[Cinema] O que achamos de: Resident Evil - Retribuição - Seu site sobre Literatura e RPG

Vídeos Segunda, Quarta e Sexta.   SE INSCREVA

Search

[Cinema] O que achamos de: Resident Evil – Retribuição

Pelo quinto filme consecutivo, Alice ainda é única esperança de salvar o mundo.

Titulo Original: Resident Evil: Retribuition
Diretor: Paul W. S. Anderson
Origem: Alemanha/Canada
Duração: 95min
Ano: 2012

Sinopse: O mortal vírus-T, desenvolvido pela Umbrella Corporation, continua dizimando o planeta Terra e transformando a população global em uma legião de mortos-vivos comedores de carne. A única e última esperança da raça humana, ALICE (Milla Jovovich), desperta no centro de operações clandestinas da Umbrella, e descobre mais segredos do seu passado misterioso conforme se aprofunda no complexo. Sem um porto seguro, Alice continua a caçar os responsáveis pela disseminação do vírus; uma caçada que a leva de Tóquio à Nova York; Washington, D.C. e Moscou; culminando em uma revelação alucinante que irá forçá-la a repensar tudo o que ela acreditava ser verdade. Ajudada por novos aliados e antigos amigos, Alice precisa lutar para sobreviver o bastante para escapar de um mundo hostil que está prestes a ser destruído. A contagem regressiva já começou.

Sinopse Oficial Sony Pictures

Primeiro pensamento ao sair do cinema “Cara, que personagem incompetente”. Já faz 5 anos que a bendita da Alice, é a única salvação do planeta. Todo santo filme é a mesma mamata. A Mulher acorda num lugar, sem saber de muita coisa e tem que escapar. No meio do caminho topa com uns projetos de zumbi, mata uma tonelada de gente, e no final ela acaba tomando uns tabefes e perdendo a consciência. Aí, só no próximo filme. O mais legal é, no próximo filme os caras ressuscitam metade do elenco.

Sábado, fui todo alegre e pimpão ao Imax, conferir o filme. Com um velho pensamento batendo aqui. “Agora vai! Ela vai descobrir a parada toda e isso vai terminar”. Só que não.

Já de inicio, se perde meia hora de filme, onde Alice conta tudo o que aconteceu nos anteriores. Isso, já mostra que o roteiro não é lá muito bom e tiveram que acrescentar abobrinha pro filme ter uma duração maior. Pelo menos fizeram um trabalho 3D bacaninha nessa parte.

Então temos a clássica cena da Alice fugindo do complexo da Umbrella. A coisa ta tão, mais tão artificial que me senti assistindo Tron Legacy. E temos também em algumas cenas no complexo, uma referência aos ângulos de câmera do  videogame.  Ponto positivo.

Então o filme se desenrola. Temos pelo caminho os zombies que são quase como super-atletas (Os caras correm como loucos, são super ágeis e tal. Tem até um exército russo zombie disciplinado armado até os dentes), sinto que deram uma pisada fora da casinha aí. Zombie é zombie, poxa. Anda arrastado, grunhe, é todo esfarrapado. Zombie não tem tentáculos na boca, não anda armado e não tem disciplina!

Some isso à más atuações dos personagens, um texto pobre, e nada de respostas a história de Resident Evil e você tem um filme ruim.

Aí, vai ter gente falando “Ah, mas o RE é pra ir ver pancadaria, tiro explosão e zombies!” – Legal! Mas acontece que quem acompanha desde o primeiro já viu tudo isso! Tá na hora de ter um desfecho pra isso. Tá certo que algumas coisas foram respondidas, mas ainda tá muito superficial. E o roteiro está começando a ficar confuso. Essa coisa do entretenimento não funcionou para RE. Funcionou como uma luva para Mercenários 2. Não me venham com esse argumento que aqui não vai pegar.

Resumindo. Fiquei decepcionado com o filme. Só não fiquei mais ainda, porque fazia algum tempo que não ia a uma sessão 3D bacana do Imax. Pelo menos isso, os caras fizeram direito.

Ah, um detalhe. O filme foi a melhor estreia do fim de semana arrecadando 21 MILHÕES de dólares. E muita gente (pra não dizer maioria), compartilha da minha opinião. Ou seja, muita gente arrependida de gastar uma grana pra ver o filme.

E estreando o método Pausa para um café de avaliação por xícaras de café, este leva 2 xícaras de café amargo.

Até a próxima pessoal.

 

5 LIVROS PARA FICAR OBCECADO 5 LIVROS QUE TODO CREATOR DEVERIA LER 10 livros para ler antes do vestibular Halloween: 5 livros de terror na literatura 5 livros para começar a ler clássicos