Menu
Séries

Momento Netflix! Hemlock Grove vs House of Cards

Como assim a Anna vai falar de séries também?

Calma… vou sim, mas só nessa “sessão especial”. No mês de Abril eu contratei a Netflix, tenho tv por assinatura em casa mas meus horários não coincidem com a programação bacana da TV, então quando sua única opção é assistir Game of Trones na noite de domingo e perder todo o resto das suas séries e programas legais, eu resolvi que a facilidade de assistir tudo no meu notebook deitada na minha cama era muito melhor para mim.

Estou gostando do serviço e por enquanto está aprovado, então para me obrigar a usar o serviço vou começar a partir de hoje duas séries no blog. A primeira dela é esse “Momento Netflix” aqui em séries, onde felarei sobre as novas séries feitas exclusivamente para o “canal”. A segunda é o “Momento Independente” em cinema, onde vou comentar os filmes independentes que eu assistir.

Assim vocês também podem contar com dicas legais que podem ser assistidas em um clique! Que tal?

Hoje para dar início a sessão, vamos falar de Hemlock Grove e House of Cards, eu assisti as duas séries, e agora vamos comentar sobre as duas séries.

Hemlock Grove

Em uma decadente cidade siderúrgica na Pensilvânia, é descoberto o corpo destroçado de uma jovem. Enquanto a cidade procura pelo monstro responsável pela tragédia, os residentes passam a ser vistos como suspeitos, da nova família de ciganos até o rico clã dos Godfrey. No mundo obscuro de Hemlock Grove, todos têm segredos obscuros. Do diretor Eli Roth (“O albergue maldito”) chega uma nova série sobrenatural e cheia de mistério baseada no livro de Brian McGreevy.

Me interessei pela série só pelo “baseada no livro” e incrivelmente os 50 e poucos minutos do episódio inicial se passaram bem rapidamente, ao contrário de Game of Trones que eu sempre acho que a série está ocupando muito tempo da minha vida (mas continuo gostando muito da série). A série começou em 9 de fevereiro desse ano e fechou a primeira temporada com 13 episódios que vocês podem assistir online em inglês, português ou espanhol.

A série chama a atenção em seu primeiro episódio pois não responde nenhuma pergunta, obrigando consequentemente que você assista novos episódios para tentar compreender um pouco de todo o universo fantástico da série. A série é baseada no romance de McGreevy, Hemlock Grove, que foi lançado em 27 março de 2012 e apesar de não conhecer a história acho que ela pode ter um bom enredo para ser desenvolvido. A série pode ser sucesso, acho que toda a produção contribui para o clima sobrenatural da série e gostei de como foi filmado o assassinato do primeiro episódio, ele conseguiu gerar aquele momento “virada de rosto” .

Um problema grava que achei na série é a motivação, não consegui me sentir cativada por nenhum personagem. Nenhum MESMO, é triste isso. Me senti sendo enganada com personagens bonitinhos para assistir a série e sinto que futuramente isso pode ser um tiro no pé da série, onde se pode simplesmente fugir do roteiro para focar nos dois personagens principais.

Mas infelizmente a série não faz o meu estilo, o meu máximo de sobrenatural é Once Upon a Time. Prefiro séries mais reais e as séries policiais são as minhas preferidas. Então assistirei mais um episódio, ver o que acho e se consigo far uma chance, mas pessoalmente eu não enfrentaria acompanhar a série, ela é algo mais para ver em um feriado quando todas as suas séries estão paradas.

House of Cards

Astuto e inescrupuloso, o congressista Francis Underwood (vencedor do Oscar® Kevin Spacey) e sua esposa Claire (Robin Wright) são implacáveis na busca pelo poder. Esta instigante série política entra no mundo de ganância, corrupção e sexo de Washington. Kate Mara e Corey Stoll também atuam na primeira série original de David Fincher, de  (“A rede social”) e Beau Willimon.

A serie também estreou no dia 01 de fevereiro desse ano e fechou sua temporada em treze episódios. Na minha opinião foi muito melhor que Homlock Grove, não apenas pela direção de David Fincher, que eu gosto muito. Mas por um motivo muito simples, a série traz uma técnica que eu gosto muito que é a interação com o telespectador, onde o personagem principal fala diretamente com você.

Isso é muito interessante e quebra vários momentos de tensão da série, criando uma ligação com o personagem Francis e quem está assistindo, sendo muitas vezes confidente e cúmplice de tudo que está acontecendo.

Algo muito mais promissor e mais sério que Homlock Grove e que pode fazer valer muito mais o tempo que você vai dedicar a série. Com uma proposta de muita intriga, mentiras e falsidade a série me ganhou no primeiro episódio e vou conferir mais alguns. Ah, antes que eu esqueça, você também pode ver a série em inglês, português ou espanhol e os episódios duram em média 50min.

Agora me diga você, qual prefere, Homlock Grove ou House of Cards?

165471_527425427314255_1847195509_n

 

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

4 Comments

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.