Menu
Literatura

[Resenha] Agnus Dei – A Idade do Sangue de Ju Costa | Grimório Editorial

Em A Idade do Sangue, podemos acompanhar a jornada de vampiros antigos, monstros sedutores. A jornada de recém transformados, como nossa personagem principal – que de forma alguma se encaixa no papel de heroína – e das pessoas que convivem com tais seres. Trazendo a tona uma lente psicológica e com um nível maravilhoso de verossimilhança a uma série de acontecimentos, que são nada além de naturais, se você considerar possível a existência do fantástico e do maravilhoso. Partindo dessa nova premissa – passando por uma filosofia Dostoévicista e bebendo de fontes profundas como a literatura de Saramago e jovens como J. K. Rowling – Ju Costa constrói um livro mais cativante e inspirador a cada página e deixa um gostinho ferroso de quero mais ao final de cada capítulo.

Vampiros, Vaticano, Aset, sedução, traição… tudo em um único livro de estreia para leitores ávidos por intrigas porte e caça aos demônios.

2013-05-01 12.09.07

Eu pude ler a segunda edição de Agnus Dei enviada pela autora Ju Costa para falar sobre ele para vocês e fazer dois sorteios, um para o Pausa e outro para a Trollando (onde vocês me conhecem por ruiva). E aqui estou eu para falar sobre esse livro que eu não consegui largar até chegar a última página.

O que mais deixa os leitores de rpg com vontade de ler o livro é a dedicatória linda da autora feita para todas as mesas que ela já jogou e que um dia vai jogar na vida. O livro é cheio de referencias minuciosas a aventuras e você consegue perceber isso na convivência dos personagens e nas pequenas missões (quests) realizadas pela equipe da Aset em busca dos “demônios”.

Uma coisa que me chamou bastante atenção durante a história é que em uma das missões realizada pelos grupos da Aset os participantes realmente são como se fossem jogadores e até um dos personagens que eu gostei muito (Lucas) vira o “mestre” do jogo orientando os  amigos como agem, o que veem no decorrer da missão e o que podem fazer, como podem lutar, eu realmente me senti assistindo um jogo onde todos os acertos e derrotas eram decididos no dado.

2013-05-01 12.09.31

O livro é bem escrito e te faz querer caminhar até o final em busca de uma resolução. A autora consegue te dar respostas plausíveis para muitas coisas principalmente a origem dos vampiros. Algo que me incomodou um pouco foi o processo de transformação da personagem principal. Acho que ficou um pouco confuso em minha mente.

Ju Costau teve conseguiu escrever bem esse seu primeiro livro. Quero logo saber a continuação dessa história e só fico triste por que a personagem que tem o meu nome (Anna) ser uma filha da puta de primeira. hehehehe

2013-05-01 12.09.50 2013-05-01 12.10.01

O livro consegue um 3,9 xícaras de café quentinho e só tiro algumas notas das folhas muito escuras, eu não conseguia ler direito em alguns ambientes mais escuros e minha visão que não é de elfo ou de vampiros e quase parece de um velhinho de 90 anos se sentia prejudicada durante a leitura.

Aproveite para comprar o livro:

Livraria Saraiva

Livraria Cultura

Livraria Siciliano

Mercado Pago ou Pagseguro pelo site da Editora

Abaixo clique nos links para participar das duas promoções

TrolandoD20em20

Pausa Para um Café

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

1 Comment

  • Ingrid
    2 de maio de 2013 at 17:39

    Adorei a capa do livro, espero que a história seja tão bela quanto ^^.

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

5 RPGS Italianos para conhecer hoje Dedicatórias – Dicas