Menu
Literatura Nacional

O amor não que não tem leis nos livros de Camila Moreira.

O primeiro e o segundo volume de “Amor Não Tem Leis” estavam aqui em casa na pilha de livros recebidos faz um bom, mas um bom tempo mesmo. Como o gênero não chega nem perto do meu preferido eu esperei para ler.

Aproveitei as férias para ler algumas leituras que estavam atrasadas e eles foram as primeiras vítimas. Aproveitei que fazia pouco tempo que eu tinha falado da trilogia erótica italiana da Irene Cao para vocês e comecei a ler todos do gênero que estavam por aqui para poder comentar e fazer as resenhas no blog. “O Amor Não Tem Leis” me chamou a atenção por ser de uma autora nacional.

 O Amor Não Tem Leis traz a arrebatadora história de um homem e uma mulher que buscam, acima de tudo, o prazer, mas que quando colocados frente a frente terão de aprender a lidar com sentimentos até então desconhecidos para eles. O que esperar desses dois? O amor será capaz de transformá-los?

Em O Amor Não Tem Leis: O julgamento Final, o Dr. Alexandre Ferraz tem em mãos o caso mais difícil de sua vida: conquistar o amor de uma mulher determinada a não amar. 

IMG_1697

Como já disse, não sou a maior fã do gênero. Acho divertido ler coisas que fogem da minha zona de conforto e mais interessante ainda ler livros que todos estão gostando e estão vendendo muito. Sempre procurei entender o que as pessoas gostam, o que as fazem comprar x ou y e como tal coisa chega ao gosto popular (acho que é culpa da faculdade de marketing). Mas eu li e agora vou comentar de forma geral sobre os dois volumes.

Camila Moreira segue o padrão do gênero, escrevendo sobre um casal fácil de gostar e com muita química. Cenas bem descritivas e uma trama que combina muito com os livros do gênero, até um pouco previsível demais por seguir este padrão.

Sinceramente eu não gostei do livro como um todo, mas não sou o público e vi muitas resenhas positivas sobre a história então comecei a ler as resenhas para ver o ponto de vista de algumas pessoas e posso dizer que concordo muito com alguns. O casal é realmente apaixonante e apesar da escrita leve e fácil ser um ponto negativo para mim, para outras pessoas isso cativa e para quem não está acostumado a ler livros de forma muito rápida, isso ajuda para ter uma leitura mais tranquila e fluída.

Um ponto positivo de “Amor Não Tem Leis” é não ser uma trilogia. Fugir do padrão de contar uma história que poderia ser bem melhor em três livros não me agrade e nesse ponto a Camila acerta na quantidade de história. Ela também conseguiu desenvolver de forma interessante outros personagens que fazem parte da história como os amigos e familiares do casal.

Em suma, “O Amor Não Tem Leis” é um livro para quem gosta do gênero e quer apoiar ainda mais as autoras brasileiras que estão conseguindo seu espaço e escrevendo o que gostam. #ficadica

IMG_1696

ISBN: 9788581052281 | Ano: 2014 |  Páginas: 288 | Editora: Suma de Letras

ISBN: 9788581052373 | Ano: 2014 | Páginas: 263 | Editora: Suma de Letras

A autora Camila Moreira é  brasileira e em 2015 lançará mais um livro pela editora Suma de Letras, para saber mais sobre 8 segundos, confira o post no PausaNews.

editoras

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR 

Baci ;*

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook Instagram Twitter Tumblr Google + ? Pinterest Youtube ?Blogvin Flickr

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

2 Comments

  • Thaís
    20 de janeiro de 2015 at 21:53

    O gênero erótico também não é o que mais me encanta, mas ainda assim gosto de conferir coisas novas para ter minha própria opinião, como aconteceu em 50 tons de cinza. Não foi meu livro favorito, mas no final das contas descobri como esse tipo de literatura encanta as pessoas.

    Reply
  • Nica
    22 de janeiro de 2015 at 12:54

    Olá Anna!!!!
    Eu confesso que curto o gênero, mas achei a Camila bem mais apimentada que outras autoras nacionais rsrs
    Ainda não li o segundo volume, mas concordo com alguns pontos que você levantou sobre ser uma escrita muito leve e fácil. Além de gostar de incentivar nossos tesouros nacionais, acredito que a Camila tem ainda grandes chances de se tornar uma das queridinhas do público feminino. Além da escrita fácil, as personagens cativantes, a própria autora é uma simpatia só e acaba por nos fazer gostar, mesmo sem ler, das suas histórias pela forma com que aborda as mesmas.

    Beijos
    Nica

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.