Menu
Top5

10 Dicas para não se tornar um leitor chato!

Ler é legal, ler é bom e todo mundo deveria ler, mas o mundo não é um mar de livros e apesar de que a maioria dos leitores do blog que estão lendo esse post não achem isso, muitas vezes nós somos muuuuuito chatos!

A verdade é dolorida, mas é verdade, nós nos prendemos tanto no nosso mundo que é difícil para a comunidade em geral conviver com leitores tão assíduos como nós. Então, com a ajuda da minha família e amigos que vivem reclamando de alguns pontos, eu resolvi dar 10 dicas para não se tornar um leitor chato e começar a perder amigos (hehehe). Vamos lá?

10 Dicas para não se tornar um leitor chato!

1. Sempre lembre que além de você, poucas pessoas pode ler tanto como você, fazer referências a livros em todos os momentos ou piadinhas pode incomodar a galerinha que não conhece e fica completamente perdida na brincadeira.

2. Não é só porque você gosta, que é bom! Lembre-se sempre disso antes de impor uma leitura à alguém.

3. Ler para as pessoas pode ser muito chato. Eu faço isso, eu confesso, se li algo fantástico quero ir correndo contar para alguém, mas o olhar de reprovação da minha mãe que diz “Eu não estou entendendo nada e o que tem de tão fantástico nisso”  me ajudou a perceber que fora do contexto, muitas coisas não fazem sentido algum.

4.  As pessoas querem sua companhia, pode parecer que não, mas você é legal. Então… deixar de lado os amigos, pais, filhos e qualquer outra coisa pelos livros, exageradamente, pode ser cansativo para quem está ao seu lado e em vez de gostar que você leia, as pessoas podem começar a criar ódio dos livros.

5. Obrigar as pessoas a entrar na livraria e passar horas lá dentro com você. Eu me assumo culpada aqui também, mas não obrigo mais ninguém a entrar na livraria comigo se não tiver absoluta certeza que a pessoa também vai curtir ver alguns livros. Afinal, a praça de alimentação pode ser mais legal para algumas pessoas.

6. Acredite, pessoas MARCAM O LIVRO COM A ORELHA,  as pessoas COMEM ENQUANTO LEEM, as pessoas DOBRAM OS LIVROS, as pessoas TROCAM, VENDEM, DERRUBAM NO CHÃO… e isso é normal. Não recrimine os seres humanos por causa disso.

7. Citar clássicos é chato pra caramba. Ninguém quer saber se você leu Dostoievski. Acredite.

8. Outra verdade é que nem todo mundo quer ganhar livros de presente. As vezes uma flor ou uma cerveja é tudo o que eles querem.

9.  Nem todo mundo prefere o livro em vez do filme, e muita, muita gente mesmo não tá nem ai para saber se é ou não uma adaptação literária.

10.  É legal que todo mundo goste das mesmas coisas que você para poder conversar, mas brigar por causa de alguma série ou livro é chato e incomoda.

———————————————

E você, qual dica daria aos leitores do blog? Deixe nos comentários!

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

19 Comments

  • Junior Gros
    24 de junho de 2013 at 16:19

    Muito legal a lista.
    Vi a mim mesmo em muitas situações.
    Parabéns.

    Reply
  • Jéssica Coelho
    24 de junho de 2013 at 19:00

    Gostei kkkkkk
    Faço o possível, mas vai saber…

    Reply
  • Silvia
    24 de junho de 2013 at 19:03

    Olá,tudo bem?
    Eu gostei muito das dicas vou utiliza-las quando eu precisar.
    Bjs!
    http://pocketlibro.blogspot.com/

    Reply
  • Nicolas Ueda
    24 de junho de 2013 at 23:51

    Nossa, eu já passei por chato muitas vezes. Mas por causa de filmes. Fazer alguma piadinha ou referência, e todo mundo calar a boca, e eu ficar rindo sozinho, de desajustado…

    Eu acho que tudo tem limite sim, e é sempre bom conversar sobre assuntos que todos possam compartilhar, sempre dentro do contexto do grupo. Mas acredito também que todos devem se sentir bem do jeito que são, e não ficarem se culpando, achando que são esquisitos, por gostarem de algo diferente.

    Acho bom todos terem suas diferenças, suas peculiaridades. Eu também fico fora de muitos assuntos, mas acho que o mais importante é sempre estar receptivo a ouvir sobre tudo, e aprender. O negócio é ter paciência, aceitar e se sentir bem por as coisas serem como são.

    Reply
    • Anna Schermak
      25 de junho de 2013 at 14:32

      Adorei seu comentário Nicolas!
      É bem isso mesmo. Saber entender as diferenças e no final rir de tudo o/
      beijos!

