Menu
Literatura

[Resenha] A Luz Através da Janela de Lucinda Riley | @Novo_Conceito

A Segunda Guerra Mundial deixou muitos destroços e segredos familiares principalmente na família de Emilie, os De La Martinières. Quando sua mãe faleceu, deixando o legado do château da família para ela, a única herdeira, Emilie fica devastada e quer vender tudo para que possa voltar à sua rotina comum de veterinária. Entretanto, Sebastian Carruthers aparece em sua vida para ajudá-la a cuidar de toda a documentação e a consola nos momentos mais difíceis. Emilie se apaixona pela sua gentileza e decide se casar com ele. Assim, ela se muda para a casa do marido, Blackmoor Hall, em Yorkshire. Contudo, a vida que ela, ingenuamente, pensa estar começando bem, trará a ela muitas surpresas e revelações do presente e do passado de toda uma geração.

A Luz Através da Janela, romance de Lucinda Riley, definitivamente não é o que ele aparenta ser. Deixe-me elaborar isso melhor:

Conhecemos a protagonista Emilie de la Martinières, um mulher nascida numa tradicional família da aristocracia francesa, mas que não queria nada isso para si. Até que sua mãe morre e ela se vê retornando a esse meio e tendo que assumir todas as responsabilidades que o nome de la Martinières trazem junto com ele.

No inicio o livro é bem interessante mostrando Emilie tendo que lidar com essas situações e tendo que superar os preconceitos que ela tem em relação a si mesma. Mas logo ela conhece Sebastian, e o livro vai para um romance dos dois, no mínimo “estranho”. Aquilo me deixou com a pulga atras da orelha, achei que o livro estava perdendo a qualidade.

Foto - 02

Mas ai começa os Flashbacks, que mostram a vida de Costance Carruthers, avó de Sebastian, no período da Segunda Guerra Mundial. Ela é uma agente Britânica estacionada na França ocupada pelos Nazistas.

Toda essa parte que se passa no passado é sem dúvidas o ponto forte do livro para mim, talvez por eu gostar muito de coisas relacionadas a esse período tenha tido um apelo diferente, mas nesse ponto os Flashbacks estavam muito mais interessantes que a historia “principal” que ainda me incomodava em vários aspectos.

Com o desenrolar da historia vamos vendo como os acontecimentos do passado podem ter afetado, a ainda estão afetando a vida de Emilie. Eu já tinha montado teorias de como a historia do passado iria se encaixar com os acontecimentos do presente, algumas delas acertei e outras errei.

A partir daqui, não tem como eu opinar sem dar algum spoiler, mas posso dizer que por mais que não tenha ficado surpreso com o desfecho, foi algo muito coerente com toda a história desde o inicio. Algo que não se vê muitas vezes.

A edição da nova conceito como sempre excelente, paginas amarelas e ótima diagramação. Só senti falta de um sumário, por mais que os capítulos não tenham nomes, eu gosto de poder ver onde cada capitulo começa e termina sem ter que ficar folheando.

 

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.