As Coisas Que Você Só Vê Quando Desacelera, Sunim Haemin

As Coisas Que Você Só Vê Quando Desacelera, Sunim Haemin

O livro escrito pelo zen-budista, Haemin Sunim, é o tipo ideal de leitura para quem está necessitado de calma e reencontro consigo mesmo. Ao final do livro, ov título da obra passa a fazer sentido literal na vida de quem acompanhou as 256 páginas. De fato, é um livro para ser lido em diferentes situações do cotidiano, de tempos em tempos e para tê-lo sempre por perto para futuras consultas. Já que possui mensagens curtas e impactantes. No entanto, para mim, foi em um dia. O motivo? o texto abaixo, irá explicar.

Produzido pela editora Sextante, possui um design atraente. Desde a capa do livro, as páginas recebem uma diagramação e ilustração especial. Indubitavelmente, além do conteúdo escrito, são pontos positivos para tornar a leitura ainda mais agradável. Nota-se que há um cuidado com a estética da obra.

“As Coisas Que Você Só Vê Quando Desacelera” é o livro que transparece, para o leitor, a ideia de um dia calmo. A leitura fácil, não deixa a desejar falta de profundidade. Os conselhos e ideias propostas nele causam reflexões sobre a formade enxergar e sentir o mundo e a rotina. A obra literária é divida em 8 capítulos que discutem, por meio de uma linha de pensamento, temas comuns na rotina. Por exemplo, o primeiro tópico aborda a questão do descanso. Uma vez que, no dia adia, a quietude existe apenas na hora de ir para a cama.

“Desejo que o tempo dedicado a este livro se torne um momento de reflexão e meditação em meio à sua vida agitada. Desejo que o inspire a se conectar com seu lado mais generoso e sensato. Que você seja feliz, saudável, tranquilo e esteja sempre protegido do sofrimento”, são as palavras que o autor dedicou aos leitores antes que iniciem a obra. Por isso, é a indicação certa para quem está disposto a visualizar a vida com mais sossego.

Onde Comprar:
Submarino

Haemin Sunim é escritor e um dos professores de zen budismo mais influentes da Coreia do Sul, país onde seus livros venderam mais de 3 milhões de exemplares e são considerados obras populares não apenas para meditação, mas para superar os desafios da vida cotidiana..

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!

Alexia Saner
Alexia Saner

tenho 19 anos e ainda acho o meu nome um pouco estranho. Atualmente sou estudante de Jornalismo na Unipampa, em São Borja/RS. Sou apaixonada por Jornalismo Cultural. Se for pra assistir filmes e séries, eu tô dentro. Mas, se for pra ler um bom livro ao som de uma música, eu desmarco qualquer outra atividade.

No comments yet. Be the first one to leave a thought.
Leave a comment

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.