Vídeos Segunda, Quarta e Sexta.   SE INSCREVA

Search

[Resenha] Beijada Por Um Anjo – Eternamente – Livro 6 de Elizabeth Chandler | @Novo_Conceito

Os apaixonados, Tristan, o anjo, e Ivy, a mortal, finalmente conseguem se tocar. Isto só pode acontecer porque Tristan ocupou um corpo, o corpo de Luke. Mas Luke era procurado pela polícia — que não sabe que ele está morto e continua a persegui-lo. Portanto, Tristan torna-se, sem querer, um alvo da polícia. Da polícia e do verdadeiro criminoso, a quem não interessa ver Luke vivo. É preciso dar fim a esta perseguição. O casal precisa esclarecer rapidamente toda a confusão em que Luke se meteu. Mas, ao conviver com pessoas perigosas e chantagistas — e insistir em fazer o que for para ficar perto de Ivy —, o anjo aproxima-se das coisas ruins que podem levá-lo a fraquejar e perecer, especialmente agora, que ele é um anjo caído. Por causa de Ivy, Tristan vem se aproximando cada vez mais das forças mundanas e das trevas — e de Gregory também. Por outro lado, Gregory vem aumentando seu poder, especialmente depois que possuiu o corpo de Beth. E esse desequilíbrio de forças pode acabar em uma triunfante vitória do mal. A não ser que Ivy tome a frente dessa batalha…

** ATENÇÃO: ESSE POST CONTÉM SPOILERS SOBRE OS LIVROS 1, 2, 3, 4 e 5. Não falará spoilers sobre o livro 6, podem ficar tranquilos. **

Se você continuou até aqui, então com certeza não está com medo dos spoilers dos primeiros livros, então vamos começar! 

Tudo começou com o livro 1 publicado no Brasil pela Editora Novo Conceito que prometia trazer uma nova trilogia que pretendia apaixonar a todos. O problema foi… não virou uma trilogia. Beijada por um anjo é uma série que teve seu fim em 2013 com o sexto livro publicado em Julho com o nome Eternamente.

A série foi escrita pela autora Mary Claire Helldorfer, mas que utiliza o pseudônimo de Elizabeth Chandler para publicar alguns de seus livros. A autora também é conhecida fora do Brasil pela série Dark Secrets.

Beijada Por um Anjo 6 termina a saga de Tristan e Ivy, narrada nos 5 primeiros volumes com muitas reviravoltas e algumas coisas que não precisávamos apenas para deixar alguns livros com um número aceitável de páginas.Continuando de onde tínhamos parado em Revelações, Tristan continua no corpo de um aparentemente “assassino” e Ivy está tentando provar a sua inocência com a ajuda de Will e Beth enquanto trabalham na ‘pousada’. O ponto central da história continua sendo esse, provar a inocência, fugir de Gregory que está ficando cada vez mais forte e conseguir se manter viva. O que é algo realmente difícil para Ivy.

O livro continua fácil de ler, é rápido sem maiores problemas durante o percurso e  continua sendo um livro para leitores jovens. É uma história leve, perfeita para leitores que não querem se preocupar muito com teorias, complicações e buscam apenas uma distração com uma história bonita de amor.

 

Ivy aparentemente está um pouco mais ajuizada, mas ainda assim é uma personagem que não consegue cuidar da própria vida. Ivy continua querendo proteger a todos e esse é um ponto que se destaca bastante na história. Já Lacey é uma personagem que se destaca mais uma vez. Mesmo aparecendo pouco na história ela sempre aparece em momentos importantes para dar mais animo a narrativa.

Tristan continua sendo Tristan. Querendo proteger a Ivy sem pensar que muitas coisas podem ter consequências. Gregory cresce como personagens e se mostra muito mais inteligente do que nosso amiguinho anjo caído.

Quando terminei de ler Eternamente eu me senti com dois sentimentos bem contraditórios dentro de mim. O primeiro foi uma raiva profunda de ter lido o livro, já que a história realmente começa a acontecer umas 25 páginas antes do fim. E segundo uma admiração que por mais piegas que seja o final ele ficou digno de toda a história. Pode ser previsível para alguns, mas não foi para mim.

Aqui, no final chegamos a conclusão de que não precisávamos e 6 livros. Poderíamos no máximo ter 4 volumes e no quarto poderíamos ter metade de um “pós créditos” digamos assim. Com cenas especiais sobre o depois de tudo.

Se você já chegou até o 5º livro é obrigado a ler, afinal é um final que você deve descobrir. Agora se você não leu ainda, talvez seja melhor pensar duas, três ou até quatro vezes antes. Existem sagas menores e melhores para se ler.

Quanto a diagramação e parte gráfica, vocês podem ver melhor nas fotos, a edição mantem o padrão dos outros 5 livros, mesma diagramação, mesmo estilo e até o mesmo tamanho de livro.

10 livros para ler antes do vestibular Halloween: 5 livros de terror na literatura 5 livros para começar a ler clássicos Personagens LITERÁRIOS para inspirar seus personagens de RPG! Ideias para suas mesas de D&D sairem da mesmisse!