[Resenha] A Desconstrução de Mara Dyer - Livro 01 de Michelle Hodkin | @galerarecord - Seu site sobre Literatura e RPG

Vídeos Segunda, Quarta e Sexta.   SE INSCREVA

Search

[Resenha] A Desconstrução de Mara Dyer – Livro 01 de Michelle Hodkin | @galerarecord

Anúncios

A Desconstrução de Mara Dyer de Michelle Hodkin
Edição: 1
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501098580
Ano: 2013
Páginas: 378
Tradutor: Mariana Kohnert

Um grupo de amigos… Uma tábua ouija… Um presságio de morte. Mara Dyer não estava interessada em mensagens do além. Mas para não estragar a diversão da melhor amiga justo em seu aniversário ela decide embarcar na brincadeira. Apenas para receber um recado de sangue. Parecia uma simples piada de mau gosto… até que todos os presentes com exceção de Mara morrem no desabamento de um velho sanatório abandonado. O que o grupo estaria fazendo em um prédio condenado? A resposta parece estar perdida na mente perturbada de Mara. Mas depois de sobreviver à traumática experiência é natural que a menina se proteja com uma amnésia seletiva. Afinal, ela perdeu a melhor amiga, o namorado e a irmã do rapaz. Para ajudá-la a superar o trauma a família decide mudar para uma nova cidade, um novo começo. Todos estão empenhados em esquecer. E Mara só quer lembrar. Ainda mais com as alucinações – ou seriam premonições? – Os corpos e o véu entre realidade, pesadelo e sanidade se esgarçando dia a dia. Ela precisa entender o que houve para ter uma chance de impedir a loucura de tomá-la….

Anúncios

[divider]

Sabe aquele livro que você quer muito ler mas mesmo assim fica esperando aquele momento certo, por que lá no fundo ainda tem um certo receio de começar a ler? Foi exatamente assim que A Desconstrução de Mara Dyer.

a_descontrução_de_mara_dyer (3)

Anúncios

A Desconstrução de Mara Dyer é um daqueles livros que você não espera muita coisa quando começa a ler, fica completamente confuso durante boa parte da história e quando ele finalmente te diz o que é todo o mistério você não sabe se bate palmas ou fica com aquela cara de “será que eu entendi direito?“.

Uma história confusa com várias possibilidades de desfecho. Mas incrivelmente boa! Ao pegar esse livro para ler eu tive a mesma sensação de quando comecei a ler Belo Desastre pela primeira vez. É algo meio sobrenatural, você quer devorar o livro e não entende o motivo. Pode ser por nada e ao mesmo tempo pode ser por todo o mistério que te envolve em uma atmosfera agoniante entre passagens do presente e feedbacks do passado. Alucinações e momentos de um romance envolvente e cativante.

Anúncios

Com personagens incomuns em livros, mas completamente reais Michelle transforma o seu livro em algo palpável na parte “vida real“. É a menina com problemas, o melhor amigo instável e o cara bonito que no fundo só precisa de alguém que o escute. Me surpreendendo, Mara é uma personagem que conquista o leitor em todos os momentos da história, seja em sua dor, em suas alucinações ou nos momentos em que você junto com ela acredita que está tudo bem.

O livro se sustenta por si só, mas em meio a trama central acontece uma paralela com a família de mara, o pequeno caso do pai dela se mostra muito mais importante para a história do que você julgaria. E para finalizar quando você pensa: “Okay… como esse livro pode ser uma trilogia? A autora vai inventar o que para ‘encher linguiça’?”. Você se surpreende muito bem com um momento altruísta e ao mesmo tempo revelador que mostra que nem tudo é tão sobrenatural assim e que os problemas podem estar apenas começando.

Anúncios

Meninas vão se apaixonar pelo Noah, vão sentir uma empatia gigantesca por Mara e todos vão querer conhecer mais sobre sua família. A escrita de Michelle é fluida e não tem momentos chatos durante todo o livro, você quer ler, ler e ler. Cada vez mais e sem parar. Eu não via a hora de voltar para casa para poder continuar a leitura em casa. Eu realmente gostei do livro.

Assim começo mais uma trilogia para acompanhar. Infelizmente, afinal dinheiro não cai do céu e felizmente porque está difícil encontrar livros que te envolvam em uma atmosfera apaixonante de suspense e não sejam uma leitura pesada que te incomode.

A diagramação da Editora Galera Record está bem bonita e eu acredito que todos vocês devem dar mais atenção para A Desconstrução de Mara Dyer. Eu recomendo 😉

Anúncios

 

Sair da versão mobile