Top5

[Top3] Dicas de como publicar um best-seller!

Antes de mais nada, você deve saber que o  mundo editorial, muitas vezes é uma selva. Aqui estão algumas dicas para ser capaz de escrever um livro e se tornar um sucesso.

Acredite ou não, existem aqueles que trabalham dando conselhos para os outros. E este é o caso de Michael Hyatt , que usou sua experiência e conhecimento para oferecer um curso em aúdio de 21 aulas para pessoas que querem aprender a publicar um best-seller.
 De acordo com dados divulgados pelo New York Times, 81% da população sentem que tem uma história para escrever… mas poucos realmente pretendem contar essa história. Por quê? Porque simplesmente não sabem por onde começar! Escrever, publicar e divulgar um livro, não é simples. Abaixo estão algumas dicas que podem pavimentar o caminho para aspirantes a escritores de sucesso.

 1. Esteja Preparado – É a partir desta fase muito simples que deriva o sucesso editorial. Muitos escritores não percebem isso e cometer um erro. Isso mesmo, primeiro você precisa estar ciente  da situação e preparado para as mudanças no mundo editorial. Em seguida, deve considerar as diferentes opções que tem em suas mãos: você vai querer ser publicado por uma editora Ou vai se auto publicar? O que você pretende fazer? A mentalidade vencedora, combinada com objetivos claros sobre a sua carreira é o que monta o  quadro perfeito para dar a partida na sua carreira.

Enviar aos Editores:  Este é, sem dúvida, a parte mais difícil. Primeiro você tem que enviar uma obra literária que seja propícia para a venda naquele momento e não é o que você acha, é o que os dados mostram. Existem momentos e momentos no mercado editorial. Não se esqueça de consultar o mercado, as vezes esperar para publicar um livro em uma época certa é o mais correto. Lembre-se que seu livro é um produto. Outro elemento importante é apresentar algo que os editores estão interessados ??em ler. E é nessa hora que alguém que conheça o mercado editorial é importante. Você pode contratar um agente literário (mas é importante estudar os prós e os contras antes).

A Publicação: Na verdade publicar o seu trabalho é apenas o primeiro passo. Para ser bem sucedido você deve seguir o caminho certo do lançamento até a  promoção (publicidade do seu livro). Esse caminho não é apenas entrevistas e matérias para contar sua história, mas também como e quando você vai  anunciar em sites, blogs e principalmente nas redes sociais.
É importante atrair seguidores.  Um público é essencial para garantir que sua mensagem chegue o mais longe possível.  E para que isso aconteça não tente fazer tudo sozinho! Um bom assessor de imprensa ou uma equipe de pessoas envolvidas irá simplificar a sua vida. Mas uma vez que seu livro estiver no topo das listas de vendas, o passo mais importante começa e é transformar o seu nome em uma marca, algo duradouro. Não basta escrever um best-seller, você precisa construir um negócio.

——

Resumindo: Essas três dicas traduzidas do site italiano Libreriamo mostra algo que muitas pessoas falam no mercado editorial e muitos autores teimam em esquecer. Escrever um livro é mais do que fazer uma boa história e construir uma narrativa interessante. Muitas vezes isso é apenas “algo que acontece”. Você deve criar um exército de motivos para que a editora queira comprar o seu livro e as pessoas queiram lê-lo.

Em um mundo onde tudo é tão próximo e todo mundo se conhece ou influencia uma quantidade de pessoas no mundo online, você deve se perguntar: QUEM É VOCÊ? QUEM VAI QUERER LER O SEU LIVRO? Não é ser desanimador ou pessimista, mas ter a noção de que nada se constrói sozinho e do dia para noite é mais uma dica que eu acrescentaria a essa lista.

Hoje em dia blogueiros, vlogueiros e membros “conhecidos” publicam seus livros e estão nos top 10 de qualquer lista de mais vendidos porque construíram aos poucos o seu público, antes mesmo de lançar um livro. E essa é mais uma dica que eu deixo por aqui. Em um mundo onde o Rei do Camarote move as redes sociais e as marcas importante, para você e para a sua obra estar conectado, ligado e antenado no mercado é muito importante. Não estou dizendo que você deve ser um blogueiro para isso, não. Eu estou dizendo que você deve ser encontrado. Que hoje, muito mais do que o conteúdo do seu livro a editora está interessada na sua mini biografia que vai junto na carta de apresentação. Você é uma marca, e ela influencia muito na hora de vender o seu livro.

Obs: É claro que existem casos e casos, mas essas dicas é para quem quer tentar algo diferente ao invés de rezar, fazer magia e confiar na sorte. Você pode sim ser a próxima J.K. Rowling e claro, você pode ser o próximo Nicholas Sparks. Mas até mesmo eles batalharam e se dedicaram para vender suas obras ao invés de confiar no destino.

E claro, nunca, nunca, nunquinha deixe de acreditar em você mesmo 🙂

 

You Might Also Like

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.