Menu
Literatura

[Resenha Book Tour] Rosa Imortal de Tâni Falabello | Literata

Vampiros em Londres, vampiros que matam, são violentos e arquitetam planos e vinganças. Vampiros que não brilham, que tem defeitos, e dificuldades. Separação de classes. Um livro que vale  a pena!

O livro da Tâni é o primeiro livro que eu li participando de um book tour. Geralmente eu não participo dessas atividades por causa do tempo estipulado para ler o livro. Não que eu não leia no tempo, mas não gosto de parar um livro na metade para começar a ler outro.  Então, sempre deixar book tours de lado.

Mas, como vocês sabem, algo em mim ama vampiros mas, vampiros de verdade. Nada de brilhos e purpurinas. E quando soube que o livro dessa autora curitibana era sobre esses fantásticos seres. Fiquei curiosa e precisava ler.

Então, com isso organizei o book tour onde vários blogs vão ler e podem agora, compartilhar sua opinião sobre o livro.

Então vamos lá!
Em Rosa Imortal encontramos vários personagens vampiros. Mas a transformação  vai acontecendo aos poucos, e isso é bom, para acostumar com  a personalidade de cada um e sua maneira de agir.

Personagens tem personalidades bem fixas e que conseguimos acompanhar sua evolução durante a história. E vocês sabem, isso é uma qualidade essencial para mim.

Outro ponto positivo na história é que a autora conhece os lugares por onde a história acontece. Ela visitou Londres, passou pelos lugares, conheceu, então ela pode falar! E em seu livro, ela nos passa com uma certeza as descrições e como fala sobre as ruas e praças que você realmente consegue se situar na história e saber que não teve simplesmente uma escolha aleatória em busca de lugares, ouve uma pesquisa mais aprofundada.

“Mas nem tudo são flores”… é uso bastante essa frase. um “MAS” que sempre vem para nos deixar tristes, mas calma. é um “mas” pequenininho.

Ah história da uma “perdida” no começo com a questão do tempo. Ele não é bem específico e você começa a se perder para saber como aconteceu, se é passado se é presente. Okay, para quem lê a mais tempo, e muito mais livro não é confuso, mas para aquela pessoa que é mais lenta na leitura e não tem tanta prática na leitura, é fácil, muito fácil, se perder.

O livro merece com certeza 4 xícaras de café quentinho para serem deliciados com cookies. Ou talvez um chá, por ser em Londres, para poder entrar no clima.

Observação extra: Tem um vampiro italiano. É. Isso mesmo. Eu virei totalmente Team Marchie!
Observação Bonus: Primeiro livro da série. Sim tem mais.
Sobre a Capa: Tão bonitinha *-* .
Primeira impressão: “VAMPIROS + LONDRES = ALGO MUITO BOM/MARAVILHOSO”
Sobre a autora: Super simpática, quero marcar um café para discutir mais sobre o livro!

Título do Livro: Rosa Imortal
Editora: Literata
Autora: Tâni Fallabelo
Preços na Internet: R$ 39,90
Sinopse: Rosa Imortal traz vida à Londres da década de sessenta, onde a jovem jornalista e agente do governo britânico Eileen Lancaster Hartmann se vê envolvida por uma série de assassinatos do corpo diplomático. A trama se complica com o desaparecimento e morte de seu namorado Jason Pearson, levando Eileen a adentrar em um mundo paralelo e desconhecido, um mundo que ela acreditava só existir em lendas urbanas. Acompanhada de sua inseparável amiga Loren Halmenschläger, uma alemã adotada ainda criança por uma família inglesa, e de seu insano amigo Marcello Guttinger, um italiano com uma visão única da “vida”, Eileen enfrenta diversos perigos e aventuras. Uma história envolvente que leva o leitor a conhecer os mais vis segredos de uma política paralela em Londres, onde seres ancestrais governam e se digladiam por poder, num jogo de intrigas e trapaças, onde os humanos são meros peões descartáveis.

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

7 Comments

  • Eduardo
    24 de setembro de 2012 at 01:35

    Gostei da capa. Venho com aquela ladainha de sempre, que me cansei das modinhas de vampiros, o que não quer dizer que todos os livros sejam iguais. Pode ser que esse seja um tanto diferente, pela trama ligada à intriga e jogos de poder, crimes, perigos e aventuras, etc.

    Eu ia fazer uma crítica de que muitos autores brasileiros gostam de escrever sobre lugares da moda (e assim cada um inventa uma Paris conforme o seu nariz), ao invés de escreverem sobre cenários nossos conhecidos. Mas se a autora conhece os lugares, ela pode usar positivamente essa experiência pessoal.

    Quanto à confusão, sempre que falam isso eu me lembro de um clássico que eu gosto muito mas que começa bem confuso, tem duas personagens com o mesmo nome. Às vezes essa imprecisão pode não ser um defeito…

    Reply
  • Fernanda Yano
    24 de setembro de 2012 at 12:06

    Adorei a capa!
    Pela resenha a autora não caiu na mesmice dos contos vampirescos.
    Ela conseguiu fazer algo diferenciado e encantador. Fiquei curiosa qto ao livro.

    Reply
  • Mariana
    25 de setembro de 2012 at 20:59

    O fato de serem vampiros DE VERDADE me fez ter muito interesse no livro. Gosto de histórias que envolvem esse tipo de ficção, só que estava meio desencantada com vampiros depois da onda de Crepúsculo.
    Gostei muito da resenha 🙂

    Reply
  • Carolina Ribeiro
    27 de setembro de 2012 at 23:43

    Já tinha ouvido fala do livro antes. Achei mtu linda a capa *-*
    Sucesso para a Tani ^^

    http://autoracarolinaribeiro.blogspot.com.br

    Reply
  • Isabela
    29 de setembro de 2012 at 12:21

    Que linda a ilustração da menina na capa…
    Mas enfim, não tenho mais vontade/ânimo pra esse tipo de literatura 🙁

    Reply
  • Amanda Costa
    29 de setembro de 2012 at 17:31

    Que capa mais linda! E, além do mais, adorei a sinopse… Fiquei bem interessada em ler este livro! Já anotei-o em minha lista de desejados. Beijos.

    Reply
  • […] Confira a Resenha do livro Rosa Imortal […]

    Reply

Deixe uma resposta para Mariana Cancel Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.