Menu
Séries

[Série] Spin Offs e fãs level 20

Esse post surgiu de uma tarde desocupada no trabalho. Convenhamos, quem nunca atingiu aquele ponto do dia em que não há mais nada pra fazer (ou falta motivação pra fazer o que precisa) e se entregou à internet, né?

Pois então, o assunto aqui hoje é misto: spin offs e fãs level 20. Por que misturar as duas coisas? É que são assuntos relativamente “curtos”, um post separado pra cada um ia ficar parecendo nota de rodapé. Vamos ao que interessa.

Spin offs. Todo mundo conhece um, mesmo que não saiba. As vezes são chamativos, como séries completamente novas derivadas de uma série predecessora, outras vezes são mais tímidos, como uma web-série ou mesmo um conto.

Grey’s Anatomy, conhecem? Uns gostam, outros odeiam, mas isso é normal. Uma série dramática que narra o dia-a-dia de um hospital, seus médicos, pacientes e etc; foi lançada pela ABC em 2005, bem recebida pela crítica e que hoje (literalmente hoje, dia 27/09) vai para sua nona temporada. De Grey’s Anatomy saiu Private Pratice, um spin off que narra a vida de uma das médicas que antes fazia parte da equipe do Seattle Grace Hospital, a série já
conta com seis temporadas.

Mas não existem só spin offs bem sucedidos, não é raro esbarrar em uma série
semidesconhecida, com uma só temporada, e acabar descobrindo que ela é um ramo independente de algum outro tv show. Veja Caprica, um spin off prequel de Battlestar Galactica: 18 episódios, 1 temporada e cancelada por falta de audiência.

Imagem promocional de Caprica – yep, parece a Branca de Neve

Como eu não posso deixar de citar: Doctor Who (não me batam). Vários spin offs: Torchwood, The Sarah Jane Adventures, K-9 and Company, Wartime e alguns miniepisódios voltados só pra internet. Não vou me esticar nessa parte do assunto, só vou deixar uma curiosidade clássica: Torchwood é na realidade um anagrama para Doctor Who, eles escreviam isso nas fitas/dvds/cds/whatever dos episódios que ainda não tinham ido ao ar pra evitar vazamentos.

Aproveitando esse gancho whoviano de Torchwood, vamos ao segundo tópico: fãs level 20. Todo mundo sabe que existe uma variedade gigantesca de fãs: os tímidos, os orgulhosos, os completamente obcecados e por aí vai. Então, once in a while acontece de uma série/filme/livro fornecer uma mitologia tão rica que acabamos nos entregando. Aí entram os cosplayers, as pessoas que estudam as mitologias desses universos e as pessoas que aprendem línguas e códigos relacionados ao universo em questão.

Quem nunca ouviu falar de gente que aprendeu sindarin, runas ou ainda a língua de Rohan? Tolkien humilha praticamente todo mundo no quesito criar uma mitologia rica. Quem sabe klingon? Será que temos fãs de Stark Trek aqui no blog que tentaram/conseguiram aprender klingon?

E circular Gallifreyan, alguém já ouviu falar? É uma versão escrita da língua dos TimeLords, na realidade uma das versões. Ela aparece em pequenos momentos durante a série: telas na TARDIS, diário do Doctor. E aqui eu confesso: eu aprendi a escrever em circular Gallifreyan.


‘Pausa para um café’ escrito em circular gallifreyan

Ainda temos Enochian, que culturalmente é tida como a língua dos anjos. Ela aparece em Supernatural (a partir da quarta temporada, quando os anjos entram no plot da série) e é usada em símbolos de proteção, armadilhas e etc. AH, também usam como piada, já que Castiel mesmo disse: it’s funnier in enochian.

“It’s funnier in enochian” em enochian – enochinception?

E vocês, conhecem algum spin-off bom? Ou ainda, alguma língua estranha que
apareceu em uma série/filme e que vocês tenham vontade de aprender?

P.s.: vou deixar aqui o link do manual de circular gallifreyan que eu usei, caso alguémse interesse http://www.shermansplanet.com/gallifreyan

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

4 Comments

  • Dani
    28 de setembro de 2012 at 01:01

    Uma vez comecei a aprender Tengwar e Quenya… mas não sou boa em aprender linguas novas D=

    Reply
  • Mariana
    28 de setembro de 2012 at 19:42

    Acho suuper legal tentar aprender línguas de seriados ou filmes favoritos, sério! Ia achar muito maneiro conhecer alguém que tivesse aprendido Klingon.
    E não conheço nenhum spin-off bom, na verdade, nem sei se conheço algum spin-off sem ser Private Pratice.

    Reply
  • Fernanda Yano
    29 de setembro de 2012 at 11:50

    O único spin-off que conheço é o Private Pratice mesmo, mas gostei do postei, é um assunto curioso, vale pesquisar mais a respeito.
    Agora aprender língua de seriados ou algum filme confesso que nunca tive interesse, mas acho legal quem saiba.

    Reply
  • Amanda Costa
    29 de setembro de 2012 at 17:55

    Não conheço nenhum spin-off, e não tenho interesse – nem acho tão interessante – “aprender línguas de seriados ou filmes”. :/

    Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.