[Resenha] Dr. Estranho & Dr. Destino: Triunfo e Tormento | @paniniherois - Seu site sobre Literatura e RPG

Vídeos Segunda, Quarta e Sexta.   SE INSCREVA

Search

[Resenha] Dr. Estranho & Dr. Destino: Triunfo e Tormento | @paniniherois

Dr. Estranho e Dr. Destino sempre foram duas figuras de muito poder sobre mim. Eu sempre os achei interessantes, e magníficos naquilo que se prestam a fazer: Dr. Estranho agindo sempre como o cara bom nas histórias, ajudando que for preciso, atuando como um Vingador, como um Defensor ou como um Illuminati. Por outro lado, Dr. Destino sempre foi o tirano ditador da Latvéria, amado por seu povo, mas atormentando sempre a vida do Quarteto Fantástico, Homem Aranha, Homem de Ferro ou Vingadores.

A boa e velha Latvéria…

Duas figuras tão antagônicas são postas lado a lado em Triunfo e Tormento, escrito originalmente em 1989 e relançado pela Panini Comics no finalzinho do mês passado.Essa união é tão improvável que os roteiristas tiveram que inventar uma motivação um pouco miraculoso demais para que o encontro ocorresse, e que Stephan Strange não pudesse deixar de aceitar o pedido de Victor Von Doom. Mas sabe que no fundo essa solução mágica faz sentido? Pense, o maior mago da Terra alia-se a um dos maiores gênios tecnológicos do mundo para descerem até as profundezas do Hades confrontar Mefisto, o diabo mor da parada, e assim liberar a alma da pobrezinha mamãe do Dr. Destino! Olhem que história mais improvável!!

Dr. Estranho diz: “Peidei”, Dr. Destino diz: “Que fedor!”

Pior que te tão improvável, ela é excelente! Vemos um pouquinho da origem tanto de von Doom quanto de Strange, e ai percebemos que ninguém é inteiramente bom ou mau. Quem hoje parece ser um vilão de marca maior, pode ter sido forçado a ser assim devido as condições que lhe foram impostas. Já alguém que hoje é bom, talvez seja assim para redimir as suas culpas do passado.

É uma história que começou um pouco fria, mas que foi esquentando com a proximidade do Hades, e lá literalmente pegou fogo. A forma como a história de Dr. Destino é contada é muito interessante, e os balõezinhos de pensamento do Dr. Estranho transcrevem muitas vezes exatamente o que o leitor pode estar pensando naquela hora.

Mefisto fazendo uma pausa para o café…

A edição da Panini está bem bonita, com capa dura e papel couché, em 84 páginas molduradas em preto. Uma falha talvez, mas que foi da edição original então não recai sobre a Panini, foi em algumas páginas que a narrativa está em preto num fundo escuro, o que dificultou um pouquinho a leitura.

Dr. Estranho & Dr. Destino: Triunfo e Tormento é um dos meus novos xodós em termos de super-herói, levando 5 xícaras de lava que cai da taça de Mefisto!

Só faltou o Dr. Estranho na foto ¬¬

  Ficou curioso pra ler a história? Compre aqui!

5 LIVROS PARA FICAR OBCECADO 5 LIVROS QUE TODO CREATOR DEVERIA LER 10 livros para ler antes do vestibular Halloween: 5 livros de terror na literatura 5 livros para começar a ler clássicos