O Perfuraneve, a Graphic Novel que inspirou o filme “O Expresso do Amanhã”

17 de fevereiro de 2016

Eu sei, todo mundo já falou sobre Perfuraneve, mas eu precisei do meu tempo pra isso. Aproveitei que a leitura do mês do Vórtice Fantástico de Curitiba seria a Graphic Novel e o livro “Androides sonham com ovelhas Elétricas?” e deixei minha leitura mais cheia de ficção científica começando com a história francesa.

Criada em 1982 com roteiro de Benjamin Legrand saiu o primeiro quadrinho que teve continuação publicada apenas em 1999 e 2000. Em 2013 foi adaptada para o cinema com direção de Joon-Ho Bong e contou com Chris Evans e John Hurt no elenco e em 2015 chegou no Brasil nessa edição linda publicada pela editora Aleph com extras, capa do filme (removível) e capa original.

IMG_5364      IMG_5366
A Graphic Novel Perfuraneve é dividida em 3 partes e conta a história do trem  Perfuraneve que em um futuro onde a Era do Gelo é a única certeza daqueles poucos humanos que sobreviveram, cruza longos caminhos sendo o último bastião da civilização.

Em poucas páginas já conseguimos compreender muito do sistema utilizado dentro do trem para separar as pessoas em vagões. E isso contribui para que em um cenário diferente tenhamos uma discussão importantíssima que pode ser levada para os dias atuais com muita facilidade.

O Perfuraneve foi um pouco cansativo para mim. Talvez o ideal seja ir aos poucos e não ler em apenas uma sentada como eu tenho mania de fazer. Mas mesmo achando que a história não acabaria nunca, conseguimos em qualquer um dos três volumes visualizar como a estrutura começou a ruir desde o primeiro momento.

IMG_5365    IMG_5367

Discutindo política, religião, sociedade e futuro, O Perfuraneve consegue cumprir com tudo que promete, ganhando muito destaque para a profundidade que alguns assuntos são discutidos e apresentados ao leitor. É impossível falar que não tem como compreender. Tudo é muito bem explicado na história.

A edição brasileira é um presente ao leitor com seus extras sobre o projeto, com ilustrações lindas e explicações sobre a concepção da obra. Para quem gosta de histórias de ficção científica com uma profundidade social, a graphic novel é uma escolha perfeita!
IMG_5368

IMG_5369

ISBN-13: 9788576572121 | ISBN-10: 8576572125 | Ano: 2015 | Páginas: 280 | Editora: Aleph

Jacques Lob, nascido em Paris em 1932, apaixonou-se desde cedo pela literatura ilustrada. Depois de começar como desenhista de cartuns e ficção científica, ele deu início a uma carreira de roteirista e colaborou com Georges Pichard a partir de 1964 na revista Chouchou, depois na Pilote (Submerman) e na V Magazine (Blanche épiphanie). Nos anos 1980, ele idealizou para a revista (À Suivre) a saga de ficção científica.

{ Esse livro foi enviado pela editora Aleph para resenha no blog. Em compromisso com o leitor, sempre informamos toda forma de publicidade realizada pelo blog

CLIQUE AQUI PARA COMPRAR 

Baci ;*

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +  ? Pinterest Youtube  ?Blogvin Flickr

Join the Conversation

  1. Assisti esse filme semana passada e achei muito foda! Bom saber que é baseada numa Graphic Novel, tava por fora. Curti muito a resenha e adoro o blog! <3

    Beijos, até a próxima!
    digaileitoresblog.blogspot.com

    1. Eu tentei começar a ver ele, mas não tava no clima e acabei desistindo na metade. Parece que a GN é muito mais rápida. Vou dar uma chance pra ele de novo depois do seu comentário <3

      Obrigada pelo carinho, Raquel (adoro esse nome!)

  2. Tô pra assistir esse filme faz bastante tempo, mas sempre acabo assistindo outra coisa. Agora fiquei bastante curiosa pela Graphic Novel,ótima dica. =)

    1. Aproveita pra ler antes de assistir 😀

  3. Eu gosto dessa graphic, mas acho a primeira parte superior às outras. 🙂
    Anna, amei as fotos. Ficaram incríveis. Vc tem muito cuidado na hora de fotografar e tratar.
    Bjs

    1. No Vortice o pessoal curtiu bastante dela. Também gostaram mais da primeira do que das outras 😀

  4. Uma das Gn’s que mais namoro. Eu vi a série e amei muito, aliás, preciso começar a ver a segunda temporada.
    A única parte ruim(minha opinião) que eu acho é que eu quando pego uma Graphic, demoro mais para ler rs e deveria ser o contrário.
    Eu amo as ilustrações, aí fico parada, admirando!rs
    Beijo

    Angela Cunha/O Vazio na Flor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Like
Close
Copyright © 2021 Pausa Para um Café
Made with by Loft.Ocean. All rights reserved.
Close
Podcasts sobre literatura para ouvir hoje! Os Melhores Livros que eu li em 2021 O espaço de trabalho de escritores famosos Livros para quem gostou de “A Filha Perdida”. QUAL MELHOR RPG DE MESA PARA INICIANTES?