Menu
Literatura

[Resenha] A Primeira Noite de Marc Levy | @Suma_Br

Após o acidente no Rio Amarelo, Adrian abandona suas buscas pelos fragmentos que podem revelar a origem do mundo e chora a morte de Keira. Mas quando uma foto mostra que ela ainda pode estar viva, ele retoma sua busca por Keira e pelos segredos que estão ocultos à milhões de anos e podem mudar a história da humanidade.

 

 

Antes que você reclame de algum spoiler lembre-se que A Primeira Noite é  continuação do livro O Primeiro Dia  do autor Marc Levy, nós já fizemos a resenha de O Primeiro Dia aqui no blog, confira clicando aqui!

Agora podemos continuar… Quando li O Primeiro Dia eu disse que eu tinha demorado para entrar no clima da história e que o problema era eu, agora eu retiro o que disse… ou melhor, deixo isso nas mãos de vocês: Ou o problema é comigo ou com o estilo do Marc. Terminei o primeiro livro com muita vontade de ler o segundo, mas pressentindo que iria demorar na leitura, que não seria fácil… E não foi.

A Primeira Noite (que eu achava que seria melhor) caminhou pior que O Primeiro Dia, não foi amor nem a primeira nem a segunda vista. Sinto cada vez mais falta de ritmo e empolgação na forma de escrita do Marc. Ele continua um Dan Brown sem ritmo…

O livro do Marc é rico em pesquisa, sim é admirável o trabalho de pesquisa feito em A Primeira Noite e O Primeiro dia, eu nunca em toda a minha vida escreveria um livro assim, justamente por todo o trabalho que deve ter sido pensar em todos os pontos, não esquecer de nenhum lugar, de nenhum trajeto importante. A escrita de Marc é rica nesse ponto, e quem não liga para a falta de ritmo.

Sim, eu senti muita falta de ritmo, o livro me cansou durante a leitura e eu as vezes virava a página com aquele pensamento… VAMOS LÁ ANNA, É SÓ MAIS UMA!

Mas espero que vocês entendam… não estou dizendo que o livro é ruim, o livro é bom. Marc escreve bem, tem ótimas descrições, personagens com muita personalidade e um enredo com futuro só que tudo isso para ser livro em uns cinco meses com o ritmo que a leitura tem quando você pega ele pra ler e isso não combinou comigo…

Então minha nota para a continuação é 3 xícaras de café na encantadora Grécia. E sinceramente não sei se tenho vontade de ler o terceiro livro.

 

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

9 Comments

  • Kelry Caroline
    11 de fevereiro de 2013 at 20:06

    Eu naõ conheçia o livro, nem o primeiro. Mas li a resenha apesar dos spoiler.

    Reply
    • Anna Schermak Alves
      18 de fevereiro de 2013 at 15:32

      Até que consegui não soltar muitos, então não vai ter tanto problema 🙂

      Reply
  • Talita Silva
    11 de fevereiro de 2013 at 20:53

    Adorei a capa do primeiro e do segundo livro, mas gostei mais foi da primeira. Tenho medo de livros que tem muitas pesquisas, sinto que nem todos conseguem fazer com que não nos sentimos cansados. Vou dar uma chance ao primeiro livro quanto eu puder, e assim consequentemente se eu me apaixonar pela estória eu continuo a ler.

    Reply
    • Anna Schermak Alves
      18 de fevereiro de 2013 at 15:32

      Leia, as vezes para você o livro vai ser muito melhor do que foi para mim! Me conte depois o que achou okay Tali?

      Reply
  • Tayna Nunes
    11 de fevereiro de 2013 at 21:43

    A capa do livro é linda, a sinopse já meio que me desanimou…

    Reply
    • Anna Schermak Alves
      18 de fevereiro de 2013 at 15:29

      Gostou da capa flor? Eu não curto muito as capas dessa série.
      Bj.

      Reply
  • Monica Silva
    16 de fevereiro de 2013 at 17:54

    É horrível quando a gente começa a ler o livro e ele não te surpreende… eu também fico com essa sensação de ‘só mais uma página’, mas não tenho coragem de abandonar. Como eu digo sempre ‘até pra falar mal a gente tem que se informar’… rsrsrs

    Reply
    • Anna Schermak Alves
      18 de fevereiro de 2013 at 15:29

      Exatamente, é muito difícil abandonar um livro, mas tem vezes que não dá, o livro simplesmente não caminha, mas até que consegui terminar o Marc.

      Reply
  • Aymée Meira
    21 de fevereiro de 2013 at 06:16

    Marc Levy está na minha meta de leitura esse ano. Apesar de tu não gostar, confesso que tenho curiosidade. Vamos ver né?
    beijos

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.