamente ligado a todos os principais estilos de arte. E o livro se completa por si só.

“Quando o desejo é mais forte
A paciência da alma desaparece.” Pag 41 

Poesias calmas e bonitas de se ler. É daquelas que queremos declamar para quem quiser ouvir.

O livro além das poesias trás pequenos fragmentos/pensamentos de uma linha ou dois em sua segunda parte. Daqueles que gostamos de escrever, pegamos na internet e sempre temos um gravado na memória como nossa frase preferida.

“Pobre daquele que se consola ao saber que as
Amarguras do vizinho são maiores que as suas.” Pag.43 

Eu dou nota 5 para o livro, e sinto que o livro me enriqueceu. Super recomendado a todos!

– Aproveite para participar do #TOPComentarista de Agosto comentando nesse post!

Anna Schermak
Anna Schermak

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

6 comments

Leave a comment
  1. Ana Terra

    16 de agosto de 2012 at 21:57

    Olá! Adorei os quotes que você separou. Além da sua resenha super animada, isso também fez com que eu tivesse vontade de lê-lo haha E uau, nota 5 *o* Vou tentar comprar. Parece ser realmente muito interessante!!! beijos http://doceescrita.blogspot.com.br/

  2. Eduardo

    17 de agosto de 2012 at 06:10

    Gosto de ler diversos tipos de livros porque em cada um encontro riquezas e qualidades diferentes. Há obras que valem pelo conjunto, outras pelos personagens, outras pela mensagem, outras pelos detalhes.

    Lendo livros de aforismos e poesias a gente aprende a valorizar cada palavra, cada frase, e percebe que um pequeno trecho pode ser fonte de muitas reflexões e sensações. Esse é um livro que gostaria muito de ler!

  3. Kimy Gabrielli

    17 de agosto de 2012 at 20:14

    Eu nunca fui muito afim de poisias, mas pela resenha vou tentar ler esse livro. Já que você disse que ele Enriqueceu você, talvez fala o mesmo a mim, não é mesmo?

    Beijinhos,
    Kimy Gabrielli.
    blogkimygabrielliblogspot.com

  4. Jamile Pino

    18 de agosto de 2012 at 13:11

    Concordo com a Kimy… não é meu tipo de livro preferido… mas valeu pela dica!

  5. Aymée Meira

    28 de agosto de 2012 at 03:19

    Fiquei curiosa… preciso ler. ‘-‘

    ai vc me deixando doida por livros, a lista só aumenta… malvada.

    asuyauhshausuha

    beijos

    Amy – Macchiato

  6. Carolina Moniz

    5 de setembro de 2012 at 17:44

    Livros que dão um ensinamento de vida tem que serem lidos, não é mesmo?
    Adoro livros deste tipo 🙂
    Temos que valorizar o que é cultura de verdade!

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.