Menu
Cinema

O que achamos de: TED

Piadas ácidas e irreverência de um urso de pelúcia.



Titulo Original: Ted
Diretor: Seth MacFarlane
Origem: EUA
Duração: 106min
Ano: 2012

Sinopse: É Natal e o pequeno John tem apenas um pedido a fazer ao Papai Noel: que seu ursinho de pelúcia, Ted, ganhe vida. O garoto fica surpreso ao perceber que seu pedido foi atendido e logo eles se tornam grandes amigos. John e Ted crescem juntos e o urso de pelúcia se torna bastante mal humorado com a idade. Já adulto, John (Mark Wahlberg) precisa decidir entre manter a amizade de infância ou o namoro com Lori Collins (Mila Kunis).

Já faz um tempinho que o filme saiu dos cinemas. Relutei em ir ver  época e resolvi ver então por esses dias. E o bacana, é que o filme é surpreendentemente bom para uma comédia.

Seth MacFarlane resolveu sair das telinhas e encarar as telonas. Esse é o primeiro longa do criador de Family Guy, série americana de grande sucesso na TV. A transição entre os dois suportes de imagem nunca é fácil, apesar das semelhanças entre a tv e o cinema. E Seth ainda escolheu o caminho das pedras para trilhar: Ele mesmo escreve, dirige produz e ainda por cima atua no filme, como voz e movimentos (capturados em mo-cap) do querido Ted.

Ted traz as telonas o humor ácido que vemos na Tv. Uma escolha de alto risco feita pelo diretor, mas acertada em muitos aspectos. E MacFarlane é conhecido justamente pela sua alcunha humorística que é exibida com fervor em Family Guy. Esse mesmo humor trouxe ao filme algumas críticas mais severas, mas nada que pudesse abalar o seu sucesso e o funcionamento do filme como comédia.

O filme também traz muita polêmica. Há citações com celebridades, piadas com o acontecimento de 11 de setembro, cenas de sexo que envolvem o pequeno urso de pelúcia. Muita gente acabou por ir as salas de cinema esperando uma comédia mais light com um urso de pelúcia e acabaram encontrando outra coisa. Até aqui no Brasil houve o caso de um deputado que levou o filho pra ver o filme e depois queria censurar a exibição do mesmo por julgar algo impróprio e que fazia apologia ao uso de drogas. O filme foi classificado para maiores de 16 anos (O filho do dito deputado tinha 11; Sem comentários).

Apesar de todos os apesares, Ted, se sobressai como uma boa comédia e Seth MacFarlane cumpriu bem a sua parte ao mostrar o seu modo ácido de fazer humor sem alterar o que já o faz conhecido pelo mundo. As pequenas falhas no roteiro e alguns personagens que seriam descartáveis ou são pouco explorados, não conseguem tirar tanto a atenção do espectador do principal.

Humor negro e inteligente. Ted leva 3,5 xícaras de café com pipoca, pela audácia e coragem do diretor.

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

8 Comments

  • Fernanda Yano
    4 de dezembro de 2012 at 18:45

    Tinha uma visão diferente desse filme, a resenha passou mais informações e deu pra ter uma idéia melhor melhor de como é o filme. Não tive muito interesse.

    Reply
  • Amanda Faustino
    4 de dezembro de 2012 at 20:52

    To super querendo assistir esse filme. Parece ser tão legal…

    Beijos,
    Mandi – Book and Cupcake.

    Reply
  • Fernanda Faria
    5 de dezembro de 2012 at 01:35

    Eu adorei esse filme, achei que seria super tosco, mas eu adorei demais *–* Ri horrores. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

    Reply
  • Layse Hana
    6 de dezembro de 2012 at 00:07

    Não tenho interesse algum em ver esse filme, ate agora só vi todo mundo falando que é super legal e tal mais não tenho vontade de ver!

    xoxo

    Reply
  • Juliana Xavier
    9 de dezembro de 2012 at 02:34

    Ok, o que foi aquela musiquinha do trovão? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… Amei!!! rs…

    Mas esse negócio de cenas de sexo envolvendo o urso faz com que eu desconsidere a vontade que senti de ver.

    E esse deputado… que atitude idiota ele teve!! hahahahaha….

    Reply
  • Thaty
    9 de dezembro de 2012 at 23:31

    Não vi o filme e por mais que falem não tenho vontade de ver, não curto muito comédias assim..

    Reply
  • Gladys Freitas
    11 de dezembro de 2012 at 14:40

    Causou polêmicas esse filme, mas não tenho interesse…

    Reply
  • Carolina Ribeiro
    24 de dezembro de 2012 at 19:15

    O filme conseguiu arrancar algumas risadas minha, mas não posso dizer que ele é bom!! É quase um “besiterol americano” xD
    Eu achei suuuper hilário as piadas e citações a alguns famosos.

    BOAS FESTAS!!

    http://autoracarolinaribeiro.blogspot.com.br/

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.