Vídeos Segunda, Quarta e Sexta.   SE INSCREVA

Search

[Blogagem Coletiva] Das cartas que nunca te escrevi: Um email do passado!

Eu confesso que não ia escrever sobre isso quando comecei esse post, tinha deixado ele em rascunho e estava aqui pensando em uma carta para escrever para Dante Alighieri, só que ontem eu recebi um email (quase carta) que me surpreendeu.

Era umas 11h da manhã quando eu recebi um email de mim mesma. Isso mesmo. A Anna do passado me enviou um email  do passado para me lembrar de muitas coisas e me fazer pensar em várias outras.

No dia 24 de setembro de 2013 eu programei pelo Future.me um email que eu receberia hoje, escrevi uma carta conversando coma  Anna que eu seria hoje e enfim, eu REALMENTE esqueci disso. Cheguei até a pensar que era um spam ou virus e não queria abrir a mensagem, pois eu sou tão inteligente que coloquei como título do email a frase: “Lembra de mim?”

 Bem, eu lembrei e essa carta me trouxe muitas coisas legais. Uma delas, poder reparar que por mais que eu mude, acabo sendo a mesma pessoa: a que acredita que vai dar certo, mesmo que tudo esteja muito ruim.

Então é isso pessoal, eu mais do que recomendo que você mande um email para você mesmo. No final do email, a Anna do passado conta para vocês como fazer isso e se surpreender com a pessoa que você realmente é.

Querida futura Anna.

Como você está? Estou te escrevendo esse email do passado, e provavelmente como eu te conheço bem, você levou um susto e ficou super nervosa e não vai conseguir fazer nada enquanto não terminar de ler o que eu escrevi. Ou o que você do passado escreveu o.O

Queria saber o que aconteceu comigo agora ai, aqui as coisas não andam muito bem. Na verdade você andava meio triste e vivia doente. Lembra? Hoje mesmo sua – nossa – garganta começou a doer. Você está trabalhando como social media e anda bem cansada.

E agora, o que nós fizemos? Você conseguiu viajar para a Itália como queria? Espero que não tenha desistido do curso, eu ficaria muito brava.

E o Pausa? Como está nosso bebê? Hoje, aqui em 2013 você ainda não largou tudo para viver do pausa, mas é seu sonho. Você investiu nele? Conseguiu fazer tudo que a gente queria?

21 anos é muita coisa Anna, o que você fez? Arrumou um namorado? Salvou o mundo? Adotou um cachorro?

Eu não sei nem consigo imaginar como você está no momento. Mas quero te dizer que isso não importa. Só espero que você não se importe com o que as pessoas digam, levanta a cabeça sempre guria e LUTA! Você é tão incrível nisso. Eu estou orgulhosa de você por ter aguentado mais um ano, por ser você mesma.

Queria te dar um abraço, dizer que a gente conseguiu! Nós duas seguimos em diante. Hoje pode estar ruim mas sei que somos fortes o suficientes para seguir adiante e ganhar o mundo!

Heim, sei que você pode estar ocupada e ser CEO do Pausa é duro, mas hoje comecei um caminho e quero que você continue. Imagine a próxima Anna lendo suas mensagens e aproveite para escrever para ela no http://www.futureme.org/. Ela pode gostar, nós juntas podemos ajudar a nós no futuro a sorrir em um momento mais triste ou a recordar como chegou até lá!

Anna, você conseguiu. Parabéns!

Essa foi a minha carta para mim mesma. E você? Já fez uma carta para si mesmo? Curtiu essa ideia? Está pensando em fazer algo parecido? Me conte tudo nos comentários! Beijos gatinhas e gatinhos! ?

Ah ps: o tema “Cartas que eu nunca te escrevi, foi um dos temas do rotaroots. Um grupo que ama a blogueiragem de raiz ?

Baci :*

Aproveite para nos seguir nas redes sociais! Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +

10 livros para ler antes do vestibular Halloween: 5 livros de terror na literatura 5 livros para começar a ler clássicos Personagens LITERÁRIOS para inspirar seus personagens de RPG! Ideias para suas mesas de D&D sairem da mesmisse!