Menu
Top5

[Top5] Coisas que podem acabar com um livro.

Calma… calma!
Eu sei que a imagem assusta mas a ideia é fazer um post curto e rápido com cinco coisas que para mim podem acabar com o livro.

  1. Expectativa: essa é a pior coisa do mundo. Ela pode destruir um livro que até poderia ser um 3 ou 4 estrelas e no final não consegue passar de 1 única estrelinha.
  2. SPOILER! : Eu não sou uma pessoa chata com spoiler, escuto de boa e na maioria das vezes até pergunto alguma coisa para alguém que já leu o livro. MAS TUDO NA VIDA TEM UM LIMITE! E pessoas devem cuidar com alguns spoilers.
  3. Indicações de outros autores: Eu gosto de receber indicações de livros. Mas quando vejo alguma indicação de um autor que eu não gosto, como por exemplo: Mayer e Meg Cabot em um livro eu não consigo continuar tão animada para ler o livro.
  4. Marketing excessivo: Isso pode parecer idiota, mas eu sinceramente não gosto de ler livros onde o marketing foi absurdamente excessivo. Pode ser algo por causa da minha profissão, mas eu realmente fico apreensiva e muitas vezes não leio só por causa disso.
  5. Tempo, ou a falta dele: a pressa de ler um livro sempre acaba influenciando o meu gosto pela história, infelizmente 😡

Bem, essa claro, é minha opinião. Mas adoraria conversar nos comentários! Quais coisas estragam um livro para vocês?

Beijinhos :*

About Author

Criadora do @pausaparaumcafe, social media, formada em marketing, rata de biblioteca, intolerante à lactose e a pessoas de mau humor.

6 Comments

  • Guilherme de Souza
    1 de agosto de 2013 at 20:10

    Achei válida todas elas, mas eu incluiria:

    -Descaso e Depredação de outras obras: Quando um livro começa desconstruindo ou ofendendo outra obra mais antiga, perco o interesse completo na obra.

    -Texto pesado demais ou leve demais: Pra mim, tem que ser na média. Um texto culto demais enche o saco e muito popular fica vulgar.

    -História que promete um assunto, mas se desvia para outros 500 milhões de assuntos que não tem nada haver com o proposto.

    -Distopia exagerada ou realidade crua demais: Claro, há suas exceções, mas quando a Distopia não traz nada do mundo real, fica uma utopia chata sem sentido; E quando o livro é real demais, é melhor ver Jornal Nacional.

    Reply
    • Anna Schermak
      1 de agosto de 2013 at 23:49

      Nossa é verdade ‘-‘
      Essas realmente faltaram principalmente o descaso e depredação de outras obras, quando alguém começa a citar crepusculo no livro eu fico fazendo careta 😡

      Reply
  • Ize Chi (@IzeChi)
    1 de agosto de 2013 at 20:13

    Concordo do 1 ao 4. Só discordo em relação ao tempo… Por eu naturalmente ler rápido, no meu dicionário não consta a definição de “ler sem pressa” rsrs
    E desde que comprei um Kobo para mim, em dezembro, passei a ler muito mais livros do que antes (justamente para não carregar peso para todo lado). Agora leio no ponto de ônibus, no metrô lotado, no estágio, de ladinho, ponta-cabeça e até no banheiro xD

    Reply
    • Anna Schermak
      1 de agosto de 2013 at 23:48

      Eu sou uma pessoa que vive lutando contra o tempo ‘-‘
      Eu faço coisas demais e nunca tempo tempo para fazer o que realmente quero #comofaz?

      Reply
  • Carol Della Torre
    2 de agosto de 2013 at 00:17

    Oi Anna, concordo com todos os itens que você citou e com certeza a expectativa e o marketing excessivo são as coisas que mais me prejudicaram em algumas leituras. Não tem nada pior do que quando você têm certeza que aquele livro vai ser incrível pela quantidade de comentários positivos que viu, mas acaba odiando. E no final ainda se sente A Estranha por uma das únicas pessoas que não gostou haha. Outra coisa que eu odeio, e que eu percebi muito nas minhas últimas leituras, é que muitas vezes os autores focam muito em determinado ponto, mas esquecem de desenvolvê-lo, o que fazem eles perderem uma chance incrível de fazer um ótimo livro. Beijos,
    http://rehabliteraria.blogspot.com.br/

    Reply
    • Anna Schermak
      2 de agosto de 2013 at 00:28

      Oi Carol!
      Adorei seu comentário, me sinto MUITO assim. Um exemplo é Bruxos e Bruxas da Novo Conceito, ficou tão, tão massivo o marketing em cima do livro que nem tive vontade de ler o livro. Sabia que iria me decepcionar com a história só pq estava esperando muito, pelo tanto que falaram.

      Reply

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.