Literatura

[Resenha] Princesa Adormecida de Paula Pimenta | @galerarecord

Sinopse: Era uma vez uma princesa… Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida. Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única. Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim… 

“Parece lindo, certo? Lindo até demais, então claro que tinha que acontecer alguma coisa para atrapalhar. E a coisa tinha nome: Marie Malleville.”

Eu nunca tinha lido nada da Paula, mas depois de grava o literáriocast sobre literatura adolescente com ela, eu não podia deixar de ler. Afinal se uma pessoa consegue ser tão fofa em uma conversa, com certeza ela escreveu algo no mínimo muito fofo e ótimo para passar alguns momentos encantadores lendo.

IMG_7753

Como eu disse, não poderia esperar nada além de fofura e muuuuuuuuita fofura! Os livros da Paula Pimenta são realmente cor-de-rosa pelo que pude notar.  Em Princesa Adormecida eu consegui soltar alguns owwwwns durante a leitura e me encantar com várias passagens da história.

É daquele tipo que te faz querer amar e ao mesmo tempo te mostra que contos de fadas são diferentes na vida real e eles podem te surpreender. Então nem tudo são flores mas o final feliz é garantido, pois afinal… a vida já é triste demais para não ter um final feliz pelo menos nos livros. Certo?

IMG_7747

Apesar do livro não ser o meu gênero de leitura, foi muito gostoso ler o livro. Só que como uma leitora mais voraz, eu já li muuuuuita coisa no gênero e pra mim, pelo menos, foi muito previsível. Não foi algo que me surpreendeu e me deixou de queixo caído. Quando o desenvolvimento da história começou a andar, eu já sabia o que estava acontecendo, já previ aquilo.

Só que quando eu previ isso, em vez de achar que o livro seria ruim por esse ponto eu me voltei a Anna de  seus quinze anos e pensei o quanto eu, naquela época teria achado fofo e me surpreendido com o que estava acontecendo nas páginas do livro.

Uma coisa muito interessante que eu notei no livro é que mesmo sem querer a Paula conseguiu dar um alerta quanto a conversas com pessoas que você não conhece em redes sociais. Achei isso sensato e bom para orientar as jovens leitoras.

IMG_7751

O livro se aproxima dos leitores trazendo o mundo digital para essa adaptação moderna da história da Bela Adormecida. E a arte gráfica do livro ajuda para que essa imersão nesse momento seja melhor ainda.

E falando da edição gráfica. Está linda, a capa do livro fica perfeita até como wallpaper, acho que vou deixar como wallpaper do meu celular, é muito amor! ?

IMG_7752
IMG_7749

Edição: 1 | Editora: Galera Record | ISBN: 9788501034205 | Ano: 2014 | Páginas: 192 

Nota: 3,9/5

Comprar: Saraiva  | Submarino | Americanas

Baci ;*

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +

1471378144008GPaula Pimenta nasceu em Belo Horizonte – MG. Desde criança apresentou aptidão para a escrita e por esse motivo prestou vestibular para Jornalismo, embora tenha transferido para Publicidade, curso no qual se formou na PUC Minas. Estudou também Música na UEMG, deu aulas de violão e técnica vocal por vários anos, e é compositora.
Sua carreira de escritora começou em 2001, com o lançamento do livro de poemas “Confissão”, que foi relançado em 2013. Ficou realmente conhecida do grande público em 2008, quando lançou “Fazendo meu filme 1” pela editora Gutenberg. Publicou “Fazendo meu filme 2”, em 2009, “Fazendo meu filme 3”, em 2010, e “Fazendo meu filme 4”, em 2013, que – assim como o primeiro – são grandes sucessos juvenis. Em 2011 lançou uma nova série, “Minha vida fora de série”, que já conta com dois volumes. Em 2012 publicou também o livro “Apaixonada por palavras”, uma coletânea de crônicas.

post

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Daniela Farias
    3 de setembro de 2014 at 11:01

    Sempre fui um pé atrás com a Paula Pimenta por achar um tanto infantil os livros dela, por isso nunca li nenhum. Mas devo confessar que a sua resenha me despertou o interesse! Afinal, que não ama um conto de fadas né? <3
    Beijinhos Anna!

  • Reply
    Raquel Moritz
    9 de setembro de 2014 at 22:51

    IMAGINEI VC FALANDO OOOWWWWN aheuhaeuhaeuhaeuh. Uma leitura fofinha de vez em quando FAZ BEM pro coração <3 Eu sou a favor! A Paula Pimenta parece ser muito fofa, pena que não consegui engrenar com os outros livros dela. Mas sei lá, de repente esse é diferente (ou não?! hahaha)

    Beijoca!

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.