Menu
Top5

Conhecendo pessoas através de livros, filmes e séries

Que tal conhecer pessoas através da literatura, do cinema e de séries? Vamos conversar sobre intelectuais, uma militante do movimento LGBT e uma comediante que apresenta um programa de culinária na Netflix enquanto recomendamos conteúdo literário e audiovisual. 

Lélia Gonzalez é uma das maiores intelectuais que o Movimento Negro Brasileiro teve o prazer de ter como liderança. Formada em História, Geografia e Filosofia, despertou da sua condição de mulher negra com a morte do seu marido. Lélia Gonzalez – O Feminismo Negro no Palco da História, escrito por Sueli Carneiro, é uma biografia que conta os feitos da filósofa que abandona (mesmo dando aula na universidade) a linguagem acadêmicista para falar com as pessoas de igual para igual.

A linda edição dessa obra do Projeto Memória traz fotos de Lélia com grandes personalidades, como Angela Davis e Abdias do Nascimento. Recortes de jornais, entrevistas e artigos da Lélia completam o acervo bibliográfico. Ideal para quem deseja conhecer uma pessoa inspiradora.

Seguindo a linha de intelectuais negros é preciso mencionar Frantz Fanon. Muitas vezes o casamento interracial vem sendo criticado em pleno século XXI. Mas em 1952 Fanon já debatia o assunto com maestria em Pele Negra, Máscaras Brancas. Nessa obra ele se debruça no que seria sua tese de doutorado e analisa o comportamento dos martinicanos.

Necessário ressaltar que Fanon escreve uma obra “local” que pode gerar dificuldades na leitura. Mas sua análise de como uma pessoa negra modifica sua linguagem e decide que só pode ter relações matrimonias com uma pessoa branca para ascender socialmente estão atuais com o processo de embranquecimento.

Se gosta de um bom filme pegue a pipoca para ver A Morte e a Vida de Marsha P. Johnson. Esse documentário mostra a vida, a luta e a indecifrável morte de uma das líderes do Movimento LGBT+ dos Estados Unidos. Uma mulher trans que lutou pelos direitos da sua comunidade. Com ousadia Marsha denúncia o apagamento de tudo que não é gay, lésbica ou bissexual dentro do movimento LGBT+.

Marsha infelizmente não recebe toda notoriedade merecida e nem é relacionada com a rebelião de Stonewall. Neste documentário de 2017, dirigido por David France, acompanhamos Victoria Cruz em busca de respostas. Ela realiza investigações e entrevistas com pessoas ligadas a Marsha, incluindo Sylvia Rivera.

Se você pretende dar risadas conheça Nicole Byer! A comediante apresenta uma competição culinária da Netflix chamada Mandou Bem! (Nailed It!). Nessa competição os participantes precisam fazer sobremesas e bolos incríveis que eles com certeza não vão realizar com perfeição, já que o Mandou Bem! seleciona os piores e não os melhores confeiteiros.

Nicole grita, pula, faz caras e bocas não permitindo ninguém cozinhar ou assistir o programa sem dar uma boa gargalhada a cada sessenta segundos. São três temporadas e um uma versão especial do programa com episódios relacionados ao Natal e Ano Novo. Todos com a participação da Nicole Byer!

About Author

Comandante do Flexibilidade e Amor e criador de conteúdo em todos lugares possíveis. Caminha a 17 anos e sonha em ser imortal. Amante de tudo que pode ser amado, apaixonado por Glee e seres humanos. Cria conteúdo porque tem necessidade de contar o que descobre, compartilhar tudo que gosta e ter o direito de opinar. Pessoa maravilhosa!

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.