Menu
Literatura Nacional

[Resenha] A Ameaça Invisível de Barbara Morais |@gutenberg_ed

Sinopse: O cerco se fecha contra os anômalos e o cotidiano nas Cidades Especiais começa a mudar. De início, o direito de ir e vir é privado, e a isso se seguem outras medidas restritivas, o que inspira uma rebelião e deixa a situação a um passo de uma guerra civil. Em meio a diversas facções, que defendem ideologias e métodos diferentes de fazer justiça, cada vez é mais difícil enxergar a situação com clareza, e Sybil tem pela frente novos desafios, que põem à prova suas convicções. Em situações desgastantes e por vezes desesperadoras, ela e seus amigos sentem na pele uma grande ameaça, mas não conseguem perceber quem é e onde está o verdadeiro inimigo.

“Você não fica indignada quando sai de Pandora e vai para Prometeu e não pode entrar em uma loja? Não se sente humilhada quando trocam de rua porque você é algo que nem pode escolher? Você não acha absurdo tudo isso, de estarem nos prendendo dentro do único santuário que temos, de estarem cortando nossa comida…? Você não se sente impotente? (…)”

Antes que você comece a ler esse post, eu recomendo que você leia a resenha de A Ilha dos Dissidentes de Barbara Morais que é o primeiro volume dessa trilogia distópica brasileira.

A Dona Barbara escreve no Nem Um Pouco Épico e estuda Economia. Nós já gravamos um literáriocast com ela e você pode ouvir clicando aqui. Ficou bem interessante e lá ela também falou um pouco de como surgiu a ideia para essa trilogia que vem surpreendendo muita gente, inclusive eu, que não sou uma fã de distopias (nem jogos vorazes eu li.).

Então, vamos começar a resenha?
IMG_0657

A Ameaça Invisível é a continuação com grande estilo e muita desenvoltura do 1º volume da trilogia. Como segundo volume, ele vem muito trazer o depois do gran finale. Ele é mais explicativo, no sentido de que agora a gente já está acostumado, já sabe quem é cada pessoa e pode começar a tomar lados. Escolher quem vai ser o seu personagem preferido e de que lado você (e os personagens) vão escolher dessa guerra.

Não é fácil descrever A Ameaça Invisível pelo simples motivo que eu gostei muito dele e não foi por apenas um motivo, foram vários fatores que foram construindo ele pra mim, como uma prova de que a literatura brasileira está evoluindo e os jovens nacionais tem muito potencial para vender tanto quando Tahereh Mafi lá fora e aqui.

IMG_0658

A Ameça Invisível é um livro com ação, romance e muitas escolhas. Escolhas e respostas que trazem muitas consequências para as situações futuras que nossos jovens com super poderes vão ter que enfrentar. Bárbara conseguiu trazer questões relevantes de segregação, escolha, divisão e economia para um livro adolescente e só por isso. Por nos fazer pensar e analisar pontos que na adolescência a gente não para muito para pensar. Ela merece sim, muita atenção de quem gosta de literatura.

A edição do livro segue o padrão do primeiro volume e um cuidado incrível da editora. A Gutenberg vem fazendo um trabalho incrível com os nacionais.

IMG_0659

IMG_0660
IMG_0661

Edição: 1 | Editora: Gutenberg | ISBN: 9788582351697 |Ano: 2014 |Páginas: 320

Nota 3/5

ComprarLivraria da Folha | Livraria da Travessa 

Untitled-1Nasceu e mora em Brasília e está se graduando em Economia pela Universidade de Brasília (UnB). É membro da Aiesec, organização internacional voltada ao intercâmbio cultural e desenvolvimento de lideranças entre jovens, e uma leitora voraz. Faz parte do Clube do Livro de Brasília e adora organizar eventos literários. Além de sua vasta experiência em trocar bilhetes em sala de aula, derrubar objetos por acidente e consumir cultura pop, ela escreve em seu blog, o Nem Um Pouco Épico (www.nemumpoucoepico.com). Já teve contos publicados em coletâneas, e sua trilogia “Anômalos” será publicada pela editora Gutenberg. O primeiro volume, “A ilha dos dissidentes”, foi lançado em setembro de 2013.

post
Baci! ;*
Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

2 Comments

  • Marijleite
    17 de outubro de 2014 at 14:38

    Essa é uma das trilogias que quero ler, já tem 2 livros lançados, né? Deve dá pra ler os dois e aguentar a expectativa até sair o terceiro.
    Gostei muito da resenha. E do trecho escolhido.

    petalasdeliberdade.blogspot.com

    Reply
    • Anna Schermak
      17 de outubro de 2014 at 15:31

      Oi Flor, já saiu dois. provavelmente o próximo saia na bienal do ano que vem. E é tranquilo ler até lá e conseguir esperar pouco tempo. Você vai amar ?

      Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.