Vídeos Segunda, Quarta e Sexta.   SE INSCREVA

Search

O que achamos de: 007 Operação Skyfall

Calma, prometo que não vou mudar de área e ficar vindo aqui fazer resenhas de filmes enquanto o Ph faz as de livros.
É, algumas mudanças acontecem, mas essa não é algo que vá acontecer sempre.

Então vamos lá.

 Elenco: Daniel Craig, Ralph Fiennes, Javier Bardem, Bérénice Marlohe, Naomie Harris, Judi Dench, Helen McCrory, Ben Whishaw, Tonia Sotiropoulou.

Direção: Sam Mendes

Duração: 143 min.

Distribuidora: Sony Pictures

Sinopse: Em ‘007 – Operação Skyfall’, a lealdade de Bond a M é testada quando o seu passado volta a atormetá-la. Com a MI6 sendo atacada, o 007 precisa rastrear e destruir a ameaça, não importando o quão pessoal será o custo disto.
Depois do fracasso da última e fatídica missão de Bond, quando a identidade de vários agentes secretos espalhados pelo mundo é revelada, ocorre um atentado à sede do MI6, obrigando M a transferir as instalações do seu quartel-general. Devido a esses eventos, a sua autoridade e posição se verão ameaçadas por Mallory (RALPH FIENNES), o novo presidente da Comissão de Inteligência e Segurança. Agora, com o MI6 sob ameaças tanto externas quanto internas, só resta a M um único aliado em quem ela pode confiar: Bond. O agente 007 desaparece nas sombras – auxiliado por uma única agente de campo, Eve (NAOMIE HARRIS). Juntos, eles seguirão a pista do misterioso Silva (JAVIER BARDEM), cujas motivações letais e obscuras ainda estão por se revelar.

O filme inteiro vale a pena, e vale mais a pena pelo final surpreendente. 

Confesso que fui assistir o filme só porque alguém queria muito ir ver. Então, já que tinha o Fiennes no elenco eu resolvi que seria uma boa opção.
Nunca fui “A FÔ de 007, minha mãe é, mas isso parece não ser genético, então…
Então que eu realmente não queria ver o filme porque não gosto de 007 loiros, não combina e ponto final.

Okay. Eu estava errada.

Daniel Craig meu bem, que espetáculo você estava nesse filme.  Posso estar completamente errada mas, eu completamente entrei no clima James Bond com esse filme. Sai do cinema alucinada com as cenas de ação.

Daniel conseguiu me provar que ele pode SIM ser um James Bond loiro e conseguiu me conquistar.

O filme não é apenas mais um ação para se ver no cinema com várias cenas de perseguição alucinantes. Ele é dramático, sentimental (que gay esse jeito de descrever o filme, não?), e eu não me aguentei, fiquei sim com o coração pesado com a cena principal, a qual comentei em minha “frase de impacto”.

Ele trás um questionamento muito importante para essa etapa da “saga 007”. A evolução, a tecnologia, o que tudo isso pode melhorar nos velho modo de ser um agente secreto, e até que ponto os velhos métodos são melhores que os atuais.

O filme é bom e ponto final!
Apesar de não gostar da musica da Adele, ficou meio méh (e agora eu vou ouvir um monte do Ph por criticar a Adele).

Mas, o encanto do filme ainda se estende aos outros personagens na trama. Q me conquistou dês da sua primeira aparição, mas Kincade me tirou várias risadas durante a sua primeira cena. Que personagem incrível, ninguém conseguiu me convencer tão bem que era o personagem como ele. Nem a M que é uma das minhas personagens preferidas de 007 foi tão boa quanto ele.

Então, para acabar deixo apenas uma imagem, que para quem viu vai entender totalmente o minuto de silêncio que precisamos ter agora. Porque realmente esse final foi muito bom!

 

10 livros para ler antes do vestibular Halloween: 5 livros de terror na literatura 5 livros para começar a ler clássicos Personagens LITERÁRIOS para inspirar seus personagens de RPG! Ideias para suas mesas de D&D sairem da mesmisse!