Menu
Literatura

[Resenha] Por Isso Que a Gente Acabou de Daniel Handler | @cialetras

Tudo o que gostaríamos de dizer depois de um término de namoro.

Não sei como não amar esse livro. Não sei como não ficar abraçada com esse livro e não soltar mais.

Vocês sabem que sou sincera, e esse livro eu amei!

Apesar de ser um pouco depressivo as vezes, o livro é doce, calmo e sensível. O livro conta a história da Min, uma personagem que precisa superar o fim de um namoro que representou muito para ela.

Mas… antes que eu comece a minha ladainha de paixão por esse livro quero que vocês assistam a esse vídeo e entendam que não tem como não amar esse livro com um autor desses:


Muito amor não é mesmo? Quero ser uma autora louca assim algum dia.
Mas espere, quero fazer uma pergunta. Você conhece Lemony Snicke? Sim o de desventuras em Série! Então… ele e Daniel Handler são a mesma pessoa!

Agora temos um problema que eu preciso reclamar. Os fãs!
Gente, tem muito fã chato por ai, e vejo que o que aconteceu com esse livro vai acontecer tbm com Morte Súbita da J.K.
Os fãs se esquecem que os autores podem querer “mudar de ares” e vão ler um livro totalmente diferente  da primeira trilogia ou saga do autor.

“Estou contando porque a gente acabou. Estou escrevendo, nesta carta, toda a verdade sobre o que aconteceu. E a verdade é que, porra, eu te amei demais.”
— Min 

E Por Isso que a Gente Acabou é muito diferente de Desventuras em Série, não tem ligação e não tem “citações”. Então, não espere nada a ver com Desventuras em Série. Nada.

O livro tem um humor diferente, e por mais que  muita gente também reclame da tradução (pessoal anda muito mal amado ultimamente) eu não tenho o que reclamar. Gostei muito que muitas palavras foram mantidas no original como Feeling.

Eu não tinha porque pensar em outra coisa. Vejo minha felicidade, consigo ver e dizer que a gente também era feliz não só eu. Acho que consigo me agarrar a qualquer coisa. Min Green, Por Isso A Gente Acabou – Daniel Handler

O livro é cheio de ilustrações e cativam o livro. Uma ótima diagramação e trabalho gráfico que só fizeram aumentar mais ainda o amor pelo livro.

Quem gosta do cinema antigo vai ter um ponto a mais para gostar de Por Isso que a Gente Acabou. O livro é cheio, mais tão cheio que quase explode de tantas citações a livros antigos. Isso as vezes incomoda, porque quem não assistiu as vezes pode ficar “boiando” em algumas partes.

Os personagens são cativantes, e a história é muito próxima de romances adolescentes reais.

Eu gostei muito e o livro ganha o selo de aprovação do Pausa Para um Café com lindas 4,7 xícaras de café com creme extra, três colheres de açúcar, afinal entendedores entenderão!

 Por Isso A Gente Acabou de Daniel Handler

Compre o livro Online! 

 Por isso a gente acabou trata, com a comicidade típica do autor, de uma situação difícil pela qual todos um dia irão passar: o fim de uma relação amorosa e toda a angústia, tristeza e incerteza que essa vivência pode gerar. Min Green e Ed Slarteron estudam na mesma escola e, depois de apenas algumas semanas de convívio intenso e apaixonado, acabam o namoro. Depois de sofrer muito, Min resolve, como marco da ruptura definitiva, entregar ao garoto uma caixa repleta de objetos significativos para o casal junto com uma carta falando sobre cada um desses objetos e do episódio que ele representou, sempre acrescentando, ao final, uma nova razão para o rompimento. Essa carta é o texto de Por isso a gente acabou, que é, assim, carregado de um tom informal e tragicômico – características da personagem – e traduz com um misto de simplicidade e profundidade a história de uma separação. Imerso neste universo adolescente, o leitor conhecerá a divertida personalidade de Min, uma garota apaixonada por filmes cujo sonho é ser diretora de cinema, e as idas e vindas deste romance, desde o dia em que os dois conversaram pela primeira vez até o instante em que tudo acabou. A artista Maira Kalman, autora de diversas capas da revista The New Yorker, ilustrou cada um dos objetos da narrativa, trazendo cor e descontração a esta história dolorida.

