Menu
Literatura Nacional

[Blogagem Coletiva] Das cartas que nunca te escrevi: Um email do passado!

Eu confesso que não ia escrever sobre isso quando comecei esse post, tinha deixado ele em rascunho e estava aqui pensando em uma carta para escrever para Dante Alighieri, só que ontem eu recebi um email (quase carta) que me surpreendeu.

Era umas 11h da manhã quando eu recebi um email de mim mesma. Isso mesmo. A Anna do passado me enviou um email  do passado para me lembrar de muitas coisas e me fazer pensar em várias outras.

No dia 24 de setembro de 2013 eu programei pelo Future.me um email que eu receberia hoje, escrevi uma carta conversando coma  Anna que eu seria hoje e enfim, eu REALMENTE esqueci disso. Cheguei até a pensar que era um spam ou virus e não queria abrir a mensagem, pois eu sou tão inteligente que coloquei como título do email a frase: “Lembra de mim?”

 Bem, eu lembrei e essa carta me trouxe muitas coisas legais. Uma delas, poder reparar que por mais que eu mude, acabo sendo a mesma pessoa: a que acredita que vai dar certo, mesmo que tudo esteja muito ruim.

Então é isso pessoal, eu mais do que recomendo que você mande um email para você mesmo. No final do email, a Anna do passado conta para vocês como fazer isso e se surpreender com a pessoa que você realmente é.

Querida futura Anna.

Como você está? Estou te escrevendo esse email do passado, e provavelmente como eu te conheço bem, você levou um susto e ficou super nervosa e não vai conseguir fazer nada enquanto não terminar de ler o que eu escrevi. Ou o que você do passado escreveu o.O

Queria saber o que aconteceu comigo agora ai, aqui as coisas não andam muito bem. Na verdade você andava meio triste e vivia doente. Lembra? Hoje mesmo sua – nossa – garganta começou a doer. Você está trabalhando como social media e anda bem cansada.

E agora, o que nós fizemos? Você conseguiu viajar para a Itália como queria? Espero que não tenha desistido do curso, eu ficaria muito brava.

E o Pausa? Como está nosso bebê? Hoje, aqui em 2013 você ainda não largou tudo para viver do pausa, mas é seu sonho. Você investiu nele? Conseguiu fazer tudo que a gente queria?

21 anos é muita coisa Anna, o que você fez? Arrumou um namorado? Salvou o mundo? Adotou um cachorro?

Eu não sei nem consigo imaginar como você está no momento. Mas quero te dizer que isso não importa. Só espero que você não se importe com o que as pessoas digam, levanta a cabeça sempre guria e LUTA! Você é tão incrível nisso. Eu estou orgulhosa de você por ter aguentado mais um ano, por ser você mesma.

Queria te dar um abraço, dizer que a gente conseguiu! Nós duas seguimos em diante. Hoje pode estar ruim mas sei que somos fortes o suficientes para seguir adiante e ganhar o mundo!

Heim, sei que você pode estar ocupada e ser CEO do Pausa é duro, mas hoje comecei um caminho e quero que você continue. Imagine a próxima Anna lendo suas mensagens e aproveite para escrever para ela no http://www.futureme.org/. Ela pode gostar, nós juntas podemos ajudar a nós no futuro a sorrir em um momento mais triste ou a recordar como chegou até lá!

Anna, você conseguiu. Parabéns!

Essa foi a minha carta para mim mesma. E você? Já fez uma carta para si mesmo? Curtiu essa ideia? Está pensando em fazer algo parecido? Me conte tudo nos comentários! Beijos gatinhas e gatinhos! ?

Ah ps: o tema “Cartas que eu nunca te escrevi, foi um dos temas do rotaroots. Um grupo que ama a blogueiragem de raiz ?

Baci :*

Aproveite para nos seguir nas redes sociais! Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

17 Comments

  • Mariana
    25 de setembro de 2014 at 14:51

    Que lindo, Anna *-*
    Você escreveu com tanto carinho para si que deu vontade de fazer o mesmo.

    Reply
    • Anna Schermak
      25 de setembro de 2014 at 15:11

      Oi Mari! Pois é, acho que sou legal comigo mesma.
      Faça mesmo. Você vai curtir!

      Reply
  • Dayenne Vieira (@ummomentoasos)
    25 de setembro de 2014 at 14:56

    Uau, que incrível. Achei dez a ideia de escrever para o “você do futuro”. Chega a ser surreal, rs.
    Acho que vou tentar. Vai ser interessante levar um susto desse no futuro 🙂

    Um abraço!
    Dayenne Vieira

    Ps: Seu blog é lindo demais!

    Reply
    • Anna Schermak
      25 de setembro de 2014 at 15:10

      Faça mesmo! Você vai adorar quando receber 😉
      Obrigada, eu fico muito feliz quando gostam do Pausa! ?

