Menu
Cinema

[Coluna do Ph!] O que achamos de: Sombras da Noite

Grande elenco trás de volta a esquisitice adorada de Tim Burton.

Titulo Original: Dark Shadows
Diretor: Tim Burton
Origem: EUA
Duração: 113min
Ano: 2012

Sinopse

No ano 1752, Joshua e Naomi Collins, com seu filhinho Barnabas, saem de Liverpool, Inglaterra, para começar uma vida nova nos EUA. Mas nem mesmo um oceano foi o bastante para fugirem da maldição misteriosa que atormentava a família. Duas décadas depois, Barnabas (Johnny Depp) tem o mundo aos seus pés, ou pelo menos a cidade de Collinsport, Maine. Dono da Mansão Collinwood, Barnabas é rico, poderoso e um playboy inveterado… Até que ele comete o grave erro de partir o coração de Angelique Bouchard (Eva Green). Angelique, uma bruxa em todos os sentidos, o condena a um destino pior do que a morte: o transforma em um vampiro e depois o enterra vivo.

Dois séculos depois, Barnabas é libertado por engano de seu túmulo e entra no mundo bastante diferente de 1972. Ele volta à Mansão Collinwood para descobrir que a sua propriedade, outrora grandiosa, está em ruínas. Os integrantes problemáticos da família Collins que restaram se saíram um pouco melhor, cada um guardando seus próprios segredos sombrios. A matriarca Elizabeth Collins Stoddard (Michelle Pfeiffer) contratou a Dra. Julia Hoffman (Helena Bonham Carter) como psiquiatra em tempo integral para ajudá-la com os problemas de sua família.

Sinopse oficial da Warner

     Tim Burton vem neste filme tentar a releitura da série dos anos 60 apresentada pela ABC e juntar nele pedaços de seus outros filmes, como uma releitura do passado.  Como sempre o romantismo monstruoso, o gótico e a monocromia das cores dos filmes de Burton estão presentes; A trama até parte de uma premissa interessante, mas não se afasta muito da série, e ainda deixa pontas soltas por falta de tempo para amarrá-las.

Warner Bros/Divulgação

     Johnny Depp, Michelle Pfeiffer, Helena Bonham Carter, Eva Green. TIM BURTON.  Só pode sair coisa boa daí né? Só que, não.Dark Shadows foi mais uma das decepções cinematográficas de 2012.  Quando eu vi o elenco, a produção e a direção, logo pensei que veria um grande filme no cinema. Okay, não vou ser tão cruel. Ele tem lá seus encantos, mas ofuscados. O filme simplesmente não tem cara de cinema. Tem cara de produção pra tv. É apenas um grande apanhado de piadas e contraposições com as idéias culturais de época , e não o que a sua idéia original pretendia passar.

Warner Bros/Divulgação

     A atuação de Depp como Barnabas Collins (ou será um cover de Michael Jackson?) conseguiu passar ao personagem uma identidade unica mas não demonstrou todo o esplendor e capacidade do ator. Pontos para Eva Green que estava deslumbrante no papel da bruxa Angelique, e para Michele Pfeiffer que me lembrou muito a Pam (Kristin Bauer) de True Blood. Destaque para a música que foi acertada por Danny Elfman e a no mínimo engraçada participação da banda Alice Cooper.

     Insisti com a @chacomcookies mais de uma vez pra irmos ver. Ela dizia que o filme não chamava a atenção dela. Poisé, ela tinha razão. Vale a pena ver se não tiver nada melhor passando, haha.

Um filmão de sessão da tarde.

Nota: 6/10

Mais informações aqui.

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

2 Comments

  • Alyne Cardoso
    8 de julho de 2012 at 18:17

    Eu estava justamente discutindo com minhas amigas qual filmes iriamos assistir no cinema, eu sugeri este mas acho que pela sua resenha iremos assistir "Branca de Neve o caçador".

    Passa no meu blog? http://www.livrosedesejos.blogspot.com.br

    Reply
  • Amanda Melanie
    16 de julho de 2012 at 19:35

    Sou fã louca e assumida do Johnny Depp. E já assisti a todos os filmes de parceria Depp + Burton. Confesso que este não me agradou em quase nada. A única parte boa é poder ver o Johnny na telona. Odiei a maior parte do filme. Eu esperava comédia e, ao invés disso, o filme foi muito sem sal.
    Lógico que meus favoritos Depp + Burton são Ed Wood e Sweeney Todd. Os dois foram geniais!
    Esses caras tem capacidade para fazer melhor e espero que a próxima parceria não me decepcione.
    A atuação da Michelle foi ótima… Só não gostei da filha dela, a lobisomem kkk que tipo daquilo (?)
    Acho que é isso.

    Beijos,
    Amanda Melanie
    Literatura em Série

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.