Menu
Literatura

[Resenha] O Enígma da Borboleta de Kate Ellison | @EditoraLeya

[quote]Um suspense eletrizante onde qualquer movimento em falso pode ser fatal. Penélope Marin, ou simplesmente Lo, é uma adolescente um tanto incomum – ela sofre de transtorno obsessivo compulsivo, que ficou mais intenso depois da morte de seu irmão Oren. Além disso, Lo adora colecionar bibelôs, mesmo que tenha que roubá-los (Ela também tem traços de cleptomania). Num desses “resgates” – como ela mesma diz – Lo encontra uma bela borboleta, que pode ter colocado sua vida em perigo. Essa figura está ligada a um assassinato e Lo pode ser a única testemunha desse crime.[/quote]

Logo que surgiram boatos sobre o livro eu fiquei realmente muito interessada em ler. Suspense policial com uma personagem que sofre de transtorno obsessivo compulsivo? Oh What? É CLARO QUE EU VOU LER!

Um livro muito bem escrito para um livro de estreia. Kate ganhou uma fã e quero logo poder ler mais livros com esse toque de sinceridade que a autora tem. Um diferencial grande o bastante para fazer cada personagem único na sua maneira. Personagens que não existe um porque da gente gostar, a gente simplesmente gosta. Seja da Rainha Lo ou do garoto misterioso.

4-1024x768

O livro te leva aos poucos a uma imersão total ao universo de Penélope. Uma menina com transtorno compulsivo em um nível muito alto. Tudo no livro ajuda a essa imersão e eu não me admiro se você me contar que quando percebeu estava lendo o livro e contando o tap tap tap banana.

É algo muito diferente. Apesar de estar sempre lendo livros com personagens diferentes nesse ponto, o Enigma da Borboleta me proporcionou algo realmente diferente nesse ponto. Algo que eu não imaginava. Eu me sentia a Penélope com o virar das páginas. Queria estar ali em Neverland com ela. Queria descobrir o assassino. Queria ajudá-la. Queria que todo mundo fizesse tudo para ela para que tudo saísse certo e o certo teria que ser em 3, 6 ou 9!

 7-1024x768

Uma heroína irregular. Afinal sempre esperamos encontrar personagens fortes, sem erros… que tendem a escolher sempre o certo e a julgar as pessoas corretamente. E aqui… esqueça isso!
Penélope é mais confusa que eu e você juntos (e me coloque na tpm para piorar a situação). Penélope é mais comum que o narrador de o Clube da Luta. Ela é alguém qualquer e alguém sem ninguém ao lado.

Vocês conseguem compreender isso? Esqueça Hermione e toda a sua inteligência. Coloque você e toda a sua arte no desastre, e no seu pior dia para tentar resolver um crime no meio do pior bairro da sua cidade. No bairro onde traficantes, mafiosos e tudo mais que você pode imaginar mora junto com crianças perdidas e sem família e boates de strip tease. Pois bem…

 2-1024x768

E se não bastasse ser bom, o livro tem uma diagramação perfeita. Com detalhes que incrementam a leitura com um toque sutil e agradável, nos deparamos com o principal elemento de toda história nos inícios de capítulo. Borboletas.

Um livro cheio de referências a vida real. Com uma reviravolta talvez grande demais. Mas verdadeira.
Um livro que fala sobre achar o pedaço que nos falta. Aquilo que nos complete independente de quem seja. Pode ser o garoto perdido. O Peter Pan que vive em seu mundo e nunca quer sair de lá. Pode ser a garota que precisa falar Banana antes de responder uma pergunta. Seja quem for… você vai encontrar.

Um livro que da esperança e nos mostra que dentro de cada um de nós existe um herói.

Apesar de ser um pouco caro, o livro vale o seu valor. Para quem gosta de livros com personagens diferentes e quer fugir um pouco da rotina, vai encontrar aqui um prato gigantesco de entretenimento. São 6 xícaras de café quentinho (Hey Anna, sua burra. Só vai até cinco a nota. Mas 5 é um numero errado. 5 me faz passar mal, 5 e oito são números que dão errado) sem sombras de dúvidas para o melhor livro do mês!

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

1 Comment

  • Kelry Caroline
    13 de abril de 2013 at 01:20

    Oie Anna. Nossa que historia em, eu amei a capa e o titulo do livro, eu AMO suspenses, e confesso que fiquei muito curiosa pra saber o que aconteceu com Sapphire e com o Oren. Com toda a certeza vou providenciar esse livro assim que der. Mistério, romance, assassinato é comigo mesmo.

    Reply

Deixe uma resposta para Kelry Caroline Cancel Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.