      Reply
  • Sofia Candicarmo
    25 de setembro de 2014 at 18:01

    Anna! Eu estou escrevendo pra mim do futuro a quase um mês! Vou até Setembro de 2015 e só poderia com mais de 5 anos a partir desta data. Detalhe: minhas cartas estão sendo armazenadas em envolopes devidamente lacrados! Surpresas terei!!!

    Reply
    • Anna Schermak
      25 de setembro de 2014 at 19:33

      QUE FANTÁSTICO ISSO!

      Reply
    • Sofia
      25 de setembro de 2014 at 23:05

      Anna! Estou escrevendo pro meu Eu do futuro a quase um mês! Vou até Setembro de 2015 e só poderei ler daqui uns 5 anos, ou mais. Detalhe: minhas cartas estão sendo armazenadas em envolopes devidamente lacrados! Neles eu coloco postais, desenhos… enfim, lembranças dos meus momentos…Surpresas terei!!!

      Reply
      • Anna Schermak
        26 de setembro de 2014 at 08:34

        Que coisa maravilhosa, aposto que sua “eu” do futuro, vai a-m-a-r!

        Reply
  • Ana
    25 de setembro de 2014 at 18:34

    Nossa, que ideia bacana! E que sistema genial é esse! Não conhecia, é uma versão eletrônica da cápsula do tempo, né? Eu já fiz carta para mim mesma, só que pra Ana adolescente. Seria legal fazer uma carta pra Ana idosa. 🙂

    Reply
  • Glízia
    25 de setembro de 2014 at 20:26

    Ai que ideia bacana! Eu já fiz isso uma vez, com recadinhos no meu caderno de anotações ( não um diário, mas anotações do tipo” exame 14/08 as 15:00″) e como eu tenho o costume de reler todas essas anotações eu encontrava bilhetes do tipo ” Nunca pinte seu cabelo e saia na chuva, sua roupa favorita foi pro lixo”. Resolvi escrever um email para o dia do meu aniversário do ano que vem. Eu só queria poder ver a minha cara quando esse email chegar 🙂

    Reply
  • Natália Oliveira
    25 de setembro de 2014 at 21:21

    Um professor meu fez esse projeto. Nós escrevemos uma carta e ele disse que vai envia -las de volta daqui a 5 anos.
    Não sei como eu reagiria ao receber uma carta de mim mesma. Acho que vou tentar programar um email pra mim 🙂

    Reply
  • Nicolas Ueda
    26 de setembro de 2014 at 12:12

    Legal. O que seria mindblowing mesmo é se a Anna do presente recebesse a resposta da carta da Anna do futuro. Dá um plot de um filme ai… :p

    Isso de escrever/falar com seu eu futuro me lembra bastante um episódio de Cowboy Bebop, em que a personagem, Faye Valentine, grava um vídeo motivacional pra sua eu adulta. Só que o que muda, no caso, é que a personagem é congelada, e acorda no futuro só, meio no esquema Steve Rogers. Imagina o choque.

    Eu não sei se conseguiria fazer isso pra um espaço de tempo curto, acho que menos de 5 anos não rolaria. Eu ia lembrar de tudo que escrevi, e como sou lento não teria mudado muito. Mas uma ideia que acho interessante, é escrever uma carta pra meu filho/neto, que leia ela na mesma idade que eu escreveria. Até porque, se for pensar, nós conhecemos somente as pessoas por um espaço de tempo determinado. Quem ela foi ou vai ser, é impossível saber. 🙂

    Reply
  • adilson
    26 de setembro de 2014 at 12:17

    Anna, nossa amei essa sua blogagem coletiva, tanto quanto a ideia! Tô pensando em fazer uma, mas ainda não sei o que diria ou direi a mim mesmo! Vou pensar um pouco e, fazer uma auto-avaliação de mim, quem sabe assim não me inspiro?! kkkk
    Afinal, não é toda hora que temos a oportunidade de dizer algo para si mesmo e no futuro! Vou indagar aqui com os meus botões e, depois te digo! Tenho algumas dúvidas quanto a como e onde publicar mas, primeiro vou me preocupar em escrever, depois postar! Parabéns mais uma vez pela a excelente ideia de postagem! Abs

    Reply
  • Isabela
    26 de setembro de 2014 at 13:31

    Genteee, que super!
    Quero fazer uma carta para mim… Será que eu consigo?
    Deve ter sido uma delícia ser surpreendida, hahaha!
    E que bom que percebeu que a sua essência de sempre acreditar que vai dar certo permanece em você…
    Beijos!

    Reply
  • Luíza
    31 de janeiro de 2015 at 13:50

    Adoreeeei a ideia, já até escrevi uma carta para o meu eu do futuro! cadalivroumahistoria.tumblr.com

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.