Menu
Literatura

[Resenha] Carolina Se Apaixona de Federico Moccia | @A_Planeta

Edição: 1
Editora: Planeta do Brasil
ISBN: 9788576657828
Ano: 2012
Páginas: 400

CAROLINA_SE_APAIXONA_1328463451PSinopse: Carolina tem catorze anos de idade. Vive um momento mágico em sua vida. As amigas, sempre por perto. E os sonhos, quantos sonhos! E há os primeiros beijos roubados no escurinho do portão. E sempre aquela música que surge no momento certo. Festas, escola, brincadeiras, mas também existem as provas e outras coisas de gente grande. A avó é maravilhosa e sabe enxergá-la bem longe, lá no fundo de sua alma. Sobre o amor? O que se sabe? O que se vive? Como é realmente o amor? Talvez ele tenha os olhos de Massimiliano? O amor é aquilo? Quem sabe… Mas Carolina perdeu o celular, e com ele tudo o que sabia sobre o rapaz. Mesmo assim, ela não tem dúvidas de que conseguirá reencontrá-lo. Enquanto isso, sonha chegar bem perto da nuvens. E a vida transcorre sem preocupações. Entre as aventuras de cada dia e as sombras do convívio familiar não paira nem de longe a suspeita e a desconfiança. O seu coração está sempre acelerado a cada afeto que se abre e se transforma em esperança pelo futuro. E há uma estrada infinita diante dela que convida a seguir caminhos desconhecidos. Carolina está pronta para ser feliz.

Quote:

“O instante em que me sinto mais vivo é quando releio uma frase, uma passagem, uma ideia que eternizei no branco. E aquele branco que eu o transformei e fiz meu. É difícil fazer entender isso a quem pensa que a vida seja somente uma carcaça de um sonho que uma vez você considerava verdadeiro, a quem deixou se emocionar, tomado pela inúmeras dificuldades da vida. Como se as dificuldades fossem apenas chateações, quando na realidade são ocasiões, possibilidades para demonstrar que podemos supera-las.”

Minha Opinião: Digamos que apenas, não foi dessa vez. Eu simplesmente amo todos os filmes inspirados na histórias do Moccia e finalmente achei que estava na hora de começar a ler seus livros. Por um motivo meio óbvio (Sim! Eu me chamo Carolina, mesmo que esconda as vezes), eu escolhi começar por Carolina se Apaixona e me decepcionei.

Carolina se Apaixona_Frederico Moccia (7)

Carolina se Apaixona_Frederico Moccia (3)

Carolina se Apaixona_Frederico Moccia (2)

Carolina se Apaixona_Frederico Moccia (1)

O livro tem uma narrativa cansativa e em nenhum momento a personagem principal Carolina conseguiu me ganhar em algum traço de personalidade ou atitude. A obra poderia ser muito mais curta, mais rápida e quem sabe isso até ajudasse mais a empolgar o leitor a continuar a história. Mas entre as dúvidas eternas de Carol e as inúmeras páginas que ainda faltam para terminar a leitura, você começa a suspirar e pensar “omg, será que ainda falta muito?“.

Carolina se Apaixona não é um livro juvenil,  ele tem questões mais profundas que na minha opinião se caracteriza para pelo menos os maiores de 15/16 anos que já começam a pensar sobre sexo e tem questões mais profundas para avaliar e pensar sobre a vida.

O problema no livro do Moccia é que ele não é ruim, ele só não é perfeito ou completo para mim. Eu esperava algo diferente, mais apaixonante e arrebatador como seus filmes. Aqui eu não senti nada muito profundo e sincero que conseguisse entrar no meu coração, talvez por eu e Carolina sermos tão diferentes, talvez por esperar demais do livro e ir com muita sede ao pote, eu não sei. Mas só sei que não foi dessa vez que consegui me apaixonar por um livro e ficar feliz em recomendá-lo para vocês.

O livro foi publicado pela Editora Planeta e segue o mesmo trabalho de diagramação e capa feito em seus livros do Moccia, confira nas fotos abaixo:

Carolina se Apaixona_Frederico Moccia (3)

Carolina se Apaixona_Frederico Moccia (4)

Carolina se Apaixona_Frederico Moccia (5)

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.