Menu
Literatura

[Resenha] Os Escolhidos de Gaia de Marcela Mariz | @gutenberg_ed

Sinopse: Albert tem 15 anos e acaba de receber um convite que pode transformar sua vida e de sua família para sempre: a chance de pertencer a uma sociedade avançada que só é revelada a um grupo especial de pessoas escolhidas. Com a perspectiva de viver melhor, seus pais e sua irmã gêmea Ruth mergulham em um novo e empolgante mundo, em que a tecnologia extremamente desenvolvida torna tudo mais fácil e divertido, ao mesmo tempo em que o contato com a natureza preenche os dias com paz e tranquilidade. Porém, uma série de acontecimentos inusitados os faz desconfiar que há algo de estranho por trás daquele local aparentemente perfeito, de justiça e liberdade. Após receber ameaças, a família é arrastada para o centro de um escândalo, com séries acusações, tornando seu destino incerto, perigoso e obscuro. E muito longe do local que costumavam chamar de casa.

“- As pessoas podem ser muito complicadas. Algumas são endurecidas pela vida, ficando amargas e vazias… É estranho, mas algumas podem encontrar prazer na dor dos outros… Mas algumas podem se tornar a melhor parte de sua vida, elas confortam você e podem trazer felicidade sem pedir nada em troca”.

Os Escolhidos de Gaia é um exemplo bonito do que fazemos aqui no Pausa Para um Café. Quando o livro ainda não tinha sido publicado a autora Marcela Mariz entrou em contato com o blog e a Carol fez a resenha do livro na versão em Inglês. Algum tempo depois nós tivemos o retorno da autora com a notícia de que o livro seria lançado agora em português e ela nos pediu para resenhar novamente e mostrar para vocês essa história, agora na nossa língua.  Eu fiquei tão feliz de ver que a autora conseguiu publicar por uma editora legal a sua história mesmo estando tão longe daqui que é obviou que eu aceitei. Vou contar para vocês agora o que eu achei, mas vocês também podem conferir a resenha da Carol aqui.

Eu me surpreendi bastante com a história da Marcela. Eu e a Carol temos alguns gostos muito iguais e outros que divergem ao ponto do apocalipse em nossa amizade. A gente nunca saiu na briga, afinal eu sou calma e um amor de pessoa, mas eu sempre tenho medo de algo que ela indica com tanto amor, pois pode gerar algumas discussões acalorados no facebook.

Só que aqui, para minha surpresa eu tenho que concordar com ela. O livro é muito equilibrado, ele te da doses de tudo o que você precisa para construir uma boa história com relevância e prova novamente que não precisamos ter aquele preconceito estupido contra livros nacionais ou escrito por brasileiros (mas que publicaram primeiro lá fora, como é o caso aqui).

Marcela soube trabalhar as questões importante, deixar dúvidas, fazer com que os leitores se questionassem e ainda assim se apaixonassem pela história. Alguns pontos me incomodaram, mas não foram muitos. Eu mudaria poucas coisas e tenho algumas ressalvas com alguns diálogos ou descrições que poderiam melhorar no desenvolvimento do ritmo de leitura. Mas fora isso… eu me apaixonei.

Eu não li o livro na versão bonitinha que vai para a livraria, então não posso falar muito da edição, mas posso falar da capa diva que a editora preparou para a edição brasileira. Tá lindona, né gente? Uma coisa que eu admiro nas edições da Guttenberg é que ela consegue muito bem fazer capas que não deixa a desejar quanto aos exemplares americanos. Ponto para eles!

Edição: 1 | Editora: Gutenberg | ISBN: 9788582351321 | Ano: 2014 | Páginas: 208

Nota: 3,9/5

Comprar: Submarino | Americanas

Aproveite para nos seguir nas redes sociais!
Facebook Instagram Twitter Tumblr Google +

autoresÉ advogada, roteirista, escritora e atriz. Nasceu no Rio de Janeiro, mas mora há quase uma década no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, onde trabalha na área jurídica de uma multinacional. Antes de se formar em Direito e de se mudar para o exterior, estudou teatro no Tablado e atuou em novelas e séries de televisão (entre elas Malhação, da TV Globo), no cinema e no teatro. Como roteirista, teve mais de vinte peças de sua autoria produzidas. Com este livro, seu talento literário já foi colocado à prova: escrito originalmente em inglês, foi primeiro autopublicado na Amazon, alcançando mais de 20 mil downloads, dezenas de comentários elogiosos e um convite para ser colunista do segundo maior jornal da Califórnia, The Orange County Register. Recebendo boas críticas de sites especializados nos EUA, figurou entre os livros mais bem resenhados da Amazon, sendo, inclusive, recomendado pela Kindle Owners Association. Os Escolhidos de Gaia foi inspirado em um sonho que Marcela Mariz teve ainda adolescente. Quase quinze anos depois, escreveu esta história, que agora chega ao Brasil pela Editora Gutenberg.

post

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.