 

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

9 Comments

  • Monica Silva
    9 de novembro de 2012 at 22:19

    Que resenha mais gostosa de ser lida!! Parabéns, você me vendeu o livro antes mesmo de ler a sinopse dele…. rsrssrss Eu adoro ‘Desventuras’, mas, ao contrário da maioria, não marco o autor com gêneros, adoro vê-los trazendo novidades.

    Reply
  • Fernanda Yano
    9 de novembro de 2012 at 22:41

    Que lindo!!! Fiquei encantada aqui conforme fui lendo e assisti o vídeo. Adoro o autor, amei Desventuras e não tenho essa de ficar esperando a mesma coisa do autor.
    Simplesmente divino, vai pra lista e vai para o topo rsrs. Lindo!

    Reply
  • Vanilda Procopio
    9 de novembro de 2012 at 23:51

    Eu já ouvi falar tanto desse livro mas não lembro de ter lido nenhuma resenha dele. Acho que essa é a primeira. Assim pelo título não tinha me chamado a atenção, mas parece que vale a pena dedicar um tempinho para conhecer a história. E concordo: tem leitor “fã” que não consegue a admitir uma mudança de estilo do autor. De minha parte, acho super saudável.

    Reply
  • Kimy Gabrielli
    10 de novembro de 2012 at 00:32

    rsrsrrs Lindíssimo *-* Esplendido. Eu amo Desventuras em Séries, mas se veio da mesma autora, tenho certeza de que é bom, e depois disso estou louca pelo livro, você não tem ideia *—-*

    Ótima resenha Anninha!!

    Beijinhos,
    Kimy Gabrielli.
    http://blogkimygabrielli.blogspot.com

    Reply
  • Thais de Moraes
    10 de novembro de 2012 at 02:15

    Adoro sua sinceridade Anna! Acabou de mandar mais um livro para a minha lista de desejados! Adoro livro com ilustrações!!!

    Reply
  • Juliana Xavier
    10 de novembro de 2012 at 02:45

    Amei o autor na Grand Central Station!! Divertidíssimo esse vídeo! rs… Rolei de rir no “Você parece seguir ordens muito bem”! hahahahaha…

    O livro parece estar bem próximo da perfeição!! *-* Não lembro se foi aqui que vocês mostraram a diagramação, mas vi em algum vídeo e achei muito linda mesmo! *-*

    Gosto de cinema antigo e pelo menos em algumas partes não devo ficar boiando! Enfim, estou louca pra conhecer a história e as personagens! =)

    Reply
  • Eduardo
    10 de novembro de 2012 at 17:19

    Esse livro me chamou a atenção porque ele é uma espécie de “conto de fadas” às avessas, ou seja, ao invés de terminar com um “felizes para sempre”, trata de um relacionamento que não deu certo, e isso de uma maneira cômica, e não dramática. Ótima aposta!

    Reply
  • Layse Hana
    17 de novembro de 2012 at 17:47

    hahahahaha
    muito legal o video!!!!!
    só fez com que eu quisesse mais ainda esse livro!!!!
    o autor é muito engraçado!
    Quero muito esse livro a capa é linda!!! *_*
    xoxo

    Reply
  • Fernanda Faria
    19 de novembro de 2012 at 02:42

    Que Resenha MARAAAAAAAAAVILHOSA, já vendeu mais um livro para editora, Cara vou comprar esse livro tipo agora!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Eu choquei que o Daniel é o Lemony, não vou te criticar, porque eu não gosto dos livros malucos do Lemony, mas acho que esse que vc está indicando deve ser MARAVILHOSO!!!!!!!!!!
    E esse vídeo, meeeeeeeeeeeeo deus, chorei de rir.
    beijos

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.