Menu
Top5

6 Suposições (um pouco malucas) sobre Clube da Luta II

Como vocês já devem saber agora em Maio será lançado o primeiro volume da HQ que dará continuação ao livro Clube da Luta. Chuck Palahniuk resolveu continuar a história que lhe deu o título de grande autor e que provavelmente é também a obra pelo qual ele mais ganhou dinheiro.

Felizmente a história animou o autor e agora em 26 de maio, antes do lançamento da HQ o autor vai lançar um livro de contos intitulado “Make Something Up: Stories You Can’t Unread” que terá uma história do Tyler. Exatamente, vamos ter mais Tyler (manda mais que ta pouco!) e dessa vez uma história pré Clube da Luta. Afinal será que a grande “Dupla Personalidade” só resolveu aparecer naquele momento da vida do Narrador ( ou Cornélius, o autor já confessou que esse é o nome verdadeiro) ?

No site do autor a sinopse liberada do livro fala que para surpresa o livro levará os fãs em uma “excursão” para encontrar e ver um lado de Tyler Durden nunca visto antes em uma  história precursora do Clube da Luta. Ah, o livro já está em pré-venda na amazon, clique aqui para comprar a versão em inglês. Ainda não sabemos se e quando chegará ao Brasil.

Mas com toda essa chegada de novidades sobre o Clube da Luta, sempre ficamos com um medo do que está por vir e se você também é  maluquinho assim como eu, já deve ter algumas suposições do que vamos ter na nova edição. Eu separei algumas que eu tenho para compartilhar com vocês.

1. Tyler é uma entidade e não apenas uma “dupla personalidade”:  Eu sei, eu sei, estou sendo ousada. Mas tenho três coisas que me levam a pensar nesse caminho. Primeiro, essa imagem. Segundo o Chuck dizendo que o propósito do Tyler é muito maior do que a gente imagina em mais de uma entrevista e por último: A trilogia Condenada e Maldita.
Não disse que essas suposições podem ser verdade, mas já parei para pensar muito sobre isso, Chuck pode ter gostado de começar a escrever histórias mais “sobrenaturais” com mais fantasia e teve uma brilhante ideia durante esse caminho do que fazer com o Tyler. Algo que ele sempre bateu foi o “propósito” do Tyler, quem leu Condenada e Maldita sabe o quanto isso também é batido por lá com a Madison. Será que teremos algum elo aqui?

2. Marla não existe e nunca existiu: Apesar de não confiar nenhum pouco nisso acho que esse pode ser o momento de felicidade de todos os sites na internet que já ganharam muitos cliques com os posts de “tantas coisas que provam que Marla Singer não existe”.  Quem sabe seja o momento de descobrir a verdade?

3. Tyler tomará o poder: Quem luta com duplas ou mais personalidades sempre está em plena guerra pelo poder. Acho que podemos descobrir no final dessa história que Cornélius não é mais forte o suficiente e um “sorrisinho” ou uma “frase final” do personagem veremos Tyler no poder. Isso seria um pouco clichê, mas não deixa de ser uma suposição.

4. Nada é real: Assim como tantas outras histórias ( Harry Potter vive no quarto sempre e só imaginou tudo, Ash está em coma e o mundo pokemon e só o seu sonho), podemos descobrir agora que tudo ali também nunca aconteceu. O que você acha?

5. Tyler é Lucifer (ou algo do gênero): Tanta coisa envolvendo Caos e Destruição, o que eu já falei da entidade lá em cima e uma imagem de divulgação logo com eles na Igreja. Não sei se Chuck brincaria com a gente desse jeito, mas não deixa de ser uma suposição para se pensar.

6. Chuck continuará o Clube da Luta sem nenhuma novidade: A gente está esperando um final tão foda, mind blow e o caralho a quatro que está esquecendo que a história pode ser só uma história normal, com um cara normal lutando com seus problemas psicológicos. Chuck já disse que está trabalhando com outra mídia (quadrinhos) por não querer comparação com as obras anteriores, podemos não ter nada para comparar realmente. Já pensou?

Bem, essas são apenas algumas suposições que eu já fiz, se você também já queimou os neurônios pensando sobre isso me conta ai nos comentários estou louca para discutir sobre isso.

Baci ;*
 

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +  ? Pinterest Youtube  ?Blogvin Flickr

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

4 Comments

  • Beto Moreno
    19 de fevereiro de 2015 at 11:07

    Por mais que eu não goste de “mesmices”, acho que a última opção seria muito mais legal. É bem mais humana e mais fácil de se identificar. Acho que o enredo é bem completo e que não falta nada, é um típico caso de “se melhorar estraga”.

    Reply
  • Nicolas Ueda
    19 de fevereiro de 2015 at 11:46

    Eu gosto dessa ideia do Tyler ser uma entidade, ou melhor, um conceito caótico que vem influenciar o Narrador. Apesar de que não acho que a história iria seguir por um caminho tão fantástico, acho que ela deve fazer uma conexão com o passado e a mente do Cornélius.

    Ao meu ver a história sempre foi mais psicológica, mesmo com os fatores de fantasia. Seria legal ver por exemplo outros clubes da luta que já aconteceram, mas focar principalmente no Narrador. Mas o bom, é que o que menos dá pra esperar é algo chato, creio eu.

    Achei interessante esse paralelo que a continuação vai fazer do passado do personagem com seus pais, com seu filho de 9 anos. Quem sabe veremos um mini Tyler surgindo? 🙂

    Reply
  • Amanda Almeida
    19 de fevereiro de 2015 at 12:45

    Oi Anna, tudo bem?
    Nossa, essas suposições são incríveis. Mas esse livro é tão intenso e tem tanta abertura para teorias que simplesmente não sei. O autor é um gênio, e eu sou do time que acredita que a Marla não existe. Vai saber, tudo é tão confuso que não dá pra ter certeza.
    Abraços,
    Amanda Almeida

    Reply
    • Anna Schermak
      20 de fevereiro de 2015 at 20:13

      Eu terminei o post e já pensei em um milhão de suposições diferentes Amanda. Não dá. Clube da Luta sempre vai nos fazer pensar demais!

      Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.