iBUENOS DIAS! Pois então, eu passei um tempo sem postar. Shit happens. Mas estou de volta, so be nice. Ao invés de fazer um post ~composto~, com mais de uma série, resolvi fazer o review de uma série nova e que eu comecei a ver recentemente. Let’s go!

Bom, Emily Owens MD é uma série sobre a personagem Emily Owens e seu trabalho em um hospital (como interna, ou algo assim). O lance é que a Emily é absurdamente socially awkward, sofreu muito no ensino médio com apelidos e, no fim das contas, esperava que no hospital tudo fosse diferente. Logo no seu primeiro dia ela descobre que o hospital nada mais é que uma versão plus do ensino médio, com direito até a um encontro com sua arqui-inimiga de high school.

Eu assumo que essa série tem um público predominantemente feminino, tanto pela protagonista em si quanto pelos seus dramas principais.

No campo técnico, Emily Owens MD ganha pontos pela comédia bem colocada, normalmente usando o recurso de voiceover para representar o pensamento da Emily. Outro ponto que me ganhou é o uso de estereótipos de ensino médio, mas sem tornar a coisa ridícula. Você vê a mean girl do ensino médio em um novo ambiente, com novas motivações.

A série me ganhou também na trilha sonora e nos momentos de crescimento pessoal da Emily, o que mostra que apesar de insegura ela ainda quer superar tudo, mesmo que leve tempo. AH, pra não dizerem que eu não falei sobre isso: vários atores bonitos no elenco vale a pena checar.

Um ponto que me incomodou na série foi o alto nível de empatia que eu consegui alcançar. Ok, isso é quase nitpicking meu, mas tudo bem. É que eu, Carol, me identifico TANTO com algumas situações que a Emily enfrenta que quando ela faz merda, ou algo socially awkward, eu tenho vontade de pular da janela do meu apartamento. Juro que às vezes eu pausava o episódio só pra esperar a sensação de empatia extrema passar.

No balanço geral, Emily Owens MD é uma série de hospital pra quem gosta mais do estilo de Grey’s Anatomy do que de House. Têm diagnósticos e tudo mais? Tem. Mas não é o foco da série. AH, outra coisa: a atriz que faz a Emily é sensacional! Ela já participou do elenco de Off The Map, se não me engano.

Avaliação final: 4 xícaras de café.

Veredito: assistam!