      Reply
  • Larissa Mirandah
    25 de junho de 2013 at 01:01

    Adorei as dicas, e a verdade é que nós somos chatos mesmo, ninguém pode nos culpar por tentar mudar o mundo, mas as vezes fazemos essas coisas sem querer, é um impulso, você quer que todos saibam o quanto aquele livro é incrível, o quanto aquela série é maravilhosa ou o quanto a narrativa daquele outro livro é arrastada, antigamente eu comentava essas coisas com minha mãe, mas acabei desistindo, ela me olha com aquela cara de quem não está entendendo nada e eu simplesmente sossego, o que fazer quando você não tem com quem conversar? Os leitores sofrem com isso, as vezes só precisamos conversar com alguém, desabafar, mas tudo relacionado a livros, quando eu termino um livro eu só quero debater com alguém, esse é o momento da dor…
    Adorei a lista, vou tentar consertar meus modos rs’

    Reply
    • Anna Schermak
      25 de junho de 2013 at 14:32

      Coitada das nossas mães né?
      Minha mãe tem que ouvir tudo e tadinha, nunca entende nada.
      Beijos flor!

      Reply
  • Thaty
    25 de junho de 2013 at 01:28

    Adorei a lista e sinceramente os itens 6 e 9 são os que eu recebo mais reclamações, pq doi em mim tanto quando alguém marca o livro com a orelha ou fala que o filme é melhor que já iniciei várias discussões por causa disso… Mas estou tentando melhoras e tentar me contorcer apenas internamente XP

    Reply
    • Anna Schermak
      25 de junho de 2013 at 14:31

      Eu confesso que marco livro com a orelha ‘–‘ mas não dobro o livro, isso eu acho crime!

      Reply
  • 25 de junho de 2013 at 19:02

    AI MEU DEEEEUS, é o post que eu estive esperando a minha vida inteira!! Sabe que até hoje eu só não criei um blog literário porque tenho muito medo mesmo de me tornar uma crítica chata? Claro, uma coisa não tem nada a ver com a outra, só acho que um blog ia despertar essa tendência em mim…
    Eu conheço tanta, mas TANTA gente que acha o máximo ser ~o tipo certo de leitor~, quando na verdade eu só quero ler um livro infantil, uma comédia romântica, um clássico nacional, um romance do século passado, qualquer coisa que me dê vontade simplesmente porque deu. Parece tão difícil pra algumas pessoas entender isso… Ótimas dicas, vou passar adiante!

    Reply
    • Anna Schermak
      26 de junho de 2013 at 11:28

      A-D-O-R-E-I seu comentário. Vamos ler livros infantis e ser felizes sem a ditadura da leitura padrão <3

      Reply
  • Bárbara Miranda
    1 de julho de 2013 at 00:30

    Difícil seguir essa 6ª dica hein… hahah

    Reply
  • Kimmy Gabrielli
    3 de julho de 2013 at 15:27

    rsrsrsrs Ok Ok… me sentindo culpada agora rsrsrrs Acho que desses dez eu pratico nove rsrsr Mas ok u.u vou me esforçar para ser uma leitora melhor i.i Menos quando eu estiver perto da minha tia porque que faço ela ficar com vontade de ler o mundo ;P

    Anninha, e eu vou precisar avisar o resto do mundo ;P Vou compartilhar isso em rsrsr

    Beijinhos,
    Kimmy Gabrielli.
    http://worldskimy.blogspot.com.br/

    Reply
  • Haila Cristina Martins
    4 de julho de 2013 at 22:04

    Meu esposo é que me aguenta… Eu fico lá falando e falando e ele só olha pra mim com a cara de `Eu nem sei o que ela ta falando, mas vou ficar aqui´rsrsrsrs
    Eu posso postar no meu blog? eu coloco os créditos e o link para esse post, meu blog nem é grande nem nada… posso?
    Ahhh o 6º item eu concordo, cada um tem os seus próprios hábitos de leitura, e é horrível quando a gente é criticada por isso.
    Beijos

    Reply
  • Ize Chi (@IzeChi)
    2 de agosto de 2013 at 01:08

    Hahaha Adorei! Identificação total xD

    mas aprendi a moderar nas atitudes… O problema é que as críticas continuam na mente rsrs
    (me contorço inteira quando vejo alguém usando a orelha do livro como marcador… Especialmente quando é livro grosso, acima de 400 páginas -.-‘)

    Reply
  • Aline Gonçalves
    2 de agosto de 2013 at 02:14

    Muito bom o texto. Me identifiquei muito com o número 5 porque faço isso com meu marido. Ele não lê nada e fica atrás de mim na livraria com aquela cara de: “vamos embora”. E eu gosto de olhar os livros, as promoções, os lançamentos…kkkkkk
    Preciso mudar isso porque ele odeia entrar nas livrarias comigo.

    Reply
  • Lucas
    3 de agosto de 2013 at 00:22

    Oi Anna! Adorei esse post haha Conheço muita gente que adora falar só de clássicos e se acham por isso. Eu, particularmente, gosto mais de fantasia e ficção científica e odeio gente que me recrimina por isso. Acho importante falar sobre isso, pois as pessoas se acham muito por que leem livros mais clássicos ou cults e isso me irrita um pouco.
    Confesso que doeu saber a dura verdade da dica 6 HAHAHA Mas continua sendo verdade :/
    Um beijo 🙂

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.