Menu
Literatura

Leitura conjuta: The Witcher

Você também se empolgou com a série da Netflix e ficou interessado em começar a ler os livros da série do Gerald de Rivia? Nós também!
E por isso eu montei um cronograma para fazer uma leitura conjunta da série polonesa escrita por Andrzej Sapkowski!

A ideia é começar no dia 01 de janeiro e ir até 19 de agosto e ler TODOS os livros da série que são um total de 8 livros. Ao final de cada leitura teremos um vídeo no @pausaparaumcafe com a discussão COM e SEM Spoiler.

No momento deste post os livros da série estão com 30% de desconto na AMAZON (a versão em eBook) CONFIRA AQUI: https://amzn.to/2Qj0rWw

a promoção pode acabar a qualquer momento.

Eu irei atualizando esse post com dicas de promoções e resenhas publicadas no Pausa Para um Café. Caso você também faça resenha do projeto em seu canal ou blog, compartilhe com a gente nas redes sociais ou comentários para que eu possa incluir aqui na postagem!

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

3 Comments

  • […] O primeiro projeto consiste em ler os 8 livro da série The Witcher, que foi escrito por volta dos anos 80 ~ 90, chegaram ao Brasil em 2012 após o sucesso dos Games e fizeram sucesso em 2019 por causa da adaptação da Netflix, rs. Essa empreitada está sendo organizada pela Anna, do blog Pausa para um café e você pode conferir o post de abertura AQUI. […]

    Reply
  • Jakk
    6 de janeiro de 2020 at 03:53

    Minha nossa, quando eu comecei a ouvir o audiobook eu não estava esperando que o mundo do The Wicther ia me agarrar desse jeito.
    A série da Netflix é uma boa série, mas depois de ouvir Sangue dos Elfos e O Último Desejo (sim, acidentalmente comecei pela ordem errada) ficou bem claro que a série não está aos pés do material de origem.
    É uma pena que O Sangue dos Elfos ficou em terceiro da lista de leitura, já que eu acho que ele encaixa muito melhor como introdução aos livros para quem acabou de assistir a série.

    Ficam bem claras algumas inspirações que o autor tira de Elric de Melniboné : O personagem principal que é um anti-herói, tratado como um monstro pelo povo, que tem cabelos brancos e usa drogas que são letais para pessoas normais mas realçam os seus poderes. Sem falar que ambos são chamados de Lobo Branco hahaha.
    Mas a escrita do livro fica confortavelmente entre o pulp de Elric e as descrições mais…extravagantes? de O Senhor Dos Anéis ou As Cronicas De Gelo e Fogo.
    Eu mal posso esperar para ver a opinião do pessoal quando chegar no Sangue dos Elfos. Já posso dizer que a Siri é de longe a minha personagem favorita. As interações dela com cada personagem é tão interessante e divertida.
    Eu ri tanto vendo ela lidar com os bruxos em Kaer Morhen, só conseguia imaginar “Quatro Bruxões e um Bebê”.

    É tão raro me dar vontade de falar sobre um livro mas eu sei que nos próximos dias eu vou acabar ouvindo o resto da série e estou super ansioso para saber a sua opinião e a dos leitores hahaha.

    Reply
  • NADIA
    28 de janeiro de 2020 at 14:41

    Nenhuma obra adaptada, infelizmente consegue ser tão completa como a obra original, diga-se de passagem os filmes do Senhor dos Anéis foram muito bons, porém não tem a mesma profundidade dos livros, a mesma coisa com Harry Potter.

    Eu estou adorando ler os livros da saga The Wicther

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.