Literatura Nacional

VIAGEM NA LITERATURA: FEVEREIRO – Argentina

Se você acompanha o blog com frequência, já sabe que nós e o Universo dos Leitores estamos com um projeto em conjunto. Se quiser conhecer mais, clique aqui e leia o post sobre o projeto.

O mês de Fevereiro de 2016 foi reservado para um país com uma literatura muito rica. Então Fevereiro é o mês da LITERATURA ARGENTINA! Então sinta-se a vontade para aproveitar o mês lendo Nobel, clássicos e contemporâneos. Aqui tem de tudo!

AUTOR REPRESENTANTE DO MÊS: Jorge Luis Borges

Para falar de literatura argentina é sempre difícil escolher apenas UM escritor. Poderia ter escolhido Cortázar, Bioy Casares ou outros vários autores, mas não teve como. Borges era a escolha certa!

Jorge Francisco Isidoro Luis Borges Acevedo nasceu em Buenos Aires, em 24 de agosto de 1899, e faleceu em Genebra, em 14 de junho de 1986. Antes de falar espanhol, aprendeu com a avó paterna a língua inglesa, idioma em que fez suas primeiras leituras. Em 1914 foi com a família para a Suíça, onde completou os estudos secundários. Em 1919, nova mudança – agora para a Espanha. Lá, ligou-se ao movimento de vanguarda literária do ultraísmo. De volta à Argentina, publicou três livros de poesia na década de 1920 e, a partir da década seguinte, os contos que lhe dariam fama universal, quase sempre na revista Sur, que também editaria seus livros de ficção. Funcionário da Biblioteca Municipal Miguel Cané a partir de 1937, dela foi afastado em 1946 por Perón. Em 1955 seria nomeado diretor da Biblioteca Nacional. Em 1956, quando passou a lecionar literatura inglesa e americana na Universidade de Buenos Aires, os oftalmologistas já o tinham proibido de ler e escrever. Era a cegueira, que se instalava como um lento crepúsculo. Seu imenso reconhecimento internacional começou em 1961, quando recebeu, junto com Samuel Beckett, o prêmio Formentor dos International Publishers – o primeiro de uma longa série.

Nossas sugestões de autores: 

Victoria Ocampo | Manuel Puig | Alfonsina Storni | Julio Cortázar Juan José SaerAdolfo Bioy Casares | Ricardo Piglia |

Textos indicados:

10 LIVROS DE ESCRITORES ARGENTINOS QUE VOCÊ PRECISA LER

Argentina, país de leitores e grandes escritores

5 Livros essenciais da literatura argentina

A literatura argentina e as editoras independentes

Quando escolher seu livro ou fizer postagens sobre a sua leitura no projeto, marque com a Hashtag: #ViagemNaLiteratura

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +  ? Pinterest Youtube  ?Blogvin Flickr

You Might Also Like

7 Comments

  • Reply
    Mari
    4 de fevereiro de 2016 at 11:37

    Não conhecia o projeto, mas que ideia legal, principalmente para que a gente saia um pouco da nossa zona de conforto e conheça autores do mundo inteiro. Acho a Argentina uma ótima escolha, são nossos vizinhos e a gente nem aproveita a rica cultura deles. 🙂
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

    • Reply
      Anna Schermak
      4 de fevereiro de 2016 at 13:08

      Exatamente MARI! Eles estão ali do lado com tanta cultura e a gente nem conhece direito.

  • Reply
    Clauo
    10 de fevereiro de 2016 at 11:13

    Ah, estava ansiosa!
    Vou procurar um aqui na minha estante!
    Bjs

    • Reply
      Anna Schermak
      10 de fevereiro de 2016 at 13:43

      Espero que encontre um super legal 😀

  • Reply
    Clauo
    2 de março de 2016 at 22:12

    Anna querida
    Adorei esta viagem!!!
    Aguardo ansiosa nossa viagem de março. Pra onde iremos?!
    Bjks mil

    http://www.blogdaclauo.com/2016/03/o-vento-que-arrasa-eu-li.html

    • Reply
      Anna Schermak
      3 de março de 2016 at 09:03

      Amanhã sai o post com o novo destino <3

  • Reply
    Clauo
    3 de março de 2016 at 14:18

    Oba!!!
    Curiosa e de malas prontas…rs
    Bjs

Deixe uma resposta para Clauo Cancel Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.