Menu
Literatura

[Resenha] Dicionário de Sabores de Niki Segnit | Casa da Palavra

Sinopse: Niki Segnit organiza 99 ingredientes essenciais da cozinha e nos mostra como podemos combiná-los. Sugere desde os pares mais clássicos, como maçã e canela, tomate e manjericão, aos mais inusitados, como caviar e chocolate branco. Esta edição inclui a pesquisa da autora de algumas harmonizações tipicamente brasileiras, como queijo e goiabada, cenoura e chocolate, entre outras.
A roda de sabores que ilustra a capa é um verdadeiro guia de combinação de sabores. Com as sugestões da autora, o leitor pode unir componentes à sua maneira, montar pratos originais e se aventurar com receitas inovadoras. Dicionário de sabores é temperado com ciência culinária, cultura e conhecimento especializado, e promete uma leitura contínua, instigante e apetitosa.

“Eu não fazia ideia do meu grau de dependência dos livros de culinária, até reparar que o meu exemplar do Cozinha francesa regional, de Elisabeth David, tinha marcas das minhas unhas abaixo das receitas”.

Eu sempre gostei de cozinhar, me sinto tão bem na cozinha, em meio a temperos, sabores, receitas e comidas que vivo tentada a mudar de profissão e virar Chef de Cozinha.  Gosto de inventar pratos novos, seguir receitas a risca e as vezes modificar todos os ingredientes. Gosto de cheiros e sabores. E esse foi um dos motivos que me levaram a pedir o livro para a Editora para resenha. Cozinhar faz parte de mim, assim como ler.

IMG_3196

O Dicionário dos Sabores é realmente um livro sobre sabores, combinações e cozinha! Cozinhar é uma arte que se você gosta, não vai se arrepender de passar vários momentos degustando o livro de Nikki sobre suas experiências gastronômicas.

O livro escrito por Nikki nos leva a experimentar diferentes alternativas na cozinha, seja uma mistura inusitada ou uma combinação que sempre sonhamos em fazer mais temos aquele medo de tentar e que não dê muito certo. Que quando, explicado por uma especialista, nos faz realmente crer que aquilo pode dar certo e ficar gostoso.

Minha parte preferida do livro foi sobre Café. Fiquei realmente tentada a fazer todas as misturas e documentar aqui no blog para vocês, será que vocês vão curtir se eu fizer isso? ?

IMG_3199

IMG_3198

IMG_3194

IMG_3197

O livro também traz combinações de ingredientes para carnes, queijos, alimentos terrosos, alimentos amostardados, torrados, sulforosos, marinhos, salmoras e sais, verdes e gramíneos, condimentos, amadeirados, frutas frestas, frutas cremosas, cítricos, frutas silvestres e arbustos, e por últimos florais frutados.

Eu li o livro no Kindle e gostei muito da experiência por alguns motivos:
(1) Posso ler o livro de culinária na cozinha enquanto testo as combinações sem sujar o livro quando segurar ele.
(2) Posso com o link no sumário, acessar de forma muito mais prática as combinações sem ficar folheando e sujando tudo.
(3) Não sujar o livro é algo realmente importante para mim, vocês não tem ideia de como a cozinha fica uma zona quando estou cozinhando, então vou usar esse tópico para frisar isso novamente.

A diagramação do Kindle está no padrão da editora, só senti falta de algumas fotos, mesmo que fossem em preto e branco, acredito que deixaria o livro mais visual e atrativo.

IMG_3192

IMG_3193

IMG_3191

IMG_3196

Edição: 1 | Editora: Casa da Palavra | ISBN: 9788577344567 | Ano: 2014 | Páginas: 464

Comprar: Kindle

Nota: 4/5

autoresAté seus vinte e poucos anos, quando se apaixonou por cozinhar, a experiência de Niki Segnit na cozinha se restringia a descascar batatas. Embora aprecie a alta gastronomia, ela prefere não reproduzi-la em casa e se dedica a experimentar as receitas de culinárias distantes. É formada em marketing, com especialização em alimentos e bebidas, e trabalhou com diversas marcas famosas de confeitos, lanches, alimentos para bebês, condimentos, laticínios, licores e refrigerantes. Ela vive em Londres com o marido.
post

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

2 Comments

  • Gui Souza
    28 de fevereiro de 2014 at 19:33

    Obrigado por me deixar com mais vontade de cozinhar e de comprar esse livro! :X minhas economias agradecem huahauhauh!

    Se combinarmos o Guia dos Sabores a O Grande Livro dos Ingredientes, seremos uma dupla culinária imbatível! XD

    p.s.: adorei você ter frisado que não gosta de sujar o livro 😛 me lembrei da 1ª e 2ª regra do Clube da Luta!

    Reply
    • Anna Schermak
      28 de fevereiro de 2014 at 22:34

      Já disse, vamos para o ramo gastronômico!
      Podemos também ir para a Itália aprender a fazer comidas gostosas e depois abrir um restaurante hehehehe

      :*

      Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.