O que achamos de: The Fundamentals Of Caring

9 de julho de 2016

Um garoto com doença terminal. Um adulto sem perspectiva de vida. Um clichê adolescente. E aventura na estrada.
Esse é mais ou menos o roteiro de The Fundamentals Of Caring, uma produção original da Netflix.

O filme relata a história de Trevor (Craig Roberts), um garoto de senso de humor único, que sofre de distrofia muscular e que passa o tempo todo vendo TV e sonhando eroticamente com a Katy Perry. E de Ben (Paul Rudd), um homem de meia-idade, que ao passar por um grande trauma pessoal, deixou sua carreira de escritor de lado, e em busca de emprego começa a trabalhar como cuidador, sendo Trevor seu primeiro cliente.

Paul Rudd, Creig Roberts, Selena Gomez e Jennifer Ehle estão muito bem em suas performances, porém o enredo não tem nada de extraordinário, é até bastante previsível. Em um determinado momento da trama, Trevor e Ben conseguem construir uma boa relação depois de alguns conflitos e resolvem partir para uma aventura na estrada, em busca do “maior poço do mundo” (WTF?!). Encontrando no meio do caminho Dot (Selena Gomez), uma garota órfã de mãe que tem problemas com o pai e pretende tentar a vida em Denver. Mais adiante socorrem uma moça grávida de um soldado que está no Afeganistão, cujo carro quebrou. Seguindo o estilo “road movie” não é difícil imaginar que muitas aventuras de fato acontecem a partir daí.

A intensão do filme com o apelo dramático da mistura dessas pessoas, todas com alguma história comovente para contar, é passar uma mensagem de autoconhecimento, aceitação, amadurecimento e perdas e ganhos da vida.
Todos esses elementos são característico do gênero, tornando o filme repetitivo e apenas mais um. Mas apesar do roteiro fraco a relação do Trevor e do Ben é bacana, eles tem diálogos engraçadíssimos, satíricos e excêntricos. E essa interação me fez gostar do filme de uma maneira geral.

Se me permitem o conselho, não assista com grandes expectativas, pois se assim for a decepção será iminente. Devemos encará-lo com um bom filme, levemente dramático e razoavelmente engraçado. E pra quem quer assistir algo despretensioso, The Fundamentals Of Caring é a escolha certa.

Direção: Rob Burnett
Roteiro: Rob Burnett
Baseado em The Revised Fundamentals of Caring Jonathan Evison
Elenco: Selena Gomez, Paul Rudd, Craig Roberts,
Gênero: Drama
Música: Ryan Miller
Companhia(s) produtora(s): Worldwide Pants Levantine
Distribuição: Netflix
Lançamento: Estados Unidos 29 de janeiro de 2016 (Sundance Film Festival) | Brasil 24 de junho de 2016 | Portugal 24 de junho de 2016
Idioma:  Inglês

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!

Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +  ? Pinterest Youtube  ?Blogvin Flickr

Join the Conversation

  1. Eu gostei bastante desse filme e concordo que ele não tem muito além do que os outros filmes deste gênero também tem. O que eu mais gostei foi da interação entre os personagens e como eles acabam sendo um alicerce um pro outro, cada um superando suas limitações como podem.
    Gostei bastante do post.

    1. Nayane Moura Author says:

      Obrigada Diego. Que bom que gostou!!!!
      Realmente a interação dos personagens não é nada forçada e ficou bem natural, isso deixou o filme mais leve e interessante.

  2. Felipe Araújo says:

    A partir de agora irei acompanhar com mais frequência, até então não conhecia o blog, me parece bem legal, parabéns pelo trabalho Nay. 🙂

    1. Nayane Moura Author says:

      Felipe, muito obrigada!
      Fico feliz que tenha conhecido o blog, tem muita coisa bacana e espero te ver mais vezes por aqui.

      Abraços!

      1. Francisco De Assis Barroso De Lima says:

        Olá. Assisti o filme Fundamentals of caring e gostei muito. Indique-me para minha irmã e gerou uma divergência sobre o final. Ela alega que o garoto Trevor morreu aos 21 anos e eu percebi que houve uma cena que o Ben disse que ele estava fingindo. Quem está com a razão? Saudações. Grato.

        1. Trevor não morreu, apenas fingiu.
          Você está com a razão.

  3. Oi Nayane!

    Filmes assim são bons pra desestressar, não é verdade?
    Às vezes a gente quer tanto assistir um lançamento que é bombástico, com muita ação, e esquece que aqueles filmes levinhos são ótimos para um final de dia de trabalho, hahaha.
    Gostei muito da sua indicação!

    Abraços!

    1. Nayane Moura Author says:

      Sim Divana, não é um grande filme mas é uma boa opção para essas situações.
      Que bom que gostou. Obrigada!

  4. Assisti o filme sem grandes expectativas, mesmo assim fiquei meio desapontada…
    Esperava mais, faltou alguma coisa, não sei bem o que :/

    No mais, achei sua resenha muito boa e descreve bem o que o filme quer passar!

    att.

    1. Nayane Moura Author says:

      Pois é Melissa, também senti falta de algo que o diferencie dos demais filmes do gênero.
      Mas de uma maneira geral me agradou.
      Obrigada pelo comentário 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Recipe Rating




Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Like
Close
Copyright © 2021 Pausa Para um Café
Made with by Loft.Ocean. All rights reserved.
Close
Sair da versão mobile