Ao tempo que começamos essa nova e excitante quest no ano de 2014, refletindo sobre tudo o que aprendemos nos videogames em 2013, começamos a vislumbrar o que o destino nos reserva. Seremos alvos de injustiças e da ganância das grandes produtoras? Grandes e inesquecíveis experiências nos aguardam? Desastres inesperados? Desastres iminentes? Não sabemos, podemos apenas especular nessa primeira lista de 2014, uma lista com jogos pra se ficar de olhos abertos.

É bom notar que a indústria indie não esta na lista, pela razão de ela não antecipar muito seus jogos, se comportando mais do tipo “aqui, tome essa surpresa inesperada”. Portanto, que os portões da ansiedade sejam abertos!

 

The Elder Scrolls Online

The Elder Scrolls Online

O jogo que pode me fazer, finalmente, voltar ao mundo dos mmo’s. Se você for um fã da série Elder Scrolls, você tem a obrigação de ter essa experiência, é praticamente tudo que sonhamos: poder explorar toda Tamriel em um período só. Aos que não são adeptos das aventuras bugadas da Bethesda, pelo menos deem uma chance e peçam pra um amigo que tem deixar vocês jogarem um pouco, não deixem essa belezinha passar em vão. O game esta marcado para PC’s em Abril, para os consoles da nova geração em Junho.

 

Castlevania Lords of Shadow 2

Castlevania Lords of Shadow 2

O primeiro castlevania onde você joga com o Drácula, nada mais precisa ser dito.

 

Dark Souls 2

Dark Souls 2

Ou também conhecido como “simulador da crueldade da vida real”, Dark Souls 2 vem mais desafiador, mais brutal e com visuais muito mais detalhados que seu irmão mais velho. Aguarde pelo seu melhor pesadelo em Março.

 

The Evil Within

The Evil Within

Shinji Mikami, o pai do survival horror, criador de Resident Evil, assina esse novo título AAA de survival horror. Voltando ao gênero, Mikami esta disposto a nos fazer sentir medo novamente e, pelo que parece até agora, ele esta seguindo um caminho aceitável para esse objetivo. É certo que lance em 2014, mas ainda não temos uma data confirmada.

 

InFamous Second Son

InFamous Second Son

Talvez o primeiro jogo que faça valer a pena ter um PS4. Os dois primeiros InFamous foram pura diversão, jogos que me fizeram ficar na frente da TV por horas apenas pela diversão de navegar pelo mapa sendo um super herói. Se Second Son conseguir capturar essa essência e nos presentear como uma história interessante e que não pareça forçada, já temos um motivo pra CONSIDERAR um PS4 num futuro onde o preço esteja BEM abaixo do de hoje. Março é o mês pra ficar de olho.

 

The Witcher 3: Wild Hunt

Wild Hunt

Witcher tem um relacionamento ame ou odeie com o público. Ou você vê pessoas ignorando todo e qualquer outro RPG em favor de Witcher, ou você vê jogadores de outros RPG detonando o game. Brigas e chacotas de lado, Wild Hunt parece um jogo profundamente lindo, pelo menos é o que os trailers e as informações do game nos deixam acreditar. Jogo legal pra você que não conseguir ter força de vontade em Dark Souls 2 [LET THE BLOODBATH BEGIN]. Ainda sem data confirmada de lançamento também.

 

The Order 1886

The Order 1886

Temos um cenário steampunk, misturando nomes famosos da mitologia como Arthur e seus Cavaleiros da Távola Redonda e um período no tempo diferente onde esses honrosos cavaleiros lutam uma batalha difícil contra monstros que parecem lobisomens. É o bastante pra deixar qualquer fã de literatura fantástica com as antenas em pé. Exclusivo de PS4, ainda não tem data confirmada.

 

Metal Gear Solid V Ground Zeroes

Metal Gear Solid 5

Se você gosta da sua história muito bem “kojimada” no café da manhã, então ai esta Ground Zeroes pra você. A mais tradicional história de espionagem nos videogames volta com cenários abertos e uma incrível atenção a detalhes. Tem lançamento previsto para Março para PS3, PS4, Xbox 360 e Xbox One.

 

Daylight

Daylight img2

Não confundir com Dying Light, este é outro survival horror que usa cenários randomicamente criados para assustar o jogador. Você tem a famosa permadeath, o que significa que morrer apaga todo seu progresso e você deve começar novamente do zero. Toda vez que começar um novo game, o jogador presenciará eventos paranormais completamente diferentes do seu último save, o que realça o fator de ansiedade por nunca saber o que pode acontecer. Ainda sem uma data confirmada.

 

Tom Clancy’s The Division

The Division

Ver este jogo na E3 do ano passado me fez realmente questionar: espera, isso é CG ou é do jogo mesmo?

Sem dúvida é o game desta lista que parece mais com a vida real, os gráficos mais belos até agora. Além disso, na demonstração, o personagem interage, de fato, com o cenário. Em um dado momento, o jogador pega uma garrafa de água em cima de uma mesa, o personagem toca e pega a garrafa para, então, guardá-la. É, minha gente, digam adeus aos personagens que pegam os itens com o poder da mente e os escondem no vazio dos videogames. Ainda sem data também.

 

Para fazer uma menção honrosa, ainda temos um novo Uncharted, Final Fantasy XV, Kingdom Hearts 3, Rainbow Six 6, Mad Max, Titanfall, entre outros, porém, a grande maioria destes nem são certos para 2014, então só nos resta ter paciência e acreditar que todos os dez dessa lista sejam tão bons quanto parecem ser. Vale a pena lembrar que, possivelmente, o periférico Oculus Rift também pode ser lançado neste ano. Não é nenhum jogo, mas definitivamente vai fazer seus jogos serem muito mais do que